• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Thèse de Doctorat
DOI
10.11606/T.47.2011.tde-09092011-152805
Document
Auteur
Nom complet
Emi Koide
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2011
Directeur
Jury
Carone, Iray (Président)
Loffredo, Ana Maria
Schmidt, Maria Luisa Sandoval
Silva, Márcio Orlando Seligmann
Xavier, Ismail Norberto
Titre en portugais
Por um outro cinema - jogo da memória em Chris Marker
Mots-clés en portugais
Cinema
Educação
Imagem
Memória
Teoria crítica
Resumé en portugais
O presente trabalho é uma reflexão crítica sobre o estatuto da imagem e sua relação com amemória e a história na sociedade contemporânea, em que a influência dos meios de comunicação demassa, da indústria cultural e dos recursos audiovisuais é dominante. Em contraponto a essa produçãoaudiovisual, que produz consenso acerca da memória e da história, impondo uma espécie depadronização das experiências, examinou-se como uma outra produção cinematográfica pode servircomo meio de um aprendizado crítico frente às mudanças da percepção humana com o advento denovas tecnologias, tal como apresentado por Benjamin no ensaio A obra de arte na era dareprodutibilidade técnica. A partir da interpretação do ensaio de Benjamin por Miriam Hansen, tratousede refletir sobre o conceito de mimese desdobrado em jogo e semelhança que propicia aoaparato cinematográfico a possibilidade de emancipação de uma repetição infernal e perversa,regulando uma nova relação entre ser humano e máquina voltada para a criação não destrutiva ecrítica. Através da produção fílmica de Chris Marker, deparou-se com um cinema em que a montageme a organização da sintaxe fílmica podem criar novas constelações de sentido e abrir brechas para umapossível perlaboração da memória, pois a imagem em conjunção com o texto incita a reflexão sobre ahistória e sobre a própria imagem. Na análise de filmes, fotografias e textos de Marker, procurou-secompreender o modo de articulação de imagem e som em seus trabalhos, levando em conta asconsiderações de Benjamin sobre o cinema e sobre a história.!No cinema de Marker, o trabalho é o dejustamente converter o cinema em antídoto contra a dominação, fazendo com que o aparato se voltecontra a ilusão falseadora, denunciando os próprios modos de produção de imagens e da história. Suamontagem se realiza através de uma mimese da memória criativa um agenciamento de imagens esons que cria conjunções dialéticas, que desperta para o que foi esquecido e provoca a reflexão.
Titre en anglais
For another cinema Memory Game in Chris Marker
Mots-clés en anglais
Critical theory
Education
Imagery
Memory
Motion pictures (entertainment)
Resumé en anglais
This thesis is a critical treatment of images and their relationship to memory and incontemporary social history, specifically the influence of the mass media where audiovisual media aredominant in industrial culture. Mainstream audiovisual production creates consensus of memoriesand accepted history by imposing standardization of experience, in contrast this thesis focuses on ananalysis of a different practice within cinematography which, through developing critical reflection,highlights how human perception has changed due to the adoption and influence of new technologies:ideas put forward by Benjamin in his essay The Work of Art in the Age of Its Technical Reproducibility. Miriam Hansens interpretation of mimicry, developed by play and similarity, is astarting point for this thesis. Herein it is proposed that cinema has the ability to free itself from endlessand perverse repetition, establishing between humans and technology a new relationship that is criticaland non-destructive. By investigating the syntax in Chris Marker films, which consider history andimages, this thesis aims at a possible working-through process as to how cinema could enablememory. Benjamins writings about cinema and history are explored by analysing Markers films,photographs and texts; understanding is sought through the manner of his articulation of image andsound. In Markers films, the purpose is to fairly convert the cinema into an antidote againstrepression, by turning his cameras on the illusions and denouncing those same production methodsused to make false images and history. The montage of his images mimics a creative memory, anarrangement of sounds and images that create dialectic connections; his work awakens what had beenforgotten and provokes reflection.
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
koda_do.pdf (1.84 Mbytes)
Date de Publication
2011-09-09
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
Centro de Informática de São Carlos
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2014. Tous droits réservés.