• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Priscilla Santos de Souza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Rosa, Miriam Debieux (Presidente)
Alencar, Rodrigo
Castanho, Pablo de Carvalho Godoy
Vicentin, Maria Cristina Gonçalves
Título em português
O adolescente lumpemproletarizado na política pública de atendimento em álcool e drogas: uma interlocução com a psicanálise
Palavras-chave em português
Adolescente
Controle Social
Drogas
Lumpemproletariado
Políticas Públicas
Políticas Públicas de Saúde Mental
Psicanálise
Resumo em português
Este trabalho analisa as vicissitudes por que passam adolescentes internados no Centro de Referência de Álcool, Tabaco e outras Drogas (CRATOD), localizado em um centro urbano brasileiro, São Paulo. O abuso de álcool e outras drogas por adolescentes é um preocupante problema social, com impacto imediato nas políticas públicas, apesar disso, comumente considerado pela população como uma questão individual. A natureza desse problema exige que a pesquisa extrapole o plano específico do adolescente dependente de substâncias e investigue sua temática, de maneira mais ampla, no tecido socioeconômico e nas diferentes esferas que envolvem o adolescente em situação de vulnerabilidade. Por sua complexidade, o problema extrapola o campo da saúde pública, exigindo um olhar interdisciplinar, tanto na investigação das condições que contribuem, quanto na busca de respostas. A pesquisa considera a situação política e social, o modo de pertinência desses adolescentes no laço social, em um contexto capitalista. A interpretação desse quadro parte da hipótese de que a situação desses adolescentes está associada a um processo de desenvolvimento de uma camada social denominada por Marx de lumpemproletariado, cada vez mais disforme no sistema capitalista contemporâneo. As perguntas que nos norteiam são: Qual o papel desempenhado por esses adolescentes usuários de drogas na sociedade capitalista? Qual a direção de tratamento pensada para o adolescente internado obrigatória ou compulsoriamente pelo uso de drogas? Como a escuta psicanalítica pode contribuir? O método utilizado para respondê-las, constitui-se na escuta dos adolescentes e dos atores que participam da trajetória institucional para verificar de que forma se opera e mantém a captura desses adolescentes nesse laço social. Ao mesmo tempo, apresenta-se o percurso desses adolescentes nos aparelhos públicos de saúde e assistência social, revelando a falência do sistema, cujo programa baseia-se na produção ativa de demanda para a oferta de internação compulsória, desconsiderando as propostas de rede e acompanhamento territorial dos adolescentes. O padrão de laço social no sistema capitalista estimula uma modalidade de relação de objeto, fetichizado, à qual corresponde uma modalidade de satisfação cínica, o que acontece na medida em que rechaça o Outro e prescinde do ideal, gerando repetidamente a produção inútil, o desperdício, o resto, a frustração. Nesse sentido, a hipótese que nos interessa consiste em investigar o uso de drogas por adolescentes internados compulsória ou obrigatoriamente no CRATOD para verificar se esses atores enquadram-se na categoria de lumpens, caso em que estariam mais expostos à incitação às drogas própria do sistema capitalista, e consequentemente fadados a uma única oferta de tratamento em saúde e política pública, este lugar marcado por raça, classe e gênero
Título em inglês
The teenager lumpemproletariat in public policy for attendance in alcohol and drugs: an interlocution with psychoanalysis
Palavras-chave em inglês
Drugs
Lumpenproletariat
Psychoanalysis
Public Policies
Teenagers
Resumo em inglês
This work reachs to analyze the vicissitudes that occurs with teenagers interned at the Referency Center of Alcohol, Tobacco, and others Drugs (CRATOD, by the initials in Portuguese), placed in a big urban brazilian center, São Paulo. The abuse of alcohol and others drugs by teenagers is a serious and worrisome social problem, with an immediate impact in public policies, despite this, it is normaly considered by the people as an individual question. The nature of this problem requires research to go beyond the specific sphere of addicted teenager and search its thematic, in a more large way, inside the socioeconomic net and among the diferents spheres that envolve the teenager in a vulnerable situation. Because of its complexity, the problem goes beyond the field of public health, requiring an interdisciplinary view, such as in the investigations of the conditions that contribute to them as in search the possible answers. The research considers the situation of social anomie and violence, way of pertinence of this teenagers in social bond, in a capitalist context. This frame interpretation is departing from the hypothesis these teenagers situation is associated to a process of development of a social layer named by Marx as lumpenproletariat, even more misshapen in contemporany capitalist society. These are the questions that guide us: what is the rol played by theese teenagers, drug users, in capitalist society? What is the treatment direction thought for the teenager compulsorily interned, or necessarily interned, because the use of drugs? How the psycoanalytic listening can contribute? The method that we use to answer it is constituded in the listening the teenagers and the actors that participate in the same institutional trajectory, in order to verify the way that operate and keeps theese teenagers in this social bond. At the same time, the research presents the trajectory of these teenagers in the public services of health and social security revealing the system bankruptcy, whose program is based in a active production of demand to the offer of compulsory hospitalization, disregarding the proposes of territorial monitoring of this teenagers in network. The standard of social bond in the capitalist system estimulate a modality of object relation, fetishized, whose refers to a modality of cynical satisfaction, which happens as much as reject the Other and spare the ideal, generating the unuseful production, the waste, the leftover, the frustration. In this way, the hypothesis that interests us consists to search the drugs comsumption of teenagers compulsory and necessarily interned in CRATOD to verify if this actors fit in lupens category, in which case they should be even more exposed to drugs accession, what belongs to capitalista system, and consequently doomed to an unique offer of treatment in health and public policy, this marked place by race, class and gender
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
souza_me.pdf (1.65 Mbytes)
Data de Publicação
2017-12-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.