• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2015.tde-11122015-102214
Documento
Autor
Nome completo
Amanda Martins Bastos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Gualtieri, Mirella (Presidente)
Costa, Marcelo Fernandes da
Salomão, Solange Rios
Título em português
Impacto da discromatopsia congênita: construção de uma ferramenta de avaliação na vida de indivíduos adultos
Palavras-chave em português
Psicofísica
Qualidade de vida
Questionário
Visão de cores
Resumo em português
Disfunções na percepção das cores, i.e. discromatopsias, podem ocorrer por um grande número de causas, sejam estas congênitas ou adquiridas. A possibilidade de cura torna premente a necessidade de se conhecer os impactos das discromatopsias sobre a vida de seus portadores. Questionários que avaliam a qualidade de vida na área de pesquisa visual vêm se mostrando eficazes para verificação do impacto de doenças do sistema visual sobre a qualidade de vida dos indivíduos. Todavia, nos instrumentos que atualmente existem questões relacionadas à visão de cores ainda são praticamente ausentes. Com o intuito de avaliar o impacto da discromatopsia congênita sobre a vida de indivíduos adultos com este tipo de alteração visual, este estudo tem por objetivo desenvolver uma ferramenta que acesse dimensões deste impacto. O estudo foi desenvolvido em três etapas: estudo exploratório-descritivo por meio de entrevista semiestruturada, desenvolvimento metodológico da tecnologia e estudo piloto dos questionário construídos. Foram entrevistados 14 participantes (cuja média de idade ± 39,99 e do grupo controle ± 27,16) e aplicado o pré-teste em 12 sujeitos. Todos os sujeitos realizaram avaliação psicofísica e extração de DNA para verificação do tipo de discromatopsia. As respostas entrevistas semiestruturadas foram transcritas e analisadas com auxílio do Software Sphinx Software (Sphinx Brasil, Canoas, Rio Grande do Sul, Brasil) e análise estatística descritiva utilizamos o programa Statistica versão 6.0 (StartSoft Inc., Tulsa, Oklahoma, EUA) e adotado um nível de significância de 0,05 (= 5%). A partir das respostas dadas foram formulados dois questionários pilotos que visam avaliar o impacto da alteração de visão de cores: um com respostas lineares e outro escalar. O cálculo dos escores obtidos no pré-teste foram gerados a partir da somatória da pontuação das questões das ferramentas. Dos quatorze participantes, estudados, pudemos observar que as discromatopsias apresentam influência direta sobre as atividades de vida diária e profissional dos indivíduos avaliados. Os escores corroboram com gravidade da alteração visual pois quanto mais alterados os testes psicofísicos maiores os escores nos questionários o que indica maior impacto na vida dos sujeitos. Das escalas de respostas experimentadas a intervalar possui maior precisão nas respostas obtidas, principalmente nos sujeitos de alteração tipo deutan (maior n). A alteração visual de acordo com os sujeitos não possui carácter limitante mas é significativa de acordo com os escores. A ferramenta criada poderá auxiliar estudos futuros relacionados a discromatopsia para melhor entendimento da influência dessa alteração visual
Título em inglês
Impact of congenital dyschromatopsia: Construction an evaluation questionnaire in the adultss life
Palavras-chave em inglês
Color vision
Psychophysics
Quality of life
Questionnaire
Resumo em inglês
Dysfunctions in color perception, as dyschromatopsia can occur for different reasons, whether congenital or acquired. The possibility of a cure generates a pressure to know the impact of dyschromatopsia in the lives of affected individuals. Questionnaires that assess quality of life in visual field have shown the impact of diseases in the visual system and the quality of life in this individuals. However, the instruments that currently have issues related to color vision are still virtually absent. In order to evaluate the impact of congenital dyschromatopsia on the lives of adults with this type of visual defect, this study aims to develop a questionnaire that assesses dimensions of this impact. The study was conducted in three stages: exploratory descriptive study with semi-structured interview, methodological development of technology and a pilot study of constructed questionnaire. Were interviewed 14 participants (average age 39.99 ±; control group ± 27.16) and the pretest was applied in 12 participants. All individuals made psychophysical tests and DNA extraction to verify the type of dyschromatopsia. The answers of semi-structured interviews were transcribed and analyzed by Sphinx Software (Sphinx Brasil, Canoas, Rio Grande do Sul, Brasil). For the statistical analysis we used the software Statistica 6.0 (StatSoft Inc., Tulsa, Oklahoma, USA) and adopted a 0.05 significance level ( = 5%). From the answers given were formulated two pilots questionnaires to assess the impact of color vision change: one with linear responses and another with interval responses. The calculation of the scores obtained in the pretest were generated from the scores of the sum of the answers. The answers that used scalar scale has more precision in the responses obtained, especially in individuals with deutan defect colour vision. According to participants, the visual defect is not a limiting factor, but proved to be something significant through the scores obtained in the questionnaires. This questionnaire would support others studies and helps to understand the influence of this color vision deficiency in the lives of the affected individuals
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
bastos_parcial.pdf (170.86 Kbytes)
Data de Liberação
2017-12-10
Data de Publicação
2015-12-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.