• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Mércia Aparecida Pereira de Andrade Scarton
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Rodrigues, Elisa Maria Parahyba Campos (Presidente)
Tardivo, Leila Salomao de La Plata Cury
Valente, Guilherme Borges
Yavo, Ivete de Souza
Título em português
Câncer colorretal e colostomia: aspectos psicodinâmicos envolvidos na vivência da sexualidade
Palavras-chave em português
Neoplasias colorretais
Psicanálise
Psico-oncologia
Sexualidade
Resumo em português
O câncer colorretal é o segundo tipo que mais causa mortes no Brasil. Podem ser utilizados vários tratamentos para esses casos, tais como a quimioterapia, radioterapia e cirurgias, dentre as quais, a colostomia. Apesar de trazer sobrevida, a colostomia pode acarretar mudanças físicas e psicológicas que impactam diretamente os doentes. Pesquisas na área da Psico-oncologia são consideradas importantes nesses casos, pois estudam as dimensões psicológicas do câncer sob diferentes aspectos. Na presente dissertação, foi realizado estudo de caso instrumental com dois sujeitos cada qual se relacionando em regime de união estável com o objetivo de analisar as questões psicodinâmicas envolvidas na vivência da própria sexualidade após a colostomia. Para atingir tal objetivo, foram realizadas entrevistas semiestruturadas e o teste psicológico HTP. Os resultados foram analisados sob enfoque psicanalítico e indicaram: queda na autoestima; autoimagem corporal negativa; isolamento social e dificuldades na aceitação do uso da bolsa coletora; luto pela perda do corpo saudável; vergonha e receio de que os outros percebam sua condição de colostomizado. A dinâmica psíquica de cada entrevistado impactou a maneira de experienciar esse processo. Com personalidades e formas de enfrentamento distintas, foram encontradas diferenças na forma de lidar com seus próprios relacionamentos afetivos. A despeito dessas questões, a colostomia emergiu como a principal culpada pelo distanciamento ocorrido entre as partes, em relação a ambos os casais, embora muitos reveses já estivessem presentes na rotina conjugal antes mesmo da cirurgia. Além disso, a falta de apoio conjugal, indiferença por parte do companheiro e dificuldades na convivência colaboraram para o surgimento de barreiras entre o casal, contribuindo para a derrocada da vida sexual. Os pacientes não foram encaminhados para acompanhamento psicológico, embora considerem a psicoterapia importante. Não encontraram oportunidade em serviços públicos de saúde para dirimir dúvidas e abordar questões de ordem pessoal, conjugal ou sexual
Título em inglês
Colorectal cancer and colostomy: psychodynamic aspects involved on sexuality experience
Palavras-chave em inglês
Colorectal neoplasms
Psycho-oncology
psychoanalysis
sexuality
Resumo em inglês
Colorectal is the second type of cancer that causes death in Brazil. There are some kinds of treatment for this disease, including chemotherapy, radiotherapy and surgeries, such as the colostomy. Although this surgery increases survival rates, colostomy might bring physical and psychological changes which impact directly patients on this condition. Researches in the field of psycho-oncology are important on this cases, considering it comprehends psychological dimensions of cancer by differents perspectives. An instrumental study was carried out, with two participants, both living in a common-law marriage. The goal of this research was to analyze psychodynamic aspects involved on their sexual experience after colostomy. In order to accomplish this goal, semi-structured interviews were conducted as well as the application of the psychological test HTP. The results were analyzed by the psychoanalytical approach and indicated self-esteem decrease; negative self-body perception; social isolation and difficulties in accepting the use of the colostomy bag; mourning over the lost healthy body; shame and concerns about others realize they are carrying a colostomy bag. Each personal patients psycho dynamic impacted the way of dealing with this process. Having distinct personalities and coping strategies, differences were found on the way of dealing with their own relationships. Despite these questions, colostomy had emerged as the main reason for the emotional distance in the relationship, even though a lot of setbacks were already part of their daily routine before the surgery. Furthermore, lack of conjugal support, partners indifference and cohabitation adversities cooperated for the emergence of barriers between the couple and all of that contributed to decadence of sexual life. The patients were not referred to psychological support, despite considering psychotherapy important. They have not found any opportunity to dispel doubts about personal, conjugal or sexual subjects on public health care system
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
scarton_me.pdf (1.76 Mbytes)
Data de Publicação
2017-10-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.