• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2018.tde-22012018-150758
Documento
Autor
Nome completo
Lina Marcela Pedraza Torres
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Resende, Briseida Dogo de (Presidente)
Paula, Fraulein Vidigal de
Redigolo, Carine Savalli
Teixeira, Rachel Coêlho Ripardo
Título em português
A relação entre o bullying e os relacionamentos sociais num grupo de adolescentes brasileiros
Palavras-chave em português
bullying
impacto social.
popularidade percebida
status sociométrico
vitimização, preferência social
Resumo em português
Na questão do bullying, um subtipo de agressão frequente nas escolas, aspectos ligado à organização social do grupo são de importância na compreensão do fenômeno. No presente estudo, avaliamos a correlação entre o bullying/vitimização e as variáveis de popularidade percebida, preferência social e impacto social, num grupo de adolescentes entre 12 e 14 anos na cidade de São Paulo, Brasil. Para avaliação do bullying e da vitimização utilizamos o questionário Peer Assessment e, para avaliar o status social e a popularidade percebida, usamos dois testes sociométricos, cada um com duas perguntas. Verificamos a interação entre as variáveis e os efeitos principais com o uso de Equações de Estimação (GEE) com efeito aleatório. Os resultados mostraram que os adolescentes menos gostados têm mais chance de ser vitimizados, e os mais populares, de serem agressores. Além disso, há correlação direta entre a agressividade e o impacto social de cada um (o quanto é lembrado pelos pares), e há uma relação inversa entre agressividade e preferência social.
Título em inglês
Not informed by the author
Palavras-chave em inglês
Bullying
Perceived popularity
Social impact.
Social preference
Sociometric status
Victimization
Resumo em inglês
Social organization of the group is an important aspect involved in bullying, a frequent type of aggression found in schools. In this study, we present the correlation between bullying / victimization and variables of perceived popularity, social preference and social impact in a group of adolescents between 12 and 14 years old in the city of São Paulo, Brazil. Bullying and Victimization were assessed through the Peer Assessment questionnaire and, Social Status and Perceived Popularity were assessed through two sociometric tests, each one with two questions. We used generalized linear model (GEE) to check the interaction between the variables. According to our results, the less liked the more victimized an adolescent will be, and the more popular the higher the chance of being aggressor. In addition, there is a direct correlation between aggressiveness and the social impact of each one (how much the person is remembered by the peers), and there is an inverse relationship between aggressiveness and social preference.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
torres_me.pdf (3.08 Mbytes)
Data de Publicação
2018-02-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.