• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Cesar Augusto Villela Silva do Nascimento
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Benvenuti, Marcelo Frota Lobato (Presidente)
Aló, Raquel Moreira
Siqueira, Jose de Oliveira
Woelz, Thomas Anatol da Rocha
Título em português
Efeitos da história e do custo cooperação sobre a produção de iniquidade favorável e desfavorável
Palavras-chave em português
Aversão à Iniquidade
Cooperação
Custo
História experimental
Participantes universitários
Resumo em português
O presente trabalho investigou o efeito de uma história de cooperação sobre a escolha de um participante em cooperar ou trabalhar individualmente, na presença e ausência de custos. Os participantes trabalharam em um computador em uma tarefa para dois participantes, sendo que o computador simulava o desempenho do segundo participante. A cada tentativa, cada participante deveria escolher entre um cartão azul e um verde e a combinação de escolhas definia ganhos iguais ou desiguais para os participantes. Em função dos ganhos, uma resposta cooperativa foi definida como o participante escolher o cartão azul, uma resposta individual foi definida como o participante escolher o cartão verde. Isso porque o uso do cartão azul possibilitava que um dos participantes ganhasse mais em relação a uma matriz de ganhos menores, mas iguais. Os participantes foram expostos a cinco fases: Fase de Equidade, Fase de Iniquidade Favorável sem Custos, Fase de Iniquidade Desfavorável sem Custos, Fase de Iniquidade Favorável com Custos e Fase de Iniquidade Desfavorável sem Custos. O computador escolheu o cartão azul em todas as rodadas e fases do estudo e a escolha do cartão verde produzia 20 pontos para o Participante e para o computador em todas as fases do estudo. Na Fase de Equidade (10 rodadas) a escolha pelo cartão azul produzia 100 pontos para o participante e para o computador. Na Fase de Iniquidade Favorável sem Custos (16 rodadas) a escolha pelo cartão azul produzia 100 pontos para o participante e 20 para o computador. Na Fase de Iniquidade Desfavorável sem Custos (16 ou 32 rodadas) a escolha pelo cartão azul produzia 20 pontos para o participante e 100 para o computador. Na Fase de Iniquidade Favorável com Custos (16 rodadas) a escolha pelo cartão azul produzia 100 pontos para o participante e 10 para o computador. Na Fase de Iniquidade Desfavorável com Custos (16 ou 32 rodadas) a escolha pelo cartão azul produzia 10 pontos para o participante e 100 para o computador. Os participantes foram divididos em dois grupos, que diferiam quanto a ordem em que foram expostos ao custo. Nos dois grupos, a ultima fase do estudo tinha o dobro de rodadas das demais do estudo. Os resultados indicam que o efeito do custo variou entre participantes e também dependeu da ordem em que ele era introduzido: quanto mais cedo o custo foi introduzido, maior foi efeito em diminuir a escolha pelo cartão azul (cooperar). Os resultados também mostram sinais claros de aversão a iniquidade favorável e desfavorável. Alguns participantes produzem consistentemente a iniquidade desfavorável, o que desafia modelos formais de aversão a iniquidade
Título em inglês
Effects of history and cost of cooperation on the production of favorable and unfavorable iniquity
Palavras-chave em inglês
Cooperation
Cost
Experimental history
Iniquity aversion
University participants
Resumo em inglês
The present study investigated the effect of a history of cooperation on the choice of a participant in cooperating or working individually, in the presence and absence of costs. Participants worked on one computer in a two-person task, with the computer simulating the performance of the second participant. At each try, each participant should choose between a blue and a green card and the combination of choices defined equal or unequal gains for participants. Due to gains, a cooperative response was defined as the participant choosing the blue card, an individual response was defined as the participant choosing the green card. This was because the use of the blue card enabled one of the participants to earn more against an array of smaller but equal gains. Participants were exposed to five phases: Fairness Phase, Favorable Iniquity Phase without Costs, Unfavorable Iniquity Phase without Costs, Favorable Iniquity Phase with Costs and Unfavorable Iniquity Phase without Costs. The computer chose the blue card in all rounds and phases of the study and the choice of the green card produced 20 points for the Participant and the computer in all phases of the study. In the Fairness Phase (10 rounds) the choice for the blue card produced 100 points for the participant and for the computer. In the Favorable Iniquity Phase without Costs (16 rounds) the choice for the blue card produced 100 points for the participant and 20 points for the computer. In the Unfavorable Iniquity Phase without Costs (16 or 32 rounds) the choice for the blue card produced 20 points for the participant and 100 points for the computer. In Favorable Iniquity Phase with Costs (16 rounds) the choice for the blue card produced 100 points for the participant and 10 points for the computer. In the Unfavorable Iniquity Phase with Costs (16 or 32 rounds) the choice for the blue card produced 10 points for the participant and 100 points for the computer. Participants were divided into two groups, which differed in the order in which they were exposed to cost. In both groups, the last phase of the study had twice as many rounds as the rest of the study. The results indicate that the effect of cost varied between participants and also depended on the order in which it was introduced: the earlier the cost was introduced, the greater the effect was to decrease the choice by the blue card (cooperate). The results also show clear signs of aversion to favorable and unfavorable iniquity. Some participants consistently produce unfavorable iniquity, which challenges formal models of aversion to iniquity
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-08-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.