• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.44.2017.tde-30032017-150615
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Eduardo Manjon Mazoca
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Grohmann, Carlos Henrique (Presidente)
Almeida, Renato Paes de
Ibanez, Delano Menecucci
Título em português
Avaliação de elementos estruturais e processos fluviais na evolução geomorfológica da Amazônia Central
Palavras-chave em português
Amazônia
Geomorfologia
Geotecnologias
Quaternário
Resumo em português
A Amazônia desperta a curiosidade da comunidade acadêmica por diversas razões. A origem da biodiversidade é uma das questões que recentemente ganhou novos contornos com o envolvimento de pesquisadores da Geologia. A hipótese de que estruturas tectônicas contribuem para processos de especiação ao limitar áreas de endemismo tem motivado análises sobre o papel da tectônica na área coberta pelos sedimentos quaternários na bacia do rio Amazonas. Esta pesquisa avalia os fatores que contribuíram na evolução geomorfológica da Amazônia Central. O papel de elementos estruturais é avaliado junto com a contribuição dos rios desde o Pleistoceno Superior em uma pesquisa que se apoia também em dados paleoclimáticos disponíveis para a região. A análise nesta dissertação inicia com uma definição das características geomorfológicas da área de estudo, baseada em geomorfometria, em seguida foram avaliados lineamentos em diferentes escalas, fraturas descritas em pesquisa de campo, as formas de relevo dominantes na várzea e terra firme, padrões e processos da rede hidrográfica e datação de depósitos relacionados às rias fluviais, ou rios de vales submersos. Essa pesquisa, baseada em dados de sensoriamento remoto como Modelo Digital de Elevação (MDE) e Radar de abertura sintética (SAR), além de datação por Luminescência Opticamente Estimulada (LOE), resultou em uma nova interpretação para o desenvolvimento da terra firme baseada principalmente em evidências fornecidas por paleocanais, uma definição clara dos processos que atuam na produção das formas de relevo observadas na planície de inundação do rio Solimões, e uma proposta para os mecanismos que controlam a formação dos vales submersos. Os resultados apresentados neste documento contribuem para uma nova abordagem da evolução geomorfológica da Amazônia Central, e podem auxiliar o entendimento da paleogeografia da região.
Título em inglês
not available
Palavras-chave em inglês
not available
Resumo em inglês
The Amazon arouses the curiosity of the academic community for several reasons. The origin of biodiversity is one of the issues that recently gained new contours with the involvement of researchers from Geology . The hypothesis that tectonic structures contribute to speciation processes by limiting areas of endemism has motivated analyzes on the role of tectonics in the area covered by the quaternary sediments in the Amazon basin. This research evaluates the factors that contributed to the geomorphological evolution of Central Amazonia. The role of structural elements is evaluated along with the contribution of rivers since the Upper Pleistocene in a research that also relies on paleoclimatic data available for the region. The analysis in this dissertation begins with a definition of the geomorphological characteristics of the study area, based on geomorphometry, followed by the evaluation of lineaments at different scales, fractures described in the field research, the dominant landforms in the v´arzea and terra firme, patterns and processes of the hydrographic network and dating of deposits related to fluvial rias, or rivers of submerged valleys. This research, based on remote sensing data such as the Digital Elevation Model (DEM) and Synthetic Aperture Radar (SAR), in addition to dating by Optically Stimulated Luminescence (OSL), resulted in a new interpretation for the development of terra firme based largely on evidence provided by paleochannels, a clear definition of the processes that work to produce the landforms observed in the Solim~oes river floodplain, and a proposal for the mechanisms that control the formation of submerged valley. The results presented in this paper contribute to a new approach to the geomorphological evolution of Central Amazonia, and may help to understand the region's paleogeography.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2019-04-03
Data de Publicação
2017-04-05
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • MAZOCA, C. E. M., GROHMANN, CARLOS HENRIQUE, e SILVA, T. S. F. Morfotectônica e evolução da paisagem do trecho médio do Rio Solimões. In 47 Congresso Brasileiro de Geologia, Salvador, 2014. Anais do 47 Congresso Brasileiro de Geologia., 2014. Resumo.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.