• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.46.2006.tde-09022007-133741
Documento
Autor
Nome completo
Gilson Alves Quináglia
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Elisabeth de (Presidente)
Bevilacqua, José Eduardo
Lamparelli, Marta Condé
Masini, Jorge César
Vasconcellos, Pérola de Castro
Título em português
Caracterização dos níveis basais de concentração de metais nos sedimentos do sistema estuarino da baixada santista
Palavras-chave em português
Basais
Metais
Sedimentologia marinha
Sedimentos
Toxicologia ambiental
Valores orientadores
Resumo em português
Neste trabalho foram estabelecidos os níveis basais de concentração de metais nos sedimentos do sistema estuarino da Baixada Santista. O local da área de estudo foi o Canal de Bertioga que apresentou as seguintes concentrações basais: Ag (<1,00 mg.kg-1), Al (27.213 mg.kg-1), As (9,84 mg.kg-1), B (90,1 mg.kg-1), Ba (26,2 mg.kg-1), Be (<0,03 mg.kg-1), Cd (<0,02 mg.kg-1), Co (6,70 mg.kg-1), Cr (27,8 mg.kg-1), Cu (11,0 mg.kg-1), Fe (31.954 mg.kg-1), Hg (<0,02 mg.kg-1), Mn (299 mg.kg-1), Mo (<4,00 mg.kg-1), Ni (11,2 mg.kg-1), Pb (<0,26 mg.kg-1), Sb (<1,10 mg.kg-1), Se (<0,20 mg.kg-1), Sn (<5,00 mg.kg-1), Ti (336 mg.kg-1), Tl (<2,30 mg.kg-1), V (37,3 mg.kg-1) e Zn (63,8 mg.kg-1), onde o As foi o elemento que apresentou concentrações mais elevadas em comparação com a Resolução CONAMA Nº 344/04. No estudo realizado para avaliar a distribuição das concentrações de metais em duas diferentes frações granulométricas (<2,00 mm e <63 µm), mostrou que na maioria dos casos a fração mais fina (<63µm ) incorpora mais metais que a fração total (<2,00 mm) e a fração granulométrica mais adequada para determinação de metais em amostras de sedimentos para a maioria dos estudos ambientais é a fração <2,00 mm. Para avaliar e comparar métodos de solubilização de amostras de sedimentos para determinação de metais por técnicas espectrométricas, três diferentes métodos foram utilizados, sendo dois com solubilização parcial da amostra de sedimento (U.S EPA 3051a, com HNO3 e HNO3 + HCl) e um terceiro com solubilização total (U.S EPA 3052, com HNO3 + HCl + HF), os resultados mostraram que ambos os métodos da U.S EPA 3051a são estatisticamente equivalentes e a solubilização pelo método U.S EPA 3052 apresentou concentrações mais altas em relação aos valores obtidos na solubilização parcial para a maioria dos metais. Outro objetivo deste trabalho foi testar e avaliar duas técnicas para determinação de granulometria, com ao menos um método conservativo, mostrando que os dois métodos são estatisticamente equivalentes, porém o método conservativo não foi adequado para estimar a fração orgânica. No estudo para estimar e avaliar as concentrações de metais em ostras, mostrou que as concentrações de As, Cd, Cu, Hg, Ni, Pb, Sb, Sn e Se apresentaram-se abaixo dos níveis estabelecidos pela ANVISA, enquanto que para o Zn os valores estiveram acima do valor estabelecido pela ANVISA, mas em concordância com níveis encontrados em outros estudos ambientais.
Título em inglês
Characterization of background concentrations of metals in sediments of estuarine system of Baixada Santista
Palavras-chave em inglês
Background
Guidelines
Metals
Sediments
Resumo em inglês
In this work were established the background concentrations of metals in sediments of Estuarine System of Baixada Santista. The location of study area was the Canal de Bertioga which presented the following basal concentrations: Ag (<1,00 mg.kg-1), Al (27.213mg.kg-1 ), As (9,84 mg.kg-1), B (90,1 mg.kg-1), Ba (26,2 mg.kg-1), Be (<0,03 mg.kg-1), Cd (<0,02 mg.kg-1), Co (6,70 mg.kg-1), Cr (27,8 mg.kg-1), Cu (11,0 mg.kg-1 ), Fe (31.954 mg.kg-1 ), Hg (<0,02 mg.kg-1), Mn (299 mg.kg-1), Mo (<4,00 mg.kg-1), Ni (11,2 mg.kg-1), Pb (<0,26 mg.kg-1), Sb (<1,10 mg.kg-1), Se (<0,20 mg.kg-1), Sn (<5,00 mg.kg-1), Ti (336 mg.kg-1), Tl (<2,30 mg.kg-1), V (37,3 mg.kg-1) and Zn (63,8 mg.kg-1), where As was the element that presented high concentrations incomparison to Resolucao CONAMA Nº 344/04 (Brazilian Guidelines). In the study to evaluate the distribution of metals concentrations in two different size fractions (<2,00 mm and <63µm), showed that in most of the cases that the finest fraction (<63µm) can incorporate much more metals than total fraction (<2,00 mm) and the most adequate fraction for determination of metals in sediments samples in the majority of environmental studies is <2,00 mm. In order to evaluate and compare methods of solubilization of sediments samples for determination of metals by spectrometry techniques were used three different methods, two for total-recoverable concentrations (U.S EPA 3051a, com HNO3 e HNO3 + HCl) and a third one for total-total concentrations (U.S EPA 3052, com HNO3 + HCl + HF), the results showed that both U.S 3051a methods are statistically similar and U.S EPA 3052 method presented higher concentrations in relation to U.S 3051a method for the huge majority of metals. Another objective of this work was to test and evaluate two methods for determination of particle size with at least one method without destruction of organic matter called sieving and the results showed that sieving method wasn't adequate to estimate organic matter fraction (<20 µm). In the study to estimate and evaluate metals concentrations in oyster tissue showed that As, Cd, Cr, Cu, Hg, Ni, Pb, Sb, Sn and Se presented values lower than the levels established by ANVISA while Zn presented higher values but in according to levels found in other environmental studies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-05-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.