• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Mariana Paula Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Souza, Audrey Setton Lopes de (Presidente)
Bessa, Karla Adriana Martins
Loffredo, Ana Maria
Mandelbaum, Belinda Piltcher Haber
Romera, Maria Lucia Castilho
Título em português
A masculinidade nos homens: representações de gênero na fala e na fotografia de jovens paulistanos
Palavras-chave em português
identidade de gênero
Masculinidades
Psicanálise
Teoria dos campos
Resumo em português
Esta pesquisa é uma investigação concernente ao tema do homem e de suas representações de masculinidade. Ela parte de percepções advindas da clínica e do cotidiano de que há homens vivenciando com dificuldades desde incômodos a crises as transformações socioculturais que envolvem a ascensão profissional, financeira e social da mulher. Tais transformações, motivadas por ideais de igualdade social, afetam as relações entre homens e mulheres, dado o histórico de dominação masculina de nossa sociedade, e atingem também as identidades de gênero masculina e feminina, já que colocam em questão as linhas (imaginárias) que separaram algumas representações que permanecem reconhecidas como próprias aos homens daquelas próprias às mulheres. Para realizar essa investigação, entrevistamos cinco homens com idades em torno de trinta anos, moradores da metrópole paulistana, todos de classe média, heterossexuais, casados ou que convivem com a companheira. Esses critérios foram selecionados previamente com a intenção de encontrar sujeitos que se enquadrassem minimamente em pressupostos de uma masculinidade tradicional, para verificar como eles percebem/vivem suas masculinidades em tempos de maior emancipação da mulher. Nossa metodologia consistiu em solicitar a cada um deles que fotografasse a sua experiência cotidiana de ser homem em doze fotos. O conteúdo dessas e a experiência de fotografar foram os disparadores para as entrevistas. Trata-se de um procedimento baseado no método autofotográfico apresentado por Neiva-Silva e Koller (2002). Nossos objetivos centrais foram desvelar as lógicas psíquicas envolvidas nas construções daquelas identidades masculinas, e relacionar a sustentação dessas na cultura de nosso tempo. A Psicanálise é a ciência que sustenta essa investigação através de seu método interpretativo. E na Teoria dos Campos, nome com que ficou conhecido o conjunto da obra do psicanalista brasileiro Fabio Herrmann, foi onde encontramos construções teóricas de grande valor interpretativo para nosso tema e problema
Título em inglês
The masculinities of men: gender representations in the speech and photography of young men from São Paulo
Palavras-chave em inglês
Fields Theory
Gender identity
Masculinities
Psychoanalysis
Resumo em inglês
On the grounds of the theme of manhood and representations of masculinity, this research aims to uncover the psychic logics involved in constructions of masculine identities, relating the support of these identities in the culture of our times. The research stems from perceptions gathered from observations of everyday life and the psychoanalytic clinic that there are men living with difficulties ranging from discomforts to crises regarding sociocultural transformations that involve women´s professional, financial and social ascension. Such transformations, motivated by ideals of social equality, affect relationships between men and women, given the history of masculine domination in our societies, also reach masculine gender identities, along with the feminine, as they question the (imaginary) lines that split some of the representations that remain recognized as belonging exclusively to men or to women. To perform this investigation, we interviewed five men, aging around 30 years, living in the Sao Paulo metropolitan area. All of them middle class, heterosexual, married or living with the female companion. These criteria were previously selected, with the intent to find subjects that are minimally framed within assumptions of a traditional masculinity, to verify how they perceive/live their masculinities in times of a broader female liberation. Our methodology consisted in requesting each participant to photograph his everyday experience as a man in twelve pictures. The contents of these pictures and experience of taking them were the triggers of these interviews. This is a procedure based on the self-photography presented by Neiva-Silva and Koller (2002). Psychoanalysis is the science that sustains this investigation through its interpretive method and, specifically, Multiple Fields Theory, the name given to the work of Fabio Herrmann, aided us in finding valuable theoretical constructions for our interpretive efforts regarding our objective
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-09-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.