• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2007.tde-14012008-154723
Documento
Autor
Nome completo
Nicolau Kuckartz Pergher
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Tomanari, Gerson Aparecido Yukio (Presidente)
Andery, Maria Amalia Pie Abib
Galvão, Olavo de Faria
Lopes Junior, Jair
Serio, Tereza Maria de Azevedo Pires
Título em português
Respostas de observação em reversões de contingências
Palavras-chave em português
controle do estímulo
discriminação do estímulo
estímulo condicionado
fixação do olhar
rastreamento
resposta de observação
Resumo em português
Respostas de observação são mantidas pela produção de estímulos discriminativos. A maioria das pesquisas tem mostrado que apenas as respostas de observação que produzem S+ são mantidas, o que tem sido explicado pela hipótese do reforçamento condicionado. De acordo com essa hipótese, apenas os estímulos pareados com reforço, ou temporalmente mais próximos do reforço, adquiririam propriedades reforçadoras condicionadas. Entretanto, existem pesquisas mostrando que ambos S+ e S- podem manter a observação, o que tem sido explicado pela hipótese da redução da incerteza. De acordo com essa hipótese, as informações providas por ambos estímulos são reforçadoras, pois reduzem a incerteza acerca das contingências em vigor. A presente pesquisa procurou estudar as respostas de observação em situações de reversões de contingências. De acordo com a hipótese do reforçamento condicionado, a cada reversão, apenas os estímulos pareados com reforço, ou temporalmente mais próximos, deveriam manter a observação. De acordo com a hipótese da redução da incerteza, independentemente da realização das reversões, ambos os estímulos, manteriam as respostas de observação, pois ambos informam sobre as contingências em vigor. Foram realizados três experimentos, nos quais utilizou-se um equipamento de rastreamento do olhar para registrar as observações. No Experimento 1, participaram três adultos com desenvolvimento típico. As contingências utilizadas no Experimento 1 (VR 10 Extinção) não foram eficientes para estabelecer discriminação, o que impossibilitou a realização de reversões. No Experimento 2, participaram outros três adultos. Foi empregada punição (perda de pontos) para as respostas de pressão à barra de espaço do teclado emitidas na presença de S-. Com isso, a discriminação foi estabelecida, e as a reversões puderam ser realizadas. Os resultados mostraram que S- foi observado com maior duração e/ou maior freqüência do que S+, tanto no estabelecimento de discriminação quanto nas reversões. O valor reforçador condicionado de S- é discutido em termos do aumento da probabilidade de fuga da punição. No Experimento 3, participaram dois adultos. Foram utilizados dois conjuntos de estímulos. Ao longo do experimento, os S- mantinham as respostas de observação com maior duração e freqüência do que S+. Para um dos participantes, ao realizar as reversões, a partir do primeiro estímulo apresentado, a observação de todos os demais S- passava a ocorrer com maior duração e freqüência do que a observação dos demais S+ apresentados. Esses resultados indicam que, além de uma classe funcional de estímulos, teria sido formada uma classe de reforçadores condicionados. O efeito discriminativo dos estímulos sobre a movimentação dos olhos é discutido. Sugere-se que seja avaliado o efeito reforçador de outros elementos presentes na tarefa experimental, tais como o contador de pontos e as instruções, os quais podem manter a observação e concorrer com a observação dos estímulos em si.
Título em inglês
Observing responses in contingencies reversals
Palavras-chave em inglês
conditioned stimulus
eye fixation
observing response
stimulus control
stimulus discrimination
tracking
Resumo em inglês
Observing responses are maintained by discriminative stimuli. Most researches have shown that observing responses are maintained by S+, a fact that has being explained by conditioned reinforcement hypothesis. According to this hypothesis, only the stimulus paired with reinforcement would acquire conditioned reinforcement proprieties. There are researches that have shown both S+ and S- maintaing observing, a fact that has being explained by uncertainty reduction hypothesis. According to this hypothesis, both stimuli provide information's and reduce uncertainty about contingencies. The present research intended to study observing responses in contingencies reversals. According to conditioned reinforcement hypothesis, in every reversal, only the stimulus paired with reinforcement, or nearer to reinforcement, should reinforce observing. According to uncertainty reduction hypothesis, in every reversal, both stimuli should maintain observing because both inform about contingencies. Three experiments were done. An eye tracker equipment was used to register observing responses. In Experiment 1, three adults with typical development participated. Contingencies in Experiment 1 (VR Extinction) were not efficient in establishing discrimination and reversals were not implemented. In Experiment 2, three other adults participated. It was used punition (points lost) for responding in the presence of S-. Discrimination was established and reversals were carried through. Results show that S-was observed with longer duration and/or higher frequencies than S+. S- conditioned reinforcement properties are discussed in terms of increasing escape probability. In Experiment 3, two adults participated. Two groups of stimuli were used. Throughout the experiment, S- maintained observing with longer durations and higher frequencies than S+. One of the participants, when exposed to reversals, from the first stimulus presented, S-observation becomes higher to the other S- than to the other S+. These results indicated that, besides functional stimuli classes, it was created conditioned reinforcement classes. Discriminative effects of stimuli over eye movements are discussed. It is suggested that reinforcement effect of other elements, like points and instructions must be evaluated. This elements can maintain observing and concur with observation of stimulus in itself.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
pergher_tde.pdf (1.12 Mbytes)
Data de Publicação
2008-01-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.