• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.46.2018.tde-27092018-143815
Documento
Autor
Nome completo
Humberto Rodriguez Perez
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2002
Orientador
Banca examinadora
Gomes, Suely Lopes (Presidente)
Araujo, Ana Paula Ulian de
Viviani, Wladia
Título em português
HrcA de Caulobacter crescentus e Xylella fastidiosa: estudos comparativos de seqüências e desenvolvimento de modelo estrutural
Palavras-chave em português
Bioquímica
Estudos estruturais
HrcA
Proteínas (Biossíntese; Estrutura)
Resumo em português
O gene hrcA é encontrado em quase todos os ramos da árvore filogenética das eubactérias, e seu produto, a proteína HrcA, funciona como repressor da expressão dos operons de choque térmico groESL e dnaKJ, ligando-se à seqüência repetida invertida denominada CIRCE (controlling inverted repeat of chaperonin expression) presente na região regulatória destes operons. O sistema HrcA-CIRCE está, portanto, amplamente representado nas eubactérias. Particularmente, em Caulobacter crescentus, uma α-proteobactéria, este sistema está envolvido no controle da expressão do operon groESL durante o ciclo celular da bactéria. Conhecer a estrutura e as interações de HrcA é importante para entender este processo. Neste trabalho são apresentadas as análises de seqüência das HrcA's de C. crescentus e de Xylella fastidiosa, uma proteobactéria do grupo γ, as quais são muito similares. Este estudo levou à proposta de um modelo estrutural com a delimitação dos domínios da proteína, os dobramentos de cada domínio, com base nas interações da HrcA de C. crescentus com o elemento CIRCE e ATP, que estão sendo caracterizadas em nosso laboratório, assim como a atribuição de aminoácidos e motivos conservados funcionais. Adicionalmente, embora a expressão da HrcA recombinante de X. fastidiosa não tenha tido sucesso, a HrcA recombinante de C. crescentus purificada tem se prestado aos ensaios espectroscópicos, ainda que tenha sido detectada uma microagregação que está sendo enfrentada com um protocolo de purificação baseado no uso de α ciclodextrina. Os estudos espectroscópicos preliminares da HrcA C. crescentus dão suporte ao modelo estrutural proposto.
Título em inglês
HrcA from Caulobacter crescentus and Xylella fastidiosa: comparative sequences studies and the development of a structural model
Palavras-chave em inglês
Biochemistry
HrcA
Proteins (Biosynthesis; Structure)
Structural studies
Resumo em inglês
The hrcA gene is found in almost all branches of the filogenetic tree of eubacteria, and its product, the protein HrcA, functions as a repressor regulating the expression of the heat shock operons groESL and dnaKJ, by binding to the inverted repeat sequence called CIRCE (controlling inverted repeat of chaperonin expression). The system HrcA-CIRCE, therefore, is widely represented in eubacteria. Specifically in Caulobacter crescentus, an α-proteobacterium, this system is involved in the cell-cycle control of groESL expression (Baldini et al, 1998). Knowledge of the structure of HrcA and its interactions is important to understand this process. This work presents the analysis of the sequences of HrcA from C. crescentus and Xylella fastidiosa, a proteobacterium of the γ group, which are very similar. A structural model has been proposed, with protein domain delimitation, specific domain folding, based on known interactions of C. crescentus HrcA with the CIRCE element and ATP, obtained in our laboratory, as well as assignment of functional residues and conserved motifs. Additionally, even though no sucess was obtained the expression of recombinant HrcA from X. fastidiosa, purified recombinant HrcA from C. crescentus has been shown to be suitable for spectroscopic studies, in spite of microagregation observed, which is being faced with a purification protocol based on the use of α cyclodextrin. The preliminary spectroscopic studies of HrcA from C. crescentus support the proposed structural model.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-09-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.