• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
Documento
Autor
Nombre completo
Naila Maui Fukimoto
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2018
Director
Tribunal
Pimenta, Olívia de Mendonça Furtado (Presidente)
Damasceno, Juliana
Redigolo, Carine Savalli
Zanella, Adroaldo José
Título en portugués
Personality and faecal cortisol metabolites levels of domestic cats (Felis silvestris catus)
Palabras clave en portugués
Companion animals
Cortisol metabolites
Individual differences
Temperament
Resumen en portugués
The study of cat personality and behaviour can help minimize potential problems in the relationship between cats and their tutors and decrease relinquishment or maltreatment. Personality in animals is a promising area dedicated to studying characteristics of individuals that describe and account for temporally stable patterns of affection, cognition and behaviour traits. In general, people adopt cats according to their appearance, age or sex. Personality assessments can promote successful adoptions by identifying ideal animals for potential tutors. The American Society for the Prevention of Cruelty to Animals (ASPCA) has implemented a program called Meet Your Match® (MYM) which assesses the personality of shelter cats and the life style of adopters. With a better match between cat and tutor, the rate of animals being returned to shelters tend to decrease and cats welfare and adaptation in new homes tend to improve. To evaluate physiological stress and personality dimension, faecal cortisol metabolites (FCM) levels were measured and a modified MYM protocol was applied in two localities: a shelter and the tutors home. Our main goals were: 1) verifying the validity of personality dimensions used in a modified MYM assessment in a Brazilian cat shelter sample through an exploratory study of the psychometric properties of the protocol, as well as an exploratory factor and a cluster analysis; 2) verifying the correlation between personality and faecal cortisol levels; 3) checking if MYM assessment is consistent through change of localities; and 4) finding out how moving from the shelter to the tutors home affects faecal cortisol metabolites levels. We found evidence of validity of the modified MYM assessment based on internal structure to personality dimensions in this sample, although it presented a factorial structure that differs from the original assessment. No correlation was found between personality dimensions and FCM levels, corroborating the literature. There was a slight decrease of FCM levels in homes, but most subjects maintained their FCM levels, showing that cats can cope with stress in both environments the shelters and the tutors home. MYM personality assessment was consistent throughout the change of localities, which indicates that it is a good instrument to assess cat personality
Título en inglés
Personalidade e níveis de metabólitos fecais de cortisol de gatos domésticos (Felis silvestris catus)
Palabras clave en inglés
Animais domésticos
Cortisol
Diferenças individuais
Temperamento
Resumen en inglés
O estudo sobre comportamento e personalidade dos gatos pode ajudar a minimizar possíveis problemas na relação entre gatos e seus tutores e diminuir o abandono e os maus tratos. A personalidade em animais é uma área promissora, que estuda características dos indivíduos que descrevem e representam padrões temporais estáveis de afeto, cognição e comportamento. Em geral, as pessoas adotam um gato de acordo com a aparência, idade ou sexo do animal. As avaliações de personalidade podem promover adoções bem-sucedidas, identificando animais ideais para potenciais tutores. A American Society for the Prevention of Cruelty to Animals (ASPCA) implementou um programa chamado Meet Your Match® (MYM), que avalia a personalidade dos gatos e o estilo de vida de futuros tutores. Com uma melhor combinação entre gato e tutor, a taxa de devolução desses animais para abrigos pode diminuir e o bem-estar e a adaptação em novas residências tendem a melhorar. Para avaliar o estresse fisiológico e as dimensões da personalidade, metabólitos fecais de cortisol (MFC) foram medidos e a avaliação MYM foi aplicada em duas localidades: um abrigo e a residência do tutor. Nossos principais objetivos foram: 1) verificar a validade das dimensões de personalidade utilizadas na avaliação do MYM em uma amostra de abrigo brasileiro, por meio de um estudo exploratório das propriedades psicométricas do protocolo, uma análise de fator exploratório e uma análise de cluster; 2) verificar a correlação entre os tipos de personalidade e o cortisol fecal; 3) verificar se a avaliação do MYM foi consistente após mudança de localidades (abrigo e casa); e 4) verificar como a mudança do abrigo para a casa do tutor afeta os níveis de cortisol fecal. Encontramos evidências de validade da avaliação MYM modificada, baseadas na estrutura interna das dimensões da personalidade nesta amostra, embora a estrutura fatorial tenha sido diferente da avaliação original. Não foi encontrada correlação entre as dimensões de personalidade e os níveis de MFC, corroborando a literatura. Houve uma discreta diminuição dos níveis de MFC nas casas, mas a maioria dos indivíduos manteve seus níveis de MFC, mostrando que os gatos lidam bem com o estresse nos dois ambientes o abrigo e a casa do tutor. A avaliação de personalidade do MYM foi consistente na mudança de localidades, o que indica que ela é um bom instrumento para avaliar a personalidade de gatos
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2018-11-08
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2018. Todos los derechos reservados.