• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.44.1997.tde-28102015-142657
Documento
Autor
Nome completo
Harmi Takiya
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1997
Orientador
Banca examinadora
Landim, Paulo Milton Barbosa (Presidente)
Ab'Saber, Aziz Nacib
Melo, Mario Sergio de
Riccomini, Claudio
Turcq, Bruno Jean
Título em português
Estudo da sedimentação Neogênico-Quaternário no município de São Paulo: caracterização dos depósitos e suas implicações na geologia urbana
Palavras-chave em português
Geologia ambiental
Sedimentologia
Resumo em português
São Paulo, uma das maiores cidades do planeta, assenta-se sobre terrenos colinosos da Bacia Sedimentar de São Paulo adentrando também terrenos pré-cambrianos de morros e morrotes ao Norte a o Sul do Município. Os depósitos sedimentares e formações superficiais da Bacia de São Paulo vem sendo estudados por diversos autores contribuindo para o acúmulo de conhecimentos - que se mostra atualmente em estágio adiantado -, inclusive do ponto de vista geotécnico. O presente trabalho aborda alguns aspectos significativos desse conhecimento, particularmente no que diz respeito à determinação geocronológica e paleoclimática das coberturas aluviais e coluviais quaternárias, ao comportamento geotécnico dos materiais e da ocorrência de situações de risco geológico-geotécnico relacionados aos depósitos coluviais. Os depósitos aluviais no Município de São Paulo têm expressiva ocorrência na área, apresentando-se frequentemente cobertos por camadas de aterro. As idades obtidas sugerem duas fases principais de desenvolvimento de planícies aluviais na área, nos períodos compreendidos: 1) entre 32.000 e 18.000 anos AP ; e 2) entre 10.000 anos AP e o presente. A análise palinológica apontou paleoclima seco há cerca de 8.000 anos AP e condições climáticas mais úmidas, próximas das atuais há cerca de 4.000 anos AP. Já os colúvios, embora pouco descritos na literatura, são depósitos presentes em toda área, sendo melhor estudados na Zona Sul do munícipio. Na maioria das vezes esses depósitos apresentam stone lines constituídas predominantemente por quartzo, quartzito e fragmentos laterizados, as quais podem representar condições climáticas mais secas. Localmente foram observadas três fases de deposição. As datações radiocarbono efetuadas em fragmentos de carvão situados no topo dos depósitos de colúvio apontaram duas fases de coluvionamento, há 610 '+OU-' 80 anos AP e há 3000 '+OU-' 140 anos AP. Quanto aos depósitos da Formação Itaquaquecetuba, embora análises palinológicas indiquem idade eomiocênica, considera-se que essa questão ainda não se encontra suficientemente elucidada. A análise tectônica da área foi efetuada considerando-se informações indiretas, através de mapa de gradientes hidráulicos. Tais mapas sugerem a possibilidade de atuação de atividades neotectônicas (reativações) em estruturas já definida por outros autores, além de lineamentos com direção NE-SW e NW-SE a sudoeste da área. Quanto ao comportamento geotécnico dos depósitos analisados, ressalta-se que a classificação dos solos efetuada pelo método MCT (método expedito - 4ª aproximação) mostrou-se bastante efetiva. Os sedimentos argilosos intemperizados da Formação Resende apresentaram predominantemente comportamento laterítico; entretanto os sedimentos da Formação São Paulo exibiram comportamento não laterítico mostrando características mais favoráveis dos primeiros ao uso em obras viárias. Em relação aos depósitos quaternários verifica-se que os colúvios apresentam, em sua grande maioria comportamento laterítico. No entanto deve-se ressaltar que in situ exibem grande susceptibilidade à erosão, quando saturados. São apresentados ainda estudo de casos em áreas de risco geológico - geotécnico envolvendo escorregamentos associados à ocorrência de colúvios, exemplificando uma das aplicações da presente pesquisa.
Título em inglês
Not available.
Palavras-chave em inglês
Not available.
Resumo em inglês
The city of São Paulo, one of the largest in the world, is located in a sedimentar basin. Covering sedimentary deposits of the São Paulo Basin have been studied by several authors reaching up now a considerable stage of knowing, including geotechnical approaches. Palinological studies indicate lower Miocene age for Itaquaquecetuba Formation, but some more evidences are needed to prove it. In the studied area, that means São Paulo County, alluvial deposits have expressive occurrence mainly covered by embankment layers. For the origin of the deposits it is suggested two principal phases of development of alluvial plains: from 32,000 years to 18,000 years BP and 10,000 years from now. Palinological analysis point out dry climate about 8,000 years BP and more humid conditions, like nowadays, about 4,000 years ago. Colluvial deposits are very common all over the area, but with low citations in the geological literature. They are exhibited mainly in southern part of the area. In the majority of the locations show stone lines constituted by quartz, quartzite, and limonitized lithic fragments. The former could indicate drier climatic conditions. Locally it was observed three phases of deposition. Radio-carbon datation from coal collected at the upper part of the colluvial deposits point out two phases: 610 '+ OU -' 80 years ago and 3,000 '+ OU -' 140 years BP. The tectonic analysis was made throughout indirect information based on hydraulic gradient maps, due to lack of outcrops. Such maps indicate neotectonic processes by reactivation of old structures, already defined by others authors, and new ones as the NE-SW and NW-SE lineaments. The "domino" features observed in the northern part of the area could indicate dextral strike-slip faults recent in age. Concerning the geotechnical behavior of the deposits the soil classification, using the MCT method, were plenty effective with the weathered clay sediments from the Resende Formation showing a lateritic behavior. The São Paulo Formation sediments showed a non lateritic behavior, meaning a mor favorable condition for use in road construction. Quaternary colluvial deposits show in the majority of the cases lateritic behavior. However "in situ" display, when saturated, great sucebility to erosion. From an urban geology point of view it was applied geological and geotechnical data to case studies and it was find out that the major environmental problems, as slumps, are close related to colluvial deposits.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Takiya_Doutorado.pdf (23.17 Mbytes)
Data de Publicação
2015-10-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.