• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.44.2002.tde-30092015-110432
Documento
Autor
Nome completo
Leandro Menezes Donatti
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2002
Orientador
Banca examinadora
Giannini, Paulo César Fonseca (Presidente)
Assine, Mario Luis
Riccomini, Claudio
Título em português
Faciologia, proveniência e Paleogeografia das Formações Pirambóia e Botucatu no estado do Paraná
Palavras-chave em português
Estratigrafia
Geologia histórica
Resumo em português
Através da análise de fácies dos arenitos das formações Pirambóia, Botucatu e Serra Geral nos estados do Paraná e extremo sul paulista (Piraju), subdividiram-se os depósitos estudados em quatro associações faciológicas com posicionamento estratigráfico distinto. Da base para o topo, estas associações correspondem a: A) lençóis de areia em planície de maré, B) campo de dunas costeiro com planícies interdunares inundadas, C) planície aluvial com rios entrelaçados e dunas eólicas incipientes e D) campo de dunas seco. As três primeiras associações caracterizam o registro de um sistema deposicional eólico úmido (isto é, cujo nível freático esteve próximo à superfície), o sistema deposicional eólico úmido Pirambóia. O nível freático elevado neste sistema pode ser atribuído à proximidade da paleocosta. A quarta associação de fácies, de campo de dunas seco, sobrepõe-se abruptamente aos depósitos flúvio-eólicos do sistema Pirambóia e corresponde ao sistema deposicional eólico seco Botucatu. O contraste entre os sistemas eólicos Pirambóia (úmido) e Botucatu (seco) é um critério importante para definir a inconformidade regional que separa os depósitos destes dois sistemas eólicos. O sistema seco teria sido interrompido por uma superfície de extensão regional, bacinal, ligada à manifestação do vulcanismo Serra Geral. Os resultados granulométricos confirmam a fácies de arenito grosso a conglomerático (ACg) como traço marcante da metade superior do registro do sistema Pirambóia. Os resultados de petrografia, MEV/EED e contagem de minerais pesados caracterizam a tendência para maior maturidade química e grau de cimentação dos arenitos Botucatu. A abundância de cimento de esmectita nos arenitos dos dois sistemas pode ser considerada um indício de ambiente de diagênese precoce com pouca água em circulação. Óxidos de ferro associados, principalmente no sistema Botucatu, apontam para cimentação na zona de aeração, portanto em condições de paleolençol freático baixo. A presença de paligorskita em fácies subaquosas do topo dos arenitos Pirambóia indica que condições evaporíticas já imperavam no final do sistema eólico úmido. As condições tectônicas, entretanto, não teriam permanecido constantes, perdendo na instalação do sistema Botucatu, o grau de atividade demonstrado no desfecho do sistema Pirambóia. A distribuição geográfica das fácies e dos vetores modais de azimute de estratificações cruzadas eólicas permite interpretar a existência de dois influxos no sistema Pirambóia, um continental, proveniente de Norte, e outro, costeiro, de Sul. A convergência dos rumos de paleoventos poderia estar associada à existência de um paleoalto na região de lineamento de Guapiara. Já o sistema Botucatu teria sido dominado por influxo voltado para SW e SE, com aumento de dispersão no topo.
Título em inglês
Not avilable.
Palavras-chave em inglês
Not available.
Resumo em inglês
The sandstones of the succession Pirambóia - Botucatu - Serra Geral (Paleozoic-Mesozoic Paraná Basin, Southeastern Brazil), in the Paraná State, was subdivided into four facies associations. From the base for the top, these associations correspond to: A) Sand sheets on tidal plain, B) Coastal dunefields with flooded interdunes, C) Alluvial plain with braided rivers and small eolian dunes, and D) Dry dunefields. The first three associations record a wet eolian depositional system (that is, a system whose freatic level was close to the surface), the Pirambóia system. The high freatic level in this system can be attributed to the proximity of the paleocost. The fourth facies association, of dry dunefields, is put abruptly upon to the Pirambóia fluvio-eolian deposits. It corresponds to the Botucatu dry eolian depositional system. The contrast between the Pirambóia (wet) and Botucatu (dry) eolian systems is an important criterion to define the regional unconformity that separates the sandstones of these two systems. The dry system would have been interrupted by a surface of bacinal extensional, associated with the manifestation of the Serra Geral volcanism. The grain-size results confirm the coarse to conglomeratic sandstone facies (ACg) as the main feature of the superior half of the Pirambóia system. The petrographic, SEM/EDS and heavy minerals results characterize the tendence for greater chemical maturity and cementation degree of the Botucatu sandstones. The abundance of smectite cement in the sandstones of the two systems is an indication of eodiagenesis with scarcy circulating water. Iron oxides, present mainly in the Botucatu sandstones, can be related to cementation in the vadose zone, therefore in conditions of low freatic level. The poligorskite presence in subaqueous facies of the top of the Pirambóia sandstones indicates that evaporitic conditions were already present in the end of wet eolian system. The tectonic conditions would not have stayed constant, losing, in the installation of the system Botucatu, the activity degree demonstrated in the ending of the Pirambóia system. The geographical distribution of the facies and of the modal dip directions of eolian cross-beddings allow to interpret the existence of two eolian influxes in the Pirambóia system, a continental influx, from North, and a coastal one, from South. The convergence of these paleowind directions could be associated with the existence of a high area along the Guapiara alignment. The Botucatu system would have been dominated by influ7x towards SW and SE, with increasing dispersion to the top.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Donatti_mestrado.pdf (23.63 Mbytes)
Data de Publicação
2015-09-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.