• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.47.2000.tde-16052006-121403
Documento
Autor
Nome completo
José Juliano Cedaro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2000
Orientador
Banca examinadora
Loffredo, Ana Maria (Presidente)
Kovacs, Maria Julia
Nogueira, Luiz Carlos
Título em português
O fenômeno transferencial na instituição hospitalar.
Palavras-chave em português
análise do discurso
instituições de saúde
psicanálise
psicologia institucional
transferência picoterapêutica
Resumo em português
Este trabalho, fundamentando-se no referencial psicanalítico, estuda o fenômeno transferencial a partir dos discursos de médicos que trabalham em um hospital e pronto-socorro públicos, na cidade de Porto Velho, Rondônia. Os sujeitos são dez médicos, de ambos os sexos, distribuídos entre sete especialidades, incluindo recém-formados e profissionais com mais de 40 anos de exercício da medicina. Foram realizadas duas entrevistas com cada sujeito e suas falas são apresentadas e analisadas a partir de fragmentos discursivos, extraídos do material obtido das transcrições. A análise dos enunciados discursivos teve por objetivo compreender como as manifestações transferenciais são percebidas pelos médicos. Por intermédio desses enunciados foi possível detectar que, embora os sujeitos falem a partir de uma posição de autoridade, em função do lugar que ocupam na rede institucional, seus discursos foram marcados também pelo medo, solidão e impotência frente às agruras do exercício médico. Tal posição de autoridade se revelou paradoxal, pois, ao mesmo tempo em que lhes oferece um status de figura admirada e imprescindível para a sociedade, também faz deles depositários de um imaginário de onipotência, levando-os a se defrontarem com situações difíceis de serem manuseadas, principalmente àquelas que partem das expectativas oriundas da clientela. Existe a consciência de que o fenômeno transferencial faz parte da relação com o paciente, como também o entendimento de que, em certos momentos, essas manifestações possuem um vínculo direto com o adoecer e com a reabilitação. Entretanto, os discursos apontaram para o despreparo dos entrevistados em lidar com tais investimentos, assim como com a ressonância dos mesmos sobre si próprios.
Título em inglês
The transference at hospital instituition
Palavras-chave em inglês
discourse analysis
institutional psychology
psychoanalysis
psychotherapeutic transference
residential care institutions
Resumo em inglês
This work, based on the psychoanalytical reference, studies the transference from the speech of doctors who work in hospitals and public first-aid clinics in Porto Velho city: Rondônia state. They are ten doctors (both male and female ones), men and women distributed among seven specialities, including both just graduated ones and doctors who have been working for over 40 years in these areas. Two interviews with each doctor were made and their speeches are shown and analysed from discursive fragments on, taken from the material obtained by the transcriptions. The analysis of the discursive propositions aimed to realize how the manifestation of the transference are noticed by the doctors. Based on these propositions, it was possible to realise that, though the people speak in a position of authority, in function of the “where” they are in the institutional system, their speeches were also determined by fear, loneliness and impotence, face the displeasures of the medical duty. This position of authority was revealed as paradoxical, whereas it offers them the status of and admired figure and vital for the society and, at the same time, makes them consigners of an illusory of omnipotence, taking them to face some situations which are difficult to be handled, from the expectations derived from the clients. There is not just the sense of duty that the transference is part of the relationship with the patient, as the comprehension that, sometimes, these manifestations are closely linked to the “getting ill” and “getting better”. However, the speeches lead to the disqualification of the doctors at dealing such cathexis, as well as the inner response of theirs over themselves.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2006-05-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.