• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Ioana da Cunha Pereira Yacalos Spinucci
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Leme, Maria Isabel da Silva (Presidente)
Amorim, Katia de Souza
Pinazza, Monica Appezzato
Sampaio, Patricia da Silva
Souza, Maria Thereza Costa Coelho de
Título em português
Brincar na sala é muito mais chatinho": concepções de crianças pequenas, educadores e mães sobre a liberdade de ação em duas creches de Jundiaí-SP
Palavras-chave em português
Concepções
Crianças pequenas
Educação infantil
Liberdade
Resumo em português
A presente pesquisa dedicou-se ao tema da liberdade nas escolas de Educação Infantil de zero a três anos e teve como objetivo identificar as concepções de crianças pequenas, educadores e mães sobre o tema em duas creches públicas do município de Jundiaí-SP. Buscou-se compreender também os motivos pelos quais a liberdade de ação das crianças pequenas não se generaliza como uma prática comum no interior das escolas por meio das concepções. Para tanto, foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com 18 crianças de três e quatro anos, 9 mães e 10 educadores (professores, agentes de desenvolvimento infantil, coordenadores e diretores) nas creches investigadas. Foram feitas também observações das rotinas diárias de trabalho com as crianças e exame dos Projetos Político Pedagógicos das duas instituições. O conjunto de relatos foi analisado de maneira qualitativa, tendo por base a técnica de Análise de Conteúdos com triangulação de dados. Os resultados obtidos indicaram que as concepções de liberdade de adultos e crianças relacionam-se ao contato com a natureza e às possibilidades de movimentação corporal ampla, duas características acessadas pelas crianças pesquisadas nas creches, somente quando estão no espaço externo, período reduzido em relação ao que passam no interior das salas referência. Este estudo analisa e discute as concepções identificadas, com reflexões sobre impedimentos e possibilidades de liberdade de ação para as crianças pequenas no ambiente escolar
Título em inglês
Not informed by the author
Palavras-chave em inglês
Conceptions
Early childhood education
Freedom
Young children
Resumo em inglês
The present research was dedicated to the theme of freedom in pre-school education from zero to three years and had as objective to identify the conceptions of young children, educators and mothers on the theme in two public day care centers of the municipality of Jundiaí-SP. We attempted to understand too the reasons why the freedom of action of young children is not generalized as a common practice within schools based on identified conceptions. To attend this purpose, semi-structured interviews were made with 18 children aged three and four, 9 mothers and 10 educators (teachers, child development agents, coordinators and directors) in the day care centers. Observations of the daily routines of work with the children and examination of the Political Pedagogical Projects of the two institutions were also made. The collected data was analyzed in a qualitative approach. The results indicate that the conceptions of freedom of adults and children are related to the contact with nature and the possibilities of free body movement, two characteristics that are accessed by the children researched only when they are in outer space, a reduced period in relation to what they spend in the reference rooms. This study analyzes and discusses the conceptions identified, with reflections about impediments and possibilities of freedom of action for young children in the school
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ioana_do.pdf (2.11 Mbytes)
Data de Publicação
2017-11-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.