• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.45.2008.tde-14102008-204609
Documento
Autor
Nome completo
Mauro Correia Alves
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Barroso, Lúcia Pereira (Presidente)
Aranha Filho, Francisco José Espósito
Lima, Antonio Carlos Pedroso de
Título em português
Estratégias para o desenvolvimento de modelos de credit score com inferência de rejeitados.
Palavras-chave em português
credit score
inferência de rejeitados
regresão logística.
risco de crédito
Resumo em português
Modelos de credit score são usualmente desenvolvidos somente com informações dos proponentes aceitos. Neste trabalho foram consideradas estratégias que podem ser utilizadas para o desenvolvimento de modelos de credit score com a inclusão das informações dos rejeitados. Foram avaliadas as seguintes técnicas de inferência de rejeitados: classificação dos rejeitados como clientes Maus, parcelamento, dados aumentados, uso de informações de mercado e ainda a estratégia de aceitar proponentes rejeitados para acompanhamento e desenvolvimento de novos modelos de risco de crédito. Para a avaliação e comparação dos modelos foram utilizadas as medidas de desempenho: estatística de Kolmogorov-Smirnov (KS), área sob a curva de Lorentz (ROC), área entre as curvas de distribuição acumulada dos escores (AEC), diferença entre as taxas de inadimplência nos intervalos do escore definidos pelos decis e coeficiente de Gini. Concluiu-se que dentre as quatro primeiras técnicas avaliadas, o uso de informaçõoes de mercado foi a que apresentou melhor desempenho. Quanto à estratégia de aceitar proponentes rejeitados, observou-se que há um ganho em relação ao modelo ajustado só com base nos proponentes aceitos.
Título em inglês
Strategies for the development of credit score with the inference rejected
Palavras-chave em inglês
credit risk
credit score
logistic regression.
reject inference
Resumo em inglês
Credit scoring models are usually built using only information of accepted applicants. This text considered strategies that can be used to develop credit score models with inclusion of the information of the rejects. We evaluated the techniques of reject inference: classification of rejected customers as bad, parceling, augmentation, use of market information and the strategy of accepting rejected proponents for monitoring and developing new models of credit risk. For the evaluation and comparison between models were used performance measures: Kolmogorov-Smirnov statistics (KS), the area under the Lorentz Curve (ROC), area between cumulative distribution curves of the scores (AEC), difference among the delinquency rate in the score buckets based on deciles (DTI) and the Gini coefficient. We concluded that among the first four techniques evaluated, the fourth (use of market information) had the best performance. For the strategy to accept rejected bidders, it was observed that there is a gain in relation to the model that uses only information of accepted applicants.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
DissertacaoMauro.pdf (996.95 Kbytes)
Data de Publicação
2008-12-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.