• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.44.2007.tde-31072007-115759
Documento
Autor
Nome completo
Alethea Ernandes Martins Sallun
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Suguio, Kenitiro (Presidente)
Costa, Marcondes Lima da
Mello, Claudio Limeira
Santos, Paulo Roberto dos
Sawakuchi, Andre Oliveira
Título em português
Aloformação Paranavaí: depósitos coluviais quaternários da Bacia Hidrográfica do Alto Rio Paraná (SP, PR e MS)
Palavras-chave em português
Aloformação Paranavaí
Alto Rio Paraná
Depósitos coluviais
Quaternário
Resumo em português
Depósitos pleistocênicos arenosos de origem coluvial são encontrados em diversas regiões do Brasil, nos estados de São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul. Associados a distintos contextos geológicos, esses depósitos têm recebido diferentes denominações como Formação Paranavaí (SP, PR e MS), Formação Piquerobi (SP) e Formação Cachoeirinha (MS). Neste contexto, foi possível individualizar sob pontos de vista sedimentológico, geocronológico e estratigráfico os depósitos quaternários que ocorrem na Bacia Hidrográfica do Alto Rio Paraná (SP, PR e MS) através da aloestratigrafia, propondo formalmente o Alogrupo Alto Rio Paraná, que é constituído de depósitos coluviais da Aloformação Paranavaí e depósitos fluviais da Aloformação Paraná. Os resultados obtidos indicam que o Alto Rio Paraná está ativo, no mínimo desde 1 Ma passados até os dias atuais, no afeiçoamento do relevo de formas construtiva (terraços) e destrutiva (dissecação). Esses registros geológicos testemunhariam importantes mudanças paleoclimáticas e/ou eventos neotectônicos, que modificaram os níveis de base e reafeiçoaram o relevo. Os episódios de agradação coluvial dos depósitos da Aloformação Paranavaí, instalados sobre superfícies peneplanizadas e afeiçoadas durante o Pleistoceno, são tentativamente correlacionáveis com mudanças paleoclimáticas de escala milenar mundialmente reconhecidas, principalmente nas transições entre os estágios de isótopos do oxigênio.
Título em inglês
Paranavaí alloformation: quaternary colluvial deposits of Upstream Rio Paraná Hydrographic Basin (SP, MS e PR)
Palavras-chave em inglês
Alloformation
Colluvial deposits
Paranavaí
Quaternary
Upstream Paraná River
Resumo em inglês
Sandy Pleistocene deposits of colluvial origin are found in several regions of Brazil, within São Paulo, Paraná and Mato Grosso do Sul states. Associated to distinct geological contexts, these deposits are known by different names, like Paranavaí Formation (São Paulo, Paraná and Mato Grosso do Sul states), Piquerobi Formation (São Paulo State) and Cachoeirinha Formation (Mato Grosso do Sul State). In this context, it was possible to recognize from sedimentological, geochronological and stratigraphical viewpoints the Quaternary deposits occurring at Paraná River Upstream Hydrographic Basin (São Paulo, Paraná and Mato Grosso do Sul states), through the allostratigraphy, with formal proposition of the Alto Rio Paraná Allogroup, which is constituted by Paranavaí Alloformation colluvial deposits and Paraná Alloformation alluvial deposits. The obtained data indicated that Paraná River Upstream is active, at least from the past 1 My until today in shaping the relief by construction (terraces) and destruction (dissection) processes. These geological records would testify important palaeoclimatic changes and/or neotectonic events, that modified the baselevels and re-shaped the relief. The Paranavaí Alloformation deposits colluvial aggradation episodes, installed on peneplained surfaces shaped during the Pleistocene, are tentatively correlatable with worldwide known millennial scale palaeoclimatic changes, mostly between transitional phases of oxygen isotope stages.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AEMS.pdf (5.68 Mbytes)
Data de Publicação
2007-08-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.