• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Cíntia Rosa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Tavares, Marina Franco Maggi (Presidente)
Aurora-Prado, María Segunda
Cantu, Ana Valéria Colnaghi Simionato
Título em português
Estudo de estabilidade de drogas de abuso e medicamentos de interesse forense em DRIED BLOOD SPOT
Palavras-chave em português
Benzodiazepínicos
Cocaína
DBS
Espectrometria de massas
Estabilidade
Toxicologia forense
Resumo em português
No contexto analítico forense, questões relacionadas à estabilidade química dos compostos a serem avaliados podem acarretar desvios analíticos consideráveis, o que pode gerar conclusões equivocadas a respeito da composição da amostra. Dessa forma, diante das estratégias para conservação da composição química em amostras biológicas atualmente disponíveis, buscou-se, com o presente trabalho, avaliar a aplicabilidade da técnica de DBS (Dried Blood Spot) para o contexto forense, uma vez que vem sendo sugerido que esta técnica promove maior estabilidade química e, ainda, não interfere na composição da amostra, dentre outras vantagens. Assim, no presente estudo foi avaliada a estabilidade da cocaína, éster metilecgonina, benzoilecgonina, clonazepam, diazepam e alprazolam em amostras de sangue total post mortem aplicadas ou não em DBS, para que se pudesse comparar os resultados obtidos, e, então, verificar a viabilidade do acondicionamento das amostras em cada uma dessas matrizes. Concomitantemente, foi avaliado o impacto da temperatura sobre a estabilidade química dessas substâncias nas diferentes matrizes. Para alcançar o objetivo final, foram desenvolvidas e validadas metodologias analíticas por LC/MS-MS, segundo parâmetros sugeridos em guias de validação internacionais. Posteriormente, foram incubadas amostras contendo concentrações conhecidas das substâncias de interesse em DBS e em sangue total, as quais foram acondicionadas em diversas temperaturas e analisadas em diferentes intervalos de tempo. Os dados obtidos para estudo de estabilidade da cocaína e metabólitos sugerem que, apesar das amostras de sangue total acondicionadas em freezer não apresentarem redução na concentração acima de 20%, de maneira geral, amostras de DBS promoveram maior estabilidade química aos compostos monitorados. O estudo sugere, ainda, que a temperatura apresenta grande impacto sobre a estabilidade desses compostos, em consonância com outros estudos publicados na literatura. Já os dados de estudo de estabilidade obtidos para os benzodiazepínicos selecionados apresentaram maior uniformidade que os dados obtidos para cocaína e metabólitos. Assim, para todas as condições avaliadas, ou seja, para as duas diferentes matrizes e para as diferentes temperaturas, foi observado que os compostos, de maneira geral, não apresentaram queda na concentração acima de 20% durante o período de estudo. A análise estatística indica não haver, em termos gerais, diferença significativa entre as diferentes formas de acondicionamento. Por fim, o estudo realizado mostra a compatibilidade da técnica de DBS com aplicações forenses, e, em alguns casos, sugere qualidade técnica superior em relação àanálise em sangue total, já que é capaz de manter a estabilidade de compostos considerados instáveis em meio aquoso.
Título em inglês
Stability study of drugs of abuse and drugs of forensic interest in Dried Blood Spot
Palavras-chave em inglês
Benzodiazepines
Cocaine
DBS
Forensic toxicology
Mass spectrometry
Stability
Resumo em inglês
In the forensic context, instability of chemical compounds may result in considerable analytical errors that could lead to inaccurate conclusions regarding the composition of the sample. Thus, given the available chemical composition conservation strategies for biological samples, this work aims to assess the applicability of the DBS (Dried Blood Spot) technique to the forensic context, considering that this approach improves the chemical stability, and does not interfere with the composition of the sample. Therefore, this study investigated the chemical stability of cocaine, methylecgonine ester, benzoylecgonine, diazepam and alprazolam in post mortem whole blood samples. The DBS method was used for the processing of part of the samples, in order to compare results, and then evaluate the storage conditions on the viability of each blood matrix (whole blood in relation to DBS). Concurrently, the effects of temperature on the stability of those chemical substances were also evaluated. Analytical methodologies based on LC/MS-MS were developed and validated, according to parameters suggested by international guidelines. Afterward, samples containing known concentrations of the analytes were incubated in two distinct matrices (DBS and whole blood) at several temperatures, and were analyzed at different time intervals. Although whole blood samples stored in freezer do not present concentration decay above 20 per cent, results suggest that DBS samples promoted greater chemical stability of the compounds of interest. Furthermore, temperature appears to affect greatly the stability of those analytes, consonant with previous studies. Regarding the stability study data obtained for the selected benzodiazepines, they presented greater uniformity than the data obtained for cocaine and metabolites. Therefore, considering all the described conditions, i.e., the two distinct matrices and the different temperatures, the compounds of interest did not present a decrease in concentration above 20 per cent during the study period. The statistical analysis indicate that there is no significant differences between the deployed storage methods. Thus, further studies, with a greater number of samples, are recommended in order to corroborate the statistical findings for the benzodiazepine compounds presented in this study. This study shows the compatibility of the DBS technique with forensic applications, and, in some cases, suggests its superior technical quality in relation to the whole blood analysis, since it preserves the chemical stability of compounds.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-05-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.