• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.44.2015.tde-17112015-150344
Documento
Autor
Nome completo
Guilherme Pereira Bento Garcia
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Grohmann, Carlos Henrique (Presidente)
Pupim, Fabiano do Nascimento
Campanha, Ginaldo Ademar da Cruz
Título em português
Elaboração de mapas geomorfológicos a partir de modelos digitais de elevação
Palavras-chave em português
Geomorfometria
Mapeamento geomorfológico
SIG
Sistemas de relevo
SRTM
Resumo em português
O objetivo deste trabalho foi o mapeamento geomorfológico de duas áreas do território brasileiro através de uma metodologia baseada essencialmente na análise morfométrica a partir de Modelos Digitais de Elevação (MDE), enquanto que nas metodologias tradicionais o mapeamento é efetuado por fotointerpre tação. A primeira área estudada está localizada no estado do Rio Grande do Norte, abrange a cidade de Natal e grande parte dos litorais norte e leste do estado. A segunda área localiza -se na região conhecida como Vale do Ribeira, no sul do estado de São Paulo, divisa com o estado do Paraná. A partir dos MDEs foram obtidos valores de hipsometria, declividade, curvatura vertical, curvatura horizontal, amplitude, elongação e comprimento de onda. Todos estes parâmetros foram utilizado para a divisão e classificação do relevo, juntamente com as formas das vertentes e os padrões de drenagem. A compartimentação do relevo foi efetuada preferencialmente pelo método de Sistemas de Relevo, em que são agrupadas as porções do relevo que apresentam características físicas semelhantes sendo divididas desde escalas regionais até escalas de maior detalhe: Sistemas, Unidades e Elementos de Relevo. O mapeamento da área do Rio Grande do Norte foi efetuado a partir de MDEs SRTM com resolução de 90 metros, que resultou em um mapa geomorfológico local na escala 1:150.000. Apresenta uma significativa semelhança com o mapa geomorfológico do Projeto RADAMBRASIL em escala 1:1.000.000, apesar do contraste entre as escalas. Os limites dos Sistemas de Relevo são praticamente equivalentes, as grandes diferenças ocorrem em relação às subdivisões propostas neste trabalho. Para a área do Vale do Ribeira, os MDEs foram gerados pela interpolação de cartas topográficas digitalizadas em escalas 1:10.000 e 1:50.000. Como referência de comparação foi utilizado o mapa geomorfológico do estado de São Paulo em escala 1:500.000 publicado pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT). Nesta área ocorrem terrenos cársticos, facilmente identificados devido a características físicas marcantes que divergem consistentemente do restante da área, principalmente no que diz respeito ao padrão de drenagens, amplitude e declividade. Em relação ao mapa do IPT, a área de ocorrência destes terrenos cársticos se sobrepõem, porém, a caracterização feita pela análise morfométrica permite uma descrição mais relevante dos parâmetros que podem ser usados para definir o carste. A metodologia para mapeamento geomorfológico proposta neste projeto é avaliada como apropriada para a elaboração de mapas tanto em escalas regionais (área 1) como em escalas de detalhe (área 2). A facilidade, agilidade e viabilidade de execução a tornam de alto custo/benefício. A importância da comparação entre os mapas preexistentes foi demonstrar a possibilidade de efetuar um mapeamento morfológico de escala regional ou de detalhe em áreas de abrangência regional desde que existam dados para tanto. Apresentam um resultado final confiável devido à grande semelhança observada com os mapas anteriores, elaborados por metodologias tradicionais compostas por fotointerpretação e excursões de campo.
Título em inglês
not available
Palavras-chave em inglês
not available
Resumo em inglês
This work presents a geomorphological mapping of two study areas in Brazil. The methodology applied is based primarily on morphometric analysisi of Digital Elevation Models (DEMs), while classical methods focus on photo interpretation. The first area is located at Rio Grande do Norte State (northern Brazil) and encompass the city of Natal and a large portion of the state's North and East shoreline. The second area is southeastern Brazil, South of São Paulo State, in the upper valley of Ribeira River. Data derived from the DEM include hypsometry, slope gradient, slope aspect, vertical and horizontal curvatures, amplitude, elongation and wavelength. These parameter were used along with slope shape and drainage patterns, to divide and classify the landforms. This compartimentation was performed following the 'Relief Systems' method, in which portions of the landscape that presents similar physical characteristics are grouped from regional (low detail) to local (high detail) scales: Systems, Units and Relief Elements. The Rio Grande do Norte study was mapped from 90m-resolution SRTM DEMs, resulting in a local geomorphological mapa t 1:150,000 scale. The results are very similar to the 1:1,000,000 geomorphological ma p from RADAMBRASIL, despite the scale contrast boundaries of Relief Systems are almost the same, and major differences are on the subdivisions (Units and Relief Elements) presented in this work. DEMs for the Ribeira River Valley area were constructed by interpolation of digitised contour maps at 1:10,000 and 1:50,000 scale. The geomorphological map of São Paulo State at 1:500,000 scale, published by Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), was used as a reference for comparison of the results obtained. In this area, karstic terrains occur and are easily identified due their striking characteristics of drainage patterns, amplitude and slope gradient. The area of occurence of these terrains as defined in this work and in the IPT map do overlap, although the morphometric analysis allows a better description of the parameters that can be used to define the karst areas. The proposed methodology is considered suitable for geomorphological mapping in regional or local/detailed scales, with a good cost/benefit ratio due its easiness and agility in application. The comparisons with preexisting maps support the possibility of executing a regional morphological mapping or even a detailed mapping in large scale areas, as long as the data resolution allows it. The final results show great similarity with maps created with classical methodologies involving photo interpretation and fieldwork.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Mestrado_Guilherme.pdf (45.05 Mbytes)
Data de Publicação
2015-11-26
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • GARCIA, G. P. B., e GROHMANN, CARLOS HENRIQUE. Proposta metodológica para elaboração de um mapa geomorfológico em escala regional a partir de Modelos Digitais de Elevação (MDE). In 47 Congresso Brasileiro de Geologia, Salvador, 2014. Anais do 47 Congresso Brasileiro de Geologia., 2014. Resumo.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.