• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2017.tde-09112017-170714
Documento
Autor
Nome completo
Katia Cherix
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Coelho Junior, Nelson Ernesto (Presidente)
Goldfarb, Delia Maria Catullo de
Loffredo, Ana Maria
Moretto, Maria Livia Tourinho
Pereira, Adriana Barbosa
Título em português
Contribuições da metapsicologia freudiana para a compreensão dos sintomas da demência tipo Alzheimer
Palavras-chave em português
Alzheimer
Demência
Envelhecimento
Luto
Psicanálise
Resumo em português
Esta tese de doutorado busca fazer uma articulação entre conceitos da metapsicologia freudiana e sintomas da demência de tipo Alzheimer, como descritos pela neuropsicologia. A pesquisa levou a estudar a relação do idoso com seu corpo, durante o processo de envelhecimento, assim como o desenvolvimento do conceito de narcisismo por Freud e a implicação da estruturação deste para o surgimento das demências. Num segundo momento, seguindo os passos já trilhados por autores que levantaram a hipótese da relação entre o aparecimento do sintoma de perda de memória e a dificuldade na elaboração dos lutos, levantou-se a hipótese do sintoma de perda de memória como um mecanismo de defesa. A história subjetiva em relação ao complexo de castração define a maneira como o sujeito poderá lidar com a castração imposta pela aproximação do fim do Eu. Por fim, propôs-se uma leitura psicanalítica para as mudanças experimentadas pelo sujeito, desde o diagnóstico da doença de Alzheimer até o estágio avançado da doença. Nesse percurso, fica claro que, na fase inicial, o Supra Eu encontra-se abalado; na fase intermediária, são as funções do Eu que são atingidas até o ponto de nos encontrarmos diante de um sujeito sem um funcionamento egoico. É possível supor que, sem a possibilidade da sublimação ou da simbolização, as pulsões, sem representações que possam enlaçá-las, invadem o aparelho psíquico e o corpo do idoso, o qual já não se reconhece mais como um sujeito. Essa desintegração do Eu, à luz da metapsicologia, poderia ser compreendida como uma forma de mecanismo de defesa que protegeria o sujeito de entrar em contato com uma dor maior, ligada a uma história de lutos não elaborados e de traumas que seriam reatualizados no contato com os desafios do processo de envelhecimento
Título em inglês
Contributions of Freudian metapsychology to the understanding of the symptoms of Alzheimer's dementia
Palavras-chave em inglês
Aging
Alzheimer's disease
Dementia
Mourning
Psychoanalysis
Resumo em inglês
This doctoral thesis seeks to articulate concepts of Freudian metapsychology and the symptoms of Alzheimer's dementia as described by neuropsychology. The research led us to study the relationship that the elderly develop with their body during the aging process as well as the development of the concept of narcissism by Freud and the implication of the structure of this to the onset of dementia. In a second chapter, following the steps already taken by authors who raised the hypothesis of the relationship between the appearance of the symptom of memory loss and the difficulty in the elaboration of mourning, we hypothesized that the memory loss symptom can be understood as a defense mechanism. The subjective history of the castration complex defines the way in which the subject can deal with the castration imposed by the approximation of the end of life. Finally, we propose a psychoanalytic reading for the changes experienced by the subject from the diagnosis of Alzheimer's disease to the advanced stage of the disease. In this course, it is clear that in the initial phase, the Superego is shaken, in the intermediate phase, the functions of the ego are affected to the point of being faced with a subject without an egoic functioning. It is possible to suppose that without the possibility of sublimation or symbolization, the drives, without representations that can entail them, invade the psychic apparatus and the body of the elder who no longer recognizes himself as a subject. This disintegration of the ego, in the light of metapsychology, could be understood as a form of defense mechanism that would protect the subject from coming into contact with a greater pain, linked to a history of unprocessed mourning and traumas that would be awoken by the challenges of the aging process
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
cherix_corrigida.pdf (1.55 Mbytes)
Data de Publicação
2017-12-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.