• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2005.tde-06112007-100415
Documento
Autor
Nome completo
Lineu Norio Kohatsu
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Kovacs, Maria Julia (Presidente)
Antunes, Mitsuko Aparecida Makino
D'Antino, Maria Eloisa Fama
Schmidt, Maria Luisa Sandoval
Sekkel, Marie Claire
Título em português
Do lado de fora da escola especial : histórias vividas no bairro e contadas por ex-alunos por meio do vídeo
Palavras-chave em português
educação especial
experiências de vida
inclusão social
memória
retardo mental
Resumo em português
O presente trabalho tem como objetivo principal o conhecimento e a compreensão da relação que ex-alunos de escolas especiais mantêm com os seus bairros. Para a realização do estudo, foi proposta a produção de um vídeo aos participantes, tendo também como objetivo secundário uma reflexão sobre esse processo. A investigação parte de cinco perguntas norteadoras: 1) Como se constituiu o universo social dessas pessoas (ex-alunos de uma escola especial) para além dos muros institucionais da escola? 2) Será que a permanência na escola especial dificultou ao aluno o conhecimento de seu bairro e será que a saída da escola proporcionou essa aproximação? 3) Como vivenciaram e ocuparam o espaço do bairro? Quais foram as experiências mais significativas? Em que período da vida ocorreram? 4) Como é para essas pessoas morar na periferia? Será que o contexto comunitário (se existente) favoreceu de algum modo a sua socialização? 5) Em que medida o vídeo auxiliou no conhecimento da realidade vivida pelo participante da pesquisa? O estudo se caracteriza como uma pesquisa qualitativa, de orientação fenomenológica, tendo a pesquisa de tipo etnográfica como referência metodológica e a utilização do vídeo como recurso. Participaram da pesquisa 03 ex-alunos de escola especial: uma do sexo feminino, 23 anos, funcionária de uma empresa de limpeza, e dois do sexo masculino com 24 e 41 anos, ambos trabalhadores de uma oficina abrigada. Foram utilizados como critério de escolha dos participantes a independência na locomoção, que morassem desde criança no bairro e que demonstrassem interesse na participação da pesquisa. A pesquisa ocorreu em três bairros do Município de São Bernardo do Campo: a favela Boa Vista, a Vila Rosa e o Jardim das Orquídeas, esta última situada numa zona de manancial. As gravações dos bairros foram realizadas individualmente: a primeira experiência (piloto) ocorreu em um único encontro, com uma gravação de quinze minutos; a segunda ocorreu em cinco encontros e aproximadamente 60 minutos de gravação; a terceira e última foi realizada em seis encontros e aproximadamente 90 minutos de gravação. A organização do material composta pelas gravações em vídeo, áudio e anotações de campo ocorreu da seguinte forma: transcrição dos materiais (vídeo e áudio), observação das gravações em vídeo, apontamento das cenas/locais gravados e levantamento de temas. A discussão sobre os trabalhos foi feita primeiramente de modo individual e no final foi realizada uma discussão conjunta dos três trabalhos. O que se pode perceber é que cada um dos três participantes apresenta um modo bastante particular de se relacionar com o bairro e com diferentes níveis de integração. Observa-se também que, mesmo após saírem da escola especial, os três participantes mantêm vínculos com pessoas relacionadas a esse universo social. Pode-se perceber também que o contato com os espaços do bairro possibilitou a eles recordações de eventos da infância, assim como as conversas com os vizinhos proporcionaram a revitalização das memórias do passado. O estudo mostra, desse modo, como as pessoas com deficiência mental podem reconstruir as próprias histórias e podem participar da construção da memória coletiva de seus respectivos bairros.
Título em inglês
Outside special school : histories lived in the neighbourhood and told by former students by means of video films
Palavras-chave em inglês
life experiences
memory
mental retardation
social inclusion
special education
Resumo em inglês
The main objective of the present work is the knowledge and comprehension of the relationship maintained by former students of Special Schools with their neighbourhood. In order to do so, the production of a vídeo was suggested to the participants, with the secondary objective of a reflection about this process. The investigation starts with 5 driving questions: 1) How was the social universe of these people (former students of a Special School) constituted beyond the institutional walls of the school? 2) Has their permanence at a Special School made it difficult for them to know their neighbourhood and their exit made this approach possible? 3) How have they lived and occupied the spaces in their neighbourhood? What were the most significative experiences? Which period of their life did they happen? 4) What is living in the suburbs like for these people? Did the communitary environment (if there is any) somehow favoured their socialization? 5) To what extend has the video filming given support to the knowledge of the reality lived by the participant of this research? This study is characterized by a Qualitative Research, with Phenomenological Approach, having the Etnographic type of research as a methodological reference and the use of video as a mean of investigation. Three (3) former students of Special Schools took part in this research: one female, 23 y.o., who works at a cleaning company; and 2 male, 24 and 41 y.o., both workers at a ?shelter workshop? (professional training and job for disabled). For their selection, the criteria were their independence to move, their living in the neighbourhood since childhood and having showed interest to take part in the research. The survey took place in three districts of São Bernardo do Campo City: Boa Vista, Vila Rosa and Jardim das Orquídeas Slums, this latter placed in a fountainhead reserve (Billings Reservoir). The recordings of the neighbourhood occurred individually: the first experience (pilot) happened in just one meeting, with a recording lasting 15 minutes; the second occurred in 5 meetings and lasted about 60 minutes; the third and last happened in 6 meetings and lasted about 90 minutes. The organization of the material composed by video and audio recordings and field notes was made as follows: material transcriptions (video and audio), observation of the video films and notes about the scenes / places recorded and, at last, the raising of themes. The discussion about the works was made at first individually and in the end there was a discussion about the three works altogether. We may notice that every participant presents a very particular way to relate with his neighbourhood and that there are different levels of integration. We may observe also that, even after leaving Special Schools, the three participants kept connections with the people referred in their social universe. We still may notice that the contact with the places in the neighbourhood has favoured their remembering events from childhood, as well as their conversations with neighbours have favoured the revival of memories from the past. Thus, the study shows how the people with mental deficiency may rebuild their own histories and participate in the construction of the collective memory of their neighbourhoods.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
kohatsu.pdf (1.24 Mbytes)
Data de Publicação
2008-01-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.