• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.44.2007.tde-31072007-111405
Documento
Autor
Nome completo
Artur Chahud
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Fairchild, Thomas Rich (Presidente)
Davies, Rosemarie Rohn
Dias, Eliseu Vieira
Título em português
Paleontologia de vertebrados da transição entre os Grupos Tubarão e Passa Dois (Neopaleozóico) no centro-leste do Estado de São Paulo
Palavras-chave em português
Chondrichthyes
Irati
Labirintodontes
Osteichthyes
Tatuí
Resumo em português
O centro-leste do Estado de São Paulo expõe boa parte da seção neopaleozóica da Bacia do Paraná, com sedimentos do Grupo Tubarão (Subgrupo Itararé e Formação Tatuí) e o Grupo Passa Dois (formações Irati e Corumbataí). Na região entre Leme e Capivari e na região do Domo de Pitanga, entre Piracicaba e Ipeúna, a transição entre as formações Tatuí e Irati é caracterizada comumente por arenitos relativamente grossos e mal selecionados (arenitos com grânulos, arenitos conglomeráticos e conglomerados), abundantemente fossilíferos em contato abrupto com os folhelhos síltico-argilosos da Formação Irati. O presente trabalho concentrou-se no estudo de paleovertebrados paleozóicos aplicado à interpretação paleontológica, sedimentológica e estratigráfica da transição entre os grupos Tubarão e Passa Dois. O conteúdo fóssil identificado compreende escamas, dentes e partes ósseas de vários tipos de peixes, de água doce e salgada, e de possíveis tetrápodes. Os Chondrichthyes são representados por duas variedades de dentes cladodontes; vários tipos de dentes do Xenacanthiformes ?Pleuracanthus? albuquerquei Silva Santos, 1946; dentes de Orodontiformes; dentes de duas espécies de Petalodontiformes, a primeira, e mais comum, Itapyrodus punctatus Silva Santos, 1990 e a segunda, representada por um único exemplar, uma espécie indeterminada. O material ainda inclui um espinho de nadadeira dorsal de Ctenacanthiformes adulto e uma possível escama placóide. A fauna de Osteichthyes é a mais abundante, sendo composta de dentes e escamas ganóides de Paleonisciformes e escamas cosmóides de Actinistia. São observados grandes dentes labirintodontes (provenientes de tetrápodes primitivos e/ou? peixes Rhipidistia) e partes ósseas atribuídas a peixes e/ou possíveis anfíbios. Os fósseis estão normalmente dispersos e desarticulados e os elementos ósseos fragmentados e desgastados. Mesmo assim, foram encontrados dentes de animais continentais - labirintodontes e Xenacanthiformes, com diferentes tipos de preservação, o que indicaria uma influência fluvial. A mistura de elementos marinhos, como Petalodontes, e continentais sugere um caráter marinho costeiro com forte influência continental para a transição entre as unidades. Os estudos tafonômicos sugerem que a camada de estudo é um depósito residual, resultado direto do retrabalhamento por ondas. Portanto, a transição Tatuí - Irati faz parte da evolução deposicional da Formação Irati. Sugere-se que ela seja reconhecida como uma fácies basal local, de grande importância paleontológica e estratigráfica no centro-leste do Estado de São Paulo.
Título em inglês
Paleontology of vertebrates from the transition between the Tubarão and Passa Dois Groups (Neopaleozoic) in the central-eastern São Paulo State
Palavras-chave em inglês
Chondrichthyes
Irati
Labyrinthodonts
Osteichthyes
Tatuí
Resumo em inglês
A good part of the Neopaleozoic section of the Paraná basin is well-exposed in central-east Sao Paulo, Brazil, represented by sedimentary rocks of the Tubarão Group (Itararé Subgroup and Tatuí Formation) and the Passa Dois Group (Irati and Corumbataí formations). Between Leme and Capivari and in the area of the Pitanga Dome, between Piracicaba and Ipeúna, the transition between the Tatuí and Irati formations commonly is characterized by abundantly fossiliferous, poorly sorted, relatively coarse sandstones (sandstones with granules, conglomeratic sandstones and conglomerate) in abrupt contact with silty shale of the Irati Formation. The present work concentrated on the study of Palaeozoic palaeovertebrates and their significance for paleontological, sedimentological and stratigraphical interpretations of the transition between the Tubarão and Passa Dois groups. The identified fossil content consists of scales, teeth and bony parts from several types of fish, from fresh and salt water, as well as from possible tetrapods. Chondrichthyes are represented by two varieties of cladodont teeth; several types of teeth of the xenacanth ?Pleuracanthus? albuquerquei Silva Santos, 1946; teeth of Orodontiformes; teeth of two species of Petalodontiformes, the first, and more common, Itapyrodus punctatus Silva Santos, 1990, and the other, represented by a single specimen, an unidentified species. The material also includes a fin spine of an adult Ctenacanthiformes and a possible placoid scale. The fauna of Osteichthyes is more abundant, being composed of teeth and ganoid scales of Paleonisciformes and cosmoid scales of Actinistia. Also observed are large labyrinthodont teeth (from primitive tetrapods and/or rhipidistid fish) and bony parts attributed to fish and/or possible amphibians. The fossils are usually disarticulated and dispersed and the bony elements fragmented and abraded. Even so, teeth of continental animals - labyrinthodonts and Xenacanthiformes, were found with different types of preservation, which is indicative of a fluvial influence. The mixture of marine elements, like petalodonts, and continental elements suggests a nearshore character with a strong continental influence for the transition between the units. Taphonomic studies suggest that the studied layer is a residual (lag) deposit that resulted directly from reworking by waves. Thus, the Tatuí - Irati transition is part of the depositional evolution of the early Irati Formation. It is therefore suggested that the transition be recognized as a local basal facies of this formation of great paleontological and stratigraphical importance in the central-eastern part of the state of Sao Paulo.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AC.pdf (8.13 Mbytes)
Data de Publicação
2007-07-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.