• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2012.tde-15032013-104524
Documento
Autor
Nome completo
Antonielle Cantarelli Martins
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Capovilla, Fernando Cesar (Presidente)
Barbosa, Felipe Venâncio
Paula, Fraulein Vidigal de
Título em português
Lexicografia da língua de sinais brasileira do Rio Grande do Sul
Palavras-chave em português
Lexicografia
Libras
Língua de Sinais
Rio Grande do Sul
Resumo em português
Esta dissertação, intitulada Lexicografia da Língua de Sinais Brasileira (Libras) do Rio Grande do Sul, objetiva documentar o léxico de sinais de Libras usado pela população surda do estado do Rio Grande do Sul, com a finalidade de aumentar a representatividade geográfica lexical dos sinais de uso comum entre os surdos gaúchos nas próximas edições do Novo Deit-Libras: Novo Dicionário Enciclopédico Ilustrado Trilíngue da Língua de Sinais Brasileira (Capovilla, Raphael, & Mauricio). Dos 347.481 surdos brasileiros, 48.700 residem na região Sul, sendo que, das regiões do Brasil, o Sul tem a maior incidência proporcional de surdez (i.e., de pessoas que, na terminologia do IBGE, "não conseguem ouvir de modo algum") em relação à população total do mesmo estado. O Rio Grande do Sul tem uma população de 10.693.929 habitantes, dos quais 617.096 têm algum tipo de deficiência auditiva. Assim, 5,77% da população do estado tem deficiência auditiva, daí a necessidade de fazer o registro lexicográfico da língua de sinais usada pela população desse estado. Esta pesquisa lexicográfica é parte do programa de pesquisa de documentação lexicográfica de Libras do Laboratório de Neuropsicolinguística Cognitiva Experimental da Universidade de São Paulo, que tem documentado a língua de sinais de cada região brasileira. A pesquisa empregou procedimento padrão de pesquisa lexicográfica, incluindo, portanto, as etapas de levantamento, seleção de bibliografia, pesquisa de campo, análise e registro de dados. A pesquisa produziu um corpus de 2.869 sinais de Libras, todos plenamente documentados, descritos e ilustrados em sua forma e em seu significado, bem como distribuídos em 16 categorias semânticas
Título em inglês
Brazilian Sign Language Lexicography in the state of Rio Grande do Sul
Palavras-chave em inglês
Brazilian Sign Language
Lexicography
Rio Grande do Sul
Sign Language
Resumo em inglês
This dissertation, entitled Brazilian Sign Language Lexicography in the state of Rio Grande do Sul, aims to document the lexicon of the Brazilian Sign Language signs used by the deaf people in the state of Rio Grande do Sul and to increase the geographic representation of lexical signs commonly used among deaf people from this state in the following edition of the trilingual sign dictionary -New Trilingual Illustrated Encyclopedic Dictionary of Brazilian Sign Language (Capovilla, Raphael, & Mauricio). Out of the 347.481 Brazilian deaf, 48.700 live in the South Region of Brazil, which is the one with the highest relative incidence of deaf people (that is, according to the Brazilian Institute of Geography and Statistics, and it refers to people who cannot hear at all) if compared to the population in the state. Rio Grande do Sul has a population of 10.693.929 people of whom 617.096 have some kind of hearing impairment. Therefore, 5,77% of this state´s population has some kind of hearing loss and that is why it is necessary to register the Sign Language lexicon used by these people. This lexical research is part of the Brazilian lexicographic documentation research program of the Brazilian Sign Language and it is linked to Lance-USP, a laboratory at University of Sao Paulo, that has been documenting the Sign Language in each one of the country states. The research applied a standard procedure of lexicographical research, including the steps of collecting, bibliographic selection, field research, analysis and register of the data. The research has produced 2.869 signs for the Brazilian Sign Language, all fully documented, described and illustrated in both form and meaning, as well as distributed in 16 semantic categories
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-04-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.