• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Marjorie El Khouri
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Gomes, Isabel Cristina (Presidente)
Antúnez, Andrés Eduardo Aguirre
Marin, Isabel da Silva Kahn
Ramalho, Simone Aparecida
Título em português
Dentro e fora da casinha: reflexões sobre a experiência na assistência domiciliar em saúde mental a partir da psicanálise vincular 
Palavras-chave em português
Assistência domiciliar
Psicanálise de família
Psicose
Saúde mental
Setting (psicanalítico)
Resumo em português
A reforma psiquiátrica teve como premissa o fim dos manicômios e atualmente observa-se que há indivíduos que continuam em situação de isolamento, mas no próprio domicílio. Nesse sentido, a Atenção Domiciliar (AD) é uma alternativa de intervenção àqueles que não chegam aos serviços de saúde. Esta dissertação tem como objetivo tecer reflexões sobre as especificidades da AD em saúde mental como modalidade interventiva em famílias cujo modo de vinculação é considerado psicótico, a partir da psicanálise vincular. Busca-se compreender de que forma se dá a transferência dessas famílias no domicílio, bem como refletir sobre as intervenções nesse setting terapêutico. Para tanto foram utilizadas cenas construídas a partir da experiência clínica da pesquisadora enquanto profissional da AD e das quais foram elaboradas as reflexões. É uma investigação que se insere no campo das pesquisas psicanalíticas, em que o inconsciente e suas manifestações clínicas são o objeto de estudo. O caminho percorrido neste texto foi pensar o domicílio como local de intervenção a partir dos conceitos de setting terapêutico, transferência e contratransferência. Sobre o setting discutiu-se a sua multiplicidade de possibilidades, de forma que a flexibilização do enquadre tradicional favoreceu as intervenções. Compreende-se que a casa, nessas famílias, é usada como barreira concreta para separar o dentro e o fora, entretanto, se as paredes podem ser utilizadas como defesa, elas dificultam o "entre". A AD em saúde mental tem por objetivo fazer uma ponte entre diferentes espaços - hospital/ casa e casa/serviços de saúde. Assim, foi utilizado o conceito de intermediário de Kaës para entender as intervenções do psicólogo que favoreçam essas funções de ligação, como entrar e sair da casa pelo terapeuta, além do uso de recursos gráficos e da construção de histórias; acrescido da compreensão freudiana acerca do jogo do carretel (Fort- dá), que tendo também uma função intermediária favorece a simbolização. Observou-se que se inicialmente foi difícil a escuta dos pacientes, pela mudez ou pela fala delirante, ao longo do acompanhamento houve a produção de sonhos e metáforas por parte dos mesmos, o que possibilitou uma ressignificação de seus sintomas iniciais - a restrição domiciliar. Além disso, no aspecto da função de ligação, evidenciou-se como crucial o estabelecimento do vínculo terapêutico junto aos pacientes, o que se estende a qualquer profissional da equipe. O trabalho vincular acontece quando há uma transformação mútua, não apenas do paciente mas do profissional, o que exige mudanças nas formas de atuação. Nesse sentido se fez necessário da terapeuta/pesquisadora "sair da casinha", abrindo-se ao modo possível desses atendimentos acontecerem. Se na clínica psicanalítica tradicional o recurso verbal é o principal instrumento terapêutico, nessa experiência outros recursos ganharam importância. Conclui-se, então, que as famílias que participaram desta investigação não poderiam ser abordadas no setting tradicional, tensionando conceitos que foram construídos a partir dele e, propiciando o surgimento de outras propostas terapêuticas
Título em inglês
In and out of home: reflections on mental health home care experience based on psychoanalysis of bonds
Palavras-chave em inglês
Family Psychoanalysis
Home Care
Mental Health
Psychoses
Setting (Psychoanalysis)
Resumo em inglês
Psychiatric reform had as a premise the end of asylums, however individuals that remain in isolation are currently observed, but in their own domicile. In this sense, Home Care (HC) is an intervention alternative for those who dont reach health services. This dissertation has as objective to weave reflections about the specificities of HC in mental health as an interventive modality in families whose relational method is considered psychotic, from a psychoanalysis of bonds perspective. Its sought to comprehend the manner in which the transference of these families in the domicile is given, as well as reflecting about the interventions in this therapeutical setting. For such, scenes were built from the clinical experience of the researcher as a HC professional and upon these reflections were elaborated. Its an investigation that inserts itself in the field of psychoanalytic researches, in which the unconscious and its clinical manifestations are the object of study. The path trailed in this text was that of thinking of the domicile as a place of intervention from the concepts of therapeutical setting, transference and countertransference. About the setting, it was discussed its multiplicity of possibilities, in a way that the flexibilization of the traditional setting favored interventions. It is understood that the home, in these families, is used as a concrete barrier for separating the inside and the outside, however, if these walls can be used as defense, they hamper the in between. HC in mental health aims to build bridges between different spaces - hospital / home and home / health services. Thus, the concept of Kaës Intermediary was used in order to understand the psychologist's interventions that favor these bonding functions, such as the therapists entering and leaving of the domicile, in addition to the use of graphical resources and stories creation; added by the Freudian understanding of the cotton reel game (Fort-dá), that having an intermediary function also favors symbolization. It was observed that initially, listening to the patients was difficult, either by muteness or by delirious speech; throughout the follow-up there was the production of dreams and metaphors by the patients, which made a re-signification of their initial symptoms possible - household restriction. Additionally, on the connection function aspect, the establishment of the therapeutic bond with the patients showed to be crucial, something that extends to any professional of the team. The bonding effort happens when theres a transformation of both, not only of the patient but also from the professional, which requires the latter to change their way of acting. With this, it was necessary for the therapist / researcher to step out of the comfort zone, opening oneself to the format to which these treatments can take place. If in traditional psychoanalytic clinic the verbal resource is the main therapeutic instrument, in this experience other resources gained significance. It is then concluded that families that participated in this investigation couldnt be approached using the traditional setting, stressing concepts that were built from it and providing the emergence of other therapeutical proposals
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
marjorie_corrigido.pdf (686.24 Kbytes)
Data de Publicação
2017-09-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.