• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.47.2018.tde-04092018-103504
Documento
Autor
Nome completo
Dafne Rosane Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Kovacs, Maria Julia (Presidente)
Alves, Elaine Gomes dos Reis
Marchezini, Victor
Massola, Gustavo Martineli
Vasconcelos, Laércia Abreu
Título em português
Crianças em situações de riscos e desastres: atenção psicossocial, Saúde mental e direitos humanos
Palavras-chave em português
Cuidado da criança
Desastres
Efeitos de desastres na saúde
Impacto psicossocial
Problemas sociais
Resumo em português
A ocorrência de diversos tipos de desastres nas últimas décadas tem aumentado a concentração de estudos e pesquisas sobre a atuação profissional no gerenciamento de riscos e na gestão de emergências e desastres. O efeito de um desastre é proporcional à vulnerabilidade tanto do ambiente atingido (que compreende a parte física e humana), quanto da capacidade e recursos do local, dos afetados e das equipes de apoio. De acordo com a Política de Proteção e Defesa Civil, as ações são divididas em cinco etapas: prevenção, mitigação, preparação, resposta e reconstrução. A atuação da Psicologia, nestas situações, pode ser implementada em todas as fases e, embora constitua uma área relativamente recente dentro da Psicologia, a criação de órgãos e eventos no Brasil, bem como a busca por intervenções eficazes fizeram crescer o apelo para seu crescimento. Uma das demandas está ligada às possibilidades de violações de direitos de crianças e adolescentes, tais como violência sexual, negligência, trabalho infantil, práticas de ato infracional e uso de drogas. Existem documentos institucionais e referências científicas que abordam essa temática, ressaltando a importância da Atenção Psicossocial, a qual deve ser oferecida aos afetados, principalmente a populações vulneráveis, como crianças, adolescentes, pessoas com deficiência e idosos. O presente trabalho se constituiu em estudo exploratório, descritivo e explicativo, com uma metodologia etnográfica e qualitativa. O objetivo foi investigar as percepções e perspectivas de profissionais, crianças e responsáveis, sobre os cuidados oferecidos às crianças que vivem em áreas de risco para desastres, especialmente inundações, em um bairro na zona leste da cidade de São Paulo. Foram analisados documentos de referência e a literatura científica sobre crianças em situações de riscos e desastres. Por meio de entrevistas e grupos focais, foi verificada a percepção de crianças afetadas, responsáveis, e profissionais envolvidos no apoio a desastres. Destaca-se que o oferecimento da Atenção Psicossocial, somada aos cuidados em Saúde Mental e a proteção e garantia de Direitos Humanos, constitui cenário providencial para o bem-estar infantil e pleno desenvolvimento físico, cognitivo, social, espiritual e emocional de crianças no contexto de riscos e desastres
Título em inglês
Children in situations of risks and disasters: Psychosocial Support, Mental Health and Human Rights
Palavras-chave em inglês
Child care
Disaster
Health effects of disasters
Psychosocial impact
Social problems
Resumo em inglês
The occurrence of several types of disasters in the last decades has increased the concentration of studies and research about the professional performance in the management of risks as well as emergencies and disasters. The effect of a disaster is proportional to the vulnerability either of the affected environment (which includes the physical and human aspects) or the capacity and resources of the place, the affected individuals and the support teams. According to the Protection and Civil Defense Policy, the actions are divided into five stages: prevention, mitigation, preparation, response and reconstruction. The Psychology´s operation in these situations can be implemented in all phases, and although it constitutes a relatively recent area within this field, the creation of organs and events in Brazil and the search for effective interventions have increased the appeal for its growth. One of the demands is linked to the possibilities of children and adolescents´ rights violentions, such as sexual violence, neglect, child labor, practices of infraction and drugs use. There are institutional documents and scientific references that address this issue and raise the importance of the psychosocial support that should be offered to those affected, especially vulnerable populations such as children, adolescents, people with disabilities and the old-aged. The present work constitutes an exploratory, descriptive and explanatory study, with an ethnographic and qualitative methodology. The goal was to investigate the perceptions and perspectives of professionals, children and parents about the care offered to children living in areas at risk of disasters, especially floods, in a neighborhood in the east end of São Paulo city. Reference documents and the scientific literature on children in risks and disasters situation were analyzed. The perception about disasters support were investigated by means of interviews and focus groups. It is noteworthy that the provision of psychosocial support, with care of mental health, plus protection and guarantee of human rights, is a providential scenario for children's well-being and complete physical, cognitive, social, spiritual and emotional development of children in the context of risks and disasters
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
oliveira_do.pdf (1.98 Mbytes)
Data de Publicação
2018-09-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.