• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2004.tde-23012007-075431
Documento
Autor
Nome completo
Sylvia da Silveira Nunes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Lomonaco, Jose Fernando Bitencourt (Presidente)
Amiralian, Maria Lucia Toledo Moraes
Batista, Cecília Guarnieri
Título em português
Desenvolvimento de conceitos em cegos congênitos : caminhos de aquisição do conhecimento
Palavras-chave em português
aprendizagem
cego
deficiente visual
desenvolvimento cognitivo
ensino
formação de conceito
Resumo em português
O objetivo deste trabalho foi estudar o desenvolvimento de conceitos por cegos. Participaram da pesquisa sete cegos congênitos de ambos os sexos, com idades entre 8 e 13 anos, que foram entrevistados a fim de elucidar os recursos e caminhos de que se utilizam na formação de conceitos. A pesquisa foi realizada em duas fases. Em um primeiro momento (Fase 1), foram apresentadas seis histórias elaboradas por Keil e adaptadas ao nosso meio, com o objetivo de investigar a utilização dos atributos definidores e característicos pelos participantes. Na Fase 2, foi solicitado aos participantes que definissem 15 conceitos, sub-divididos em concretos e abstratos. A análise dos resultados evidenciou que os cegos baseiam-se, na maioria das vezes, em atributos definidores para responderem as questões das histórias da Fase 1. Para analisar as respostas da Fase 2, 13 categorias foram criadas. As categorias que mais se destacaram pelo alto número de respostas foram: Atributos Físicos Não Tateáveis, Comportamento/Exemplo e Contexto. Outras seis categorias estiveram presentes em três grupos de conceitos, todos eles concretos: Atributos Físicos Sonoros, Atributos Físicos Tateáveis, Comparação com outros conceitos, Função, Sinônimo e Vivência. As outras quatro categorias – Localização, Instrumento, Forma de Aprendizagem Formal e Informal – referem-se exclusivamente aos conceitos concretos não tateáveis. Verificou-se que cada tipo de conceito envolve formas diferenciadas de definição e de utilização de recursos perceptivos. A presente pesquisa identificou alguns caminhos conceituais utilizados pelo cego congênito, evidenciando a multiplicidade de possibilidades de aquisição e expressão de conceitos. Foram discutidas implicações deste trabalho no processo de ensino/aprendizagem de cegos.
Título em inglês
Developing concepts on congenital blind people
Palavras-chave em inglês
blind
cognitive development
concept formation
learning
teaching
visually disabled
Resumo em inglês
The purpose of this research was to investigate the development of concepts by blind children. The subjects were 7 congenital blind children, from both genders, between 8 and 13 years, who was interviewed in order to enlighten the resources and ways the use to develop their concepts. The research was divided in two stages. In the Phase I stories were told to them in order to analyze the uses of attributes that define concepts (defining and characteristics) by subjects. In Phase II, they were asked to define 15 concepts (concrete and abstract). The results showed that blind children use more frequently defining attributes to answer the questions asked in Phase I. The responses of Phase II were grouped in 13 categories. The categories which were frequently answered were: Physical Sound Attributes, Physical Touchable Attributes, Comparison with other Concepts, Function, Synonymous and Living Experiences. The other four categories - Placing, Instruments, Formal and Informal Learning - refer exclusively to not touchable concrete concepts. Each kind of concept showed different ways to be defined and different uses of perceptive resources. This research identified some conceptual ways used by the congenital blind, showing the multiplicity of possibilities to acquire concepts and their expressions. It was discussed some implications about this work in the teaching and learning process of the blind.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
conceitoscegos.pdf (862.44 Kbytes)
textofalado.doc (23.00 Kbytes)
Data de Publicação
2007-04-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.