• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.44.2006.tde-19032007-083041
Documento
Autor
Nome completo
Milene Freitas Figueiredo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Babinski, Marly (Presidente)
Alvarenga, Carlos José Souza de
Boggiani, Paulo Cesar
Título em português
"Quimioestratigrafia das rochas ediacarianas do extremo norte da faixa Paraguai, Mato Grosso"
Palavras-chave em português
Faixa Paraguai
IIsótopos estáveis
Neoproterozóico
Quimioestratigrafia
Resumo em português
O presente trabalho apresenta um estudo de quimioestratigrafia isotópica (C, O, Sr) de detalhe, realizado numa sucessão carbonática de idade ediacariana da porção extremo norte da Faixa Paraguai, Estado do Mato Grosso. A pesquisa se justifica já que durante o Neoproterozóico a Terra sofreu profundas mudanças climáticas, as quais foram registradas em enigmáticas sucessões compostas de depósitos glaciais recobertos por rochas carbonáticas de clima quente. Estudos recentes mostram que ocorreram, pelo menos, três glaciações neste período, denominadas Sturtiana (ca. 725 Ma), Marinoana (ca. 635 Ma) e Gaskierana (580 Ma). Na tentativa de estabelecer uma correlação global entre as sucessões depositadas neste período, os geopesquisadores têm usado diversas ferramentas, principalmente a quimioestratigrafia isotópica de C, O e Sr. Na região de estudo, ocorrem diamictitos da Formação Puga recobertos por rochas carbonáticas do Grupo Araras, sobre a qual se depositam os diamictitos e carbonatos da Formação Serra Azul, definida neste trabalho. A sucessão carbonática do Grupo Araras apresentou valores de d13C variando de ? 1,7? (base) a + 4? (topo) e razões 87Sr/86Sr entre 0,7075 (na base) e 0,7084 (no topo). Estes valores são semelhantes àqueles encontrados em outras sucessões carbonáticas Marinoanas. Os calcários da Formação Serra Azul apresentaram um valores de d13C entre ? 7,5% e ? 3,2% e razões 87Sr/86Sr de ca. 0,7086, típicas das sucessões carbonáticas Gaskieranas. Os resultados isotópicos obtidos neste trabalho, associados às evidências sedimentológicas, sugerem que na história geológica de deposição da Faixa Paraguai ocorreram, pelo menos, duas importantes glaciações.
Título em inglês
"Chemostratigraphy of Ediacaran rocks of northern of Paraguay Belt, Mato Grosso, Brazil"
Palavras-chave em inglês
Chemostratigraphy
Neoproterozoic
Paraguay Belt
Stable isotopes
Resumo em inglês
This work presents a detailed isotopic (C, O, and Sr) chemostratigraphic study carried out on the Ediacaran carbonate succession from the northernmost part of the Paraguay Belt, in Mato Grosso, Brazil. The importance of this study is related to the Earth´s profound climate changes that took place during the Neoproterozoic, which have been recorded by enigmatic sequences composed of glacial deposits immediately overlain by carbonate rocks typical of warm climate. At least three glaciations are recognized: Sturtian (ca. 725 Ma), Marinoan (ca. 635 Ma), and Gaskiers (580 Ma). In order to correlate worldwide the successions deposited in this period and to understand the complex depositional environments, isotopic tools, especially chemostratigraphy, have been widely used. In the study area diamictites of the Puga Formation are overlain by carbonates of the Araras Group, and these, in turn, are covered by diamictites and carbonates of the Serra Azul Formation, which is defined here. The Araras Group carbonates exhibited d13C values between ? 1.7? at the base and + 4 ? at the top and 87Sr/86Sr ratios ranging from 0.7075 at the base to 0.7084 at the very top. These values are similar to those of post-glacial, non-cap Marinoan carbonate successions. The limestones of the Serra Azul Formation yielded d13C values between ? 7.5 and ? 3.2 ?, and 87Sr/86Sr ratios of ca. 0.7086, typical of post-Gaskiers cap carbonates. These isotopic results, together with sedimentological evidence, suggest that two important glaciations occurred during the depositional history of the northernmost Paraguay Belt.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MFF.pdf (7.06 Mbytes)
Data de Publicação
2008-08-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.