• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.44.1996.tde-15102015-092145
Documento
Autor
Nome completo
Ivone Silveira da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1996
Orientador
Banca examinadora
Toledo, Maria Cristina Motta de (Presidente)
Mozeto, Antonio Aparecido
Szikszay, Mária
Título em português
Distribuição vertical e fracionamento químico de fósforo em sedimentos do Rio Tiete (região de Pirapora do Bom Jesus, São Paulo)
Palavras-chave em português
Brasil
Geologia
Sedimentologia
Resumo em português
Esta dissertação de mestrado versa sobre o estudo da distribuição vertical de fósforo em sedimentos fluviais, tomando-se como estação piloto, três pontos (P1, P2 e P3) ao longo do rio Tietê, na região de Pirapora do Bom Jesus, São Paulo, Brasil. A distribuição vertical de P nos sedimentos foi estabelecida com base na análise química das frações deste elemento que foram, correlacionadas à granulometria, mineralogia e teores de ferro, alumínio e cálcio. Os teores de P total variam para o ponto P1 de 1946 a 5002 mg/kg; em P2, de 1013 a 3314 mg/kg e em P3, de 184 a 5486 mg/kg (n= 11 para cada ponto). A fração de P de maior significado no ambiente é o P associado ao ferro e ao alumínio (P-Fe/Al) que representa aproximadamente 70% do P (frações orgânica + inorgânica), enquanto que a fração associada ao cálcio (P-Ca) compreende cerca de 13% e o P orgânico (Porg) cerca de 15%. Os três pontos de amostragem apresentam um comportamento bastante semelhante na distribuição das frações de P, diminuindo os teores com o aumento da profundidade. Os minerais encontrados nos sedimentos são comuns em rochas e solos: felsdspato, quartzo e mica, destacando-se a presença pronunciada de caulinita, além de vermiculita. Também foram diagnosticados calcita, gipsita e barita, sendo que estes dois últimos evidenciam a influência de compostos de enxofre no ambiente estudado. A análise granulométrica revelou uma boa correlação entre a fração silte dos sedimentos e as frações de P. Estas não foram associadas à fração argila, porém correlacionaram-se negativamente à fração areia. Os metais determinados (Fe, Al e Ca), assim como os teores de matéria orgânica (MO) são significativamente correlacionados às frações de P dos sedimentos e apresentam um comportamento semelhante para os três pontos estudados, diminuindo suas concentrações como o aumento da profundidade. As mais altas razões ('P-PO IND. 4' 'POT. 3-' : metal) entre o P e os metais analisados foram diagnosticados para Al, seguidas pelo Fe e Ca. As concentrações de Fe nos sedimentos são muito mais elevadas em relação ao Al e ao Ca. Estas observações indicam que as águas do rio Tietê na região estudada estão extremamente saturadas não só por P, mas também metais (Fe, Al e Ca) além de compostos orgânicos, visto que os tratamentos químicos utilizados para as amostras de sedimentos liberaram os metais fracamente ligados aos sedimentos (extração com HCI 0,5N), o teor de MO foi obtido com ataque das amostras com água oxigenada e a fração de P de maior significado em termos de disponibilidade para a coluna d'água é o P-Fe/Al que representa a maior parte do fósforo total nos analisados sedimentos.
Título em inglês
Not available.
Palavras-chave em inglês
Not available.
Resumo em inglês
The aim of this máster thesis in the study of phosphorus vertical distribution in fluvial sediments, at a pilot station, consisting of three points (P1, P2 and P3) along the Tietê river, in the region of Pirapora do Bom Jesus, São Paulo, Brazil. The P vertical distribution in the sediments was established based on chemical analysis of fractions of this element that were, correlated to granulometry, mineralogy and iron, aluminium and calcium contents of the sediments. The total P contents range from 1646 to 5002 mg/kg for P1, from 1013 to 3314 mg/kg for P2 and from 184 to 5486 mg/kg for P3 (n = 11 for each point). The major P fraction of the environment has been the one associated with iron and aluminium (P- Fe/Al). That amount represents approximately 70% of the total P (organic + inorganic fractions), while the fraction associated with calcium (P-Ca) is about 13% and that of organic P (Porg) about 15%. The three sampling points show a very similar behavior in the P fractions distribution, reducing the contents with the depth increase. The minerals found in the sediments are common in rocks and soils: feldspar, quartz and mica, emphasizing the presence of kaolinite, besides vermiculite. It is important to mention the presence of calcite, gypsum and barite, too last show the influence of Sulphur compounds in the studied environment. The granulometric analysis showed a good correlation between both, silt and P fractions. The P could not be correlated to clay fraction in the sediments and showed a negative correlation to sand fraction. The determined metais (Fe, Al and Ca) and the organic matter (MO) contents are significatively correlated to the P fractions in the sediments and show a similar behavior for the three studied points, reducing their concentrations with the depth increase. The highest rates (P-PO IND. 4' 'POT. 3-' : metal) between P and analysed meatls are the one with Al, followed by Fe and Ca. The Fe concentrations in the sediments are higher than the Al and Ca ones. This observations show that the waters od Tietê river in the studied region are extremely satured no t only by P, but for metals (Fe, Al and Ca), besides organic compounds. The chemical treatments used for sediments samples released the metals weakly bound to sediments (extraction with HCl 0,5 N), the MO content was obtained with attack of samples with oxygen peroxide and the main P fraction in the environment in terms of availability for water column is the P-Fe/Al that represents the major total P in the analysed sediments.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Silva_Mestrado.pdf (4.58 Mbytes)
Data de Publicação
2015-10-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.