• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2007.tde-17012008-160303
Documento
Autor
Nome completo
Marta Cristina Meirelles Ortiz
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Kovacs, Maria Julia (Presidente)
Antunes, Jose Leopoldo Ferreira
Fortes, Paulo Antonio de Carvalho
Guirado, Marlene
Lerner, Rogerio
Título em português
Voluntariado em hospitais : uma análise institucional da subjetividade
Palavras-chave em português
programas para hospitais
psicanálise-instituições
subjetividade
voluntariado
Resumo em português
Esse trabalho tem por objetivo investigar a prática do voluntariado hospitalar por meio da realização de entrevistas com voluntários a fim de compreender a produção da subjetividade no discurso desses agentes institucionais. Empreende-se inicialmente um levantamento histórico sobre o voluntariado, assim como do nascimento do hospital e das práticas caritativas a ele relacionadas. A discussão teórica começa com a problematização do mandamento cristão do amor ao próximo à luz da psicanálise de Sigmund Freud e de sua releitura por Françoise Dolto. Discute-se também a desconstrução do sujeito em Michel Foucault e suas relações com o conceito de "sujeito-dobradiça" em Marlene Guirado. Para a pesquisa são realizadas entrevistas semidirigidas com oito voluntários em hospitais, provenientes de quatro grupos distintos. As entrevistas são analisadas com o método de análise de discursos elaborado por Marlene Guirado. A partir dessas análises, constata-se que o voluntariado tem como objeto institucional não a cura, mas o bem-estar. Apesar de as recorrências serem marcantes nas falas dos entrevistados, os procedimentos e relações constituídas por, e constituintes do, voluntariado são dispostos de maneira diversa nos diferentes grupos. Suas práticas são desenvolvidas intersticialmente na contramão da instituição hospitalar. A produção de subjetividades no voluntariado se dá pelas diversas formas como são construídas as relações de proximidade possíveis entre voluntários e pacientes.
Título em inglês
Voluntary work in hospitals : an institutional analysis of the subjectivity
Palavras-chave em inglês
hospital programs
psychoanalysis-institutions
subjectivity
volunteers
Resumo em inglês
This work aims to investigate the practices of hospital volunteering by means of interviews with volunteers, in order to understand the production of the subjectivity in the speech of these institutional agents. It undertakes initially a historical survey on voluntary work, as well as on the birth of the hospital and related charitable practices. The theoretical discussion begins with the problematization of the christian commandment of love for the neighbor to the light of Sigmund Freud psychoanalysis and its new reading by Françoise Dolto. It algo discusses the desconstruction of the subject in Michel Foucault and its relations with the concept of "hinge-subject" in Marlene Guirado. For the research semidirected interviews with eight volunteers in hospitals, proceeding from four distinct groups, are carried out. The interviews are analyzed with the discourse analysis method elaborated by Marlene Guirado. From these analyses, it is evidenced that the voluntary work has as institutional object not the cure, but well-being. Although the recurrences in the interviewed person's speeches are remarkable, the procedures and relations constituted by, and constituent of, voluntary work are showed in diverse ways in different groups. Its practice is developed interstitially in the contraflow of the hospital institution. The production of subjectivity in voluntary work is accomplished by the various ways the possible nearness relations between volunteers and patients are constructed.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Ortiz_tde.pdf (1.06 Mbytes)
Data de Publicação
2008-01-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.