• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.44.2005.tde-18092015-142827
Documento
Autor
Nome completo
Alexandre Magno Feitosa Sales
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Simões, Marcello Guimarães (Presidente)
Anelli, Luiz Eduardo
Carvalho, Ismar de Souza
Lima Filho, Francisco Pinheiro
Petri, Setembrino
Título em português
Análise tafonômica das ocorrências fossilíferas de macroinvertebrados do Membro Romualdo (Albiano) da Formação Santana, Bacia do Araripe, NE do Brasil: significado estratigráfico e paleoambiental
Palavras-chave em português
Estratigrafia
Fósseis invertebrados
Paleoambientais
Tafonomia
Resumo em português
O estudo tafonômico de concentrações fossilíferas de macroinvertebrados da parte superior da Formação Santana (Cretáceo), litoestratigraficamente equivalente ao Membro Romualdo, da Bacia do Araripe é o tema central da presente pesquisa. A abordagem tafonômica empregada para os depósitos da Bacia do Araripe distingue-se pela integração de ferramentas tafonômicas, estratigráficas e petrográficas. Os depósitos estudados contêm, predominantemente, fósseis de conchas de moluscos (gastrópodes e bivalves), às vezes, em associação com carapaças de equinóides e seus fragmentos. A análise tafonômica permitiu o reconhecimento de quatro tipos distintos de concentrações fossilíferas, ou seja: (a) tempestitos proximais, (b) tempestitos distais, (c) concentrações autóctones (primariamente biogênicas) e (d) resíduos transgressivos. Tais concentrações e depósitos associados foram gerados, em sua grande maioria, a partir de múltiplos eventos de tempestade. Assim sendo, muitos dos tempestitos estudados correspondem a concentrações do tipo "thousand year multiple-event concentrations". A deposição das assembléias fossilíferas acima mencionadas ocorreu, possivelmente, a partir de um gradiente de águas rasas e profundas (abaixo do nível de base das ondas de tempestade), conforme evidenciado pela ocorrência de fósseis em posição de vida (concentrações autóctones). A análise petrográfica mostra que, texturalmente, os depósitos correspondem a wackestones pakstones bioclásticos, com predomínio de cimento calcítico microesparítico. A atuação dos processos diagenéticos levou, principalmente, à dissolução das conchas. Já a micritização preservou a forma e os tamanhos originais dos bioclastos. Na seqüência sedimentar estudada, as concentrações fossilíferas ocorrem em quatro momentos distintos, compreendidos em ciclos sucessivos de 3ª ordem. Os fósseis presentes nas concentrações fossilíferas estudadas sugerem paleoambiente transicional (lagunar), associado às incursões albianas, indubitavelmente marinhas, com microfósseis (dinoflagelados Substilisphaera) e macrofósseis (equinodermatas Pygurus e Faujasia) de caráter marinho. Proveniências vindas (a) da Bacia Intracratônica do Parnaíba, na porção noroeste do atual nordeste brasileiro, registrando a presença de depósitos marinhos na área de Codó; (b) da Bacia Potiguar, na porção nordeste, com os depósitos marinhos da Bacia de Malhada Vermelha, através do "Graben" Pendência, (entre as bacias Potiguar e Araripe) e, finalmente, (c) da Bacia de Sergipe-Alagoas e porção norte da Bacia Tucano-Jatobá, sugerem polêmica ainda com relação a um possível mapa paleogeográfico preciso, apontando as direções das conexões marinhas da Bacia do Araripe, durante o Cretáceo.
Título em inglês
Not available.
Palavras-chave em inglês
Not available.
Resumo em inglês
The taphonomical study of the shelly assemblages of the upper portion of the Santana Formation (Cretaceous), Romualdo Member, Araripe Basin, is the main goal of this research. The used approach for the Araripe Basin deposits differs of previous ones by the integration of taphonomical, stratigraphical and petrographical tools. Shells and shell fragments of mollusks (gastropods and bivalves), sometimes associated to echinoderm remains are the main macrobenthos in the studied deposits. Taphonomic analysis allowed recognizing four different types of fossil concentrations: (a) proximal tempestites, (b) distal tempestites, (c) autochthonous concentratinos (primarily biogenic) and (d) lag concentrations. These concentrations and associated deposits were mostly generated by multiple storm events. Hence, the studied tempestites are mostly represented by "thousand year multiple-event concentrations". The above mentioned fossil concentrations were generated along a bathymetric gradient ranging from shallow to deep (below storm wave base) waters. This was indicated by the occurrence of invertebrate macrofossils preserved in life position (autochthonous concentrations). Texturally, the studied fossil concentrations are bioclastic wackestones-packsfones, mainly with microsparitic calcite cement. Dissolution was the main diagenetic process. On the other hand, micritization allowed the preservation of original shell shape and size. ln the studied sedimentary sequence, the skeletal concentrations occur in four different moments, in successive third order cycles. The fossils in the studied assemblages indicate a transitional (lagoonal) paleoenvironment, punctuated by Albian marine ingressions, as indicated by the presence of microfossils (dinoflagellates,Subfilisphaera) and macrofossils (echinoderms Pygurus and Faujasia). These ingressions may come from several possible seaways, such as (a) the intracratonic Parnaíba Basin, recording marine deposits in the Codó area, (b) the Potiguar Basin, in the northeastern portion, with marine deposits of the Malhada Vermelha, through the Pendência Graben (between the Potiguar Basin and Araripe Basin), and finally through (c) the Sergipe-Alagoas Basin, and the northern portion of the Tucano-Jatobá Basin. ln this context, a precise paleogeographic map pointing out the directions of the Cretaceous seaways of the Araripe Basin can not be accurately depicted, yet.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Sales_Doutorado.pdf (16.40 Mbytes)
Data de Publicação
2015-09-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.