• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2006.tde-01092006-175910
Documento
Autor
Nome completo
Nina Furnari
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Ades, Cesar (Presidente)
Monticelli, Patricia Ferreira
Oliveira, Elisabeth Spinelli de
Título em português
Corte intra e interespecífica em cobaias (Cavia porcellus) e preás (Cavia aperea)
Palavras-chave em português
comportamento de corte (animal)
comportamento sexual (animal)
domesticação do animal
etologia animal
preás
Resumo em português
O preá Cavia aperea é tido como um dos representantes atuais da espécie ancestral a partir da qual se originou a cobaia Cavia porcellus por meio de um processo de domesticação iniciado há cerca de 6000 anos. A comparação entre estas espécies constitui um modelo interessante para o estudo dos efeitos comportamentais da domesticação, além de ter implicações para a compreensão da taxonomia destas espécies. Nosso objetivo foi descrever e comparar o comportamento de corte em cobaias e preás em pares intraespecíficos e verificar, através de pareamentos interespecíficos, eventuais barreiras reprodutivas provenientes da domesticação. Pares intra e interespecíficos foram submetidos a dois experimentos, um a curto prazo em ambiente de sala-teste e outro a longo prazo em ambiente semi-natural, nos quais registrou-se os episódios de interação e as categorias comportamentais exibidas na interação entre os sujeitos. Encontrou-se diferenças significativas entre os pares intra e interespecíficos (taxa e duração da interação), assim como entre cobaias e preás (cobaias interagiram, cortejaram-se e exploraram-se mais do que preás, estes se mostraram mais ativos e exploradores do meio). As diferenças revelam possíveis efeitos do processo de domesticação. Os pares interespecíficos também diferiram significativamente entre si, de forma assimétrica: enquanto machos preás cortejaram fêmeas cobaias e copularam com estas (menos, contudo, do que no caso das fêmeas coespecíficas), machos cobaias praticamente não cortejaram fêmeas preás provavelmente por causa dos altos níveis de agressão destas. Nossos resultados demonstram a existência de barreiras comportamentais entre as duas espécies, devidas provavelmente à domesticação, capazes de gerar um isolamento reprodutivo parcial.
Título em inglês
Intra and interspecific courtship in cavies (Cavia porcellus) and wild cavies (Cavia aperea)
Palavras-chave em inglês
animal courtship behavior
animal domestication
animal ethology
animal sexual behavior
cavies
Resumo em inglês
The wild cavy (Cavia aperea) is considered as one of the current exemplars of an ancestor species which through domestication processes starting six thousands years ago originated Cavia porcellus, the guinea pig. A formal comparison between the two species (Cavia aperea and Cavia porcellus), constitutes not only an interesting model for an investigation of the effects of domestication on behaviour, but also it may contribute to a taxonomic understanding of the two species. The aim of the study was to describe and compare the courtship behaviour exhibited by wild cavies and guinea pigs within intraspecific couples. In addition, arranging interspecific couples, we aimed to verify possible reproductive barriers which could be a consequence of the domestication processes. Intraspecific and interspecific couples took part in two experiments: the first was a short term experiment undertaken in a non-natural testing environment; the second was long term and conducted in a semi-natural environment. Interactive episodes were observed and a range of behavioural categories demonstrated by the individuals during interactions were registered. Significant differences were found between intra and interspecific couples (frequency and duration of the interactions) as well as between wild cavies and guinea pigs. Whilst the latter interacted and explored themselves more as well as showing more courtship behaviour, the former instead were more active towards exploring their environment. These differences suggest possible effects of the domestication processes. Furthermore, there were also significant asymmetrical differences among the interspecific couples themselves: whilst male wild cavy showed courtship behaviour towards the female guinea pigs and even mated with them. However, less than when compared to their behaviour towards female wild cavies. Male guinea pigs mostly did not court female wild cavies; this was mainly attributed to the female wild cavies showing high levels of aggression. The results account for the existence of behavioural barriers between the two species, which are probably due to the domestication process and can well generate partial reproductive isolation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Furnari_mestrado.pdf (1.58 Mbytes)
Data de Publicação
2006-09-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.