• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.44.2001.tde-04022015-095520
Documento
Autor
Nome completo
Celso Aluisio Graminha
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2001
Orientador
Banca examinadora
Melfi, Adolpho Jose (Presidente)
Cooper, Miguel
Lamotte, Mathieu
Título em português
Caracterização morfológica, química e mineralógica de microagregados de um latossolo roxo de Iracemápolis, SP e de Pelotas produzidas por Cupins
Palavras-chave em português
Cupim
Manejo do Solo
Resumo em português
A partir da década de 70, muitos pesquisadores descreveram semelhanças morfológicas, químicas e mineralógicas entre os microagregados de grande parte dos solos ferralíticos das regiões tropicais e as pelotas produzidas pelos cupins de solo, utilizadas para a construção do cupinzeiro. Tanto microagregados como pelotas apresentam-se como microestruturas com formas esferoidais a ovoidais e dimensão que varia de 0,5 a 3 mm, com textura argilosa e composição mineralógica predominante de caolinita, gibbsita, oxihidróxidos de Ferro e grãos de esqueleto dispersos em uma matriz porfírica. No Brasil, o Latossolo representa importante classe de solos, sendo peculiar o fato de apresentar o horizonte B com forte estrutura microagregada, muito estável e cuja gênese ainda não está completamente esclarecida. De outro lado, os cupins contribuem de forma intensa para os processos pedogenéticos dos solos tropicais por meio da remoção e concentração de partículas mineral e orgânica. Este trabalho teve como objetivo caracterizar os microagregados de um Latossolo Roxo e verificar se ocorrem relações entre estes e as pelotas produzidas por cupins de larga ocorrência no estado de São Paulo. Foi realizada uma caracterização morfológica, química e mineralógica dos microagregados em um perfil de Latossolo Roxo na região de Piracicaba, bem como caracterização das pelotas produzidas por dois gêneros de cupins, Cornitermes e Syntermes, no campo e no laboratório. Os resultados mostram que no Latossolo ocorrem dois tipos principais de microagregados sendo um tipo maciço (sem subestrutura) e outro tipo composto (com subestrutura), em formas subesferoidais e contornos subarredondados a subangulosos, com dimensão predominante de 0,15 a 1 mm. A ação dos cupins no Latossolo fica evidente pela abundância de feições remanescentes no solo como, fragmentos de canal com ou sem preenchimento, marcas de remoção de argila impressas na superfície de) feições argilosas, encontradas em todo o perfil (0-200 cm). As pelotas dos cupins, tanto de campo como de laboratório são muito similares na forma, ocorrendo um tipo maciço e um tipo composto (com subestrutura) com fábrica interna porfírica. A dimensão das pelotas varia entre 0,5 a 2,5 mm e indica uma relação direta com o tamanho da espécie produtora. Os resultados permitem concluir que o Latossolo apresenta diferentes tipos de microagregados, relacionados a gêneses distintas e refletindo processos complexos de evolução deste solo. A atividade de cupins é presente como um fator de transformação, sobretudo pela mistura e homogeneização de materiais no solo estudado.
Título em inglês
Not available.
Palavras-chave em inglês
Not available.
Resumo em inglês
Since last 70 decade, many researchers have been describing morphological, chemical and mineralogical similarities among micro-aggregates assemblages under red or ferralitic soils of tropical areas and pellets produced by soil feeding termites during their constructive habits (nests, channels, chambers). Both micro-aggregates and pellets showed high stable assemblages with ovoidal to esferoidal shapes, roundness and diameter ranging from 0,5 to 3mn\ with clay texture and mineralogical constitution with caolinite, gibbsite, oxihidroxide iron, and skeleton minerals in a porphiric fabric. In Brazil, an important soil class, the Oxisol, shows a very strongly and stable microaggregated struoture on B horizon, whose formation process is not completely understood at the present moment. On the other hand, termites produce intensive pedogenetic process in tropical soils through removal and concentration of minerals and organic particles. Our work focus on characterization of a Oxisol profile and verify possible relationships among some micro-aggregates with termitic origin, specially termites with large geographical distribution on São Paulo Stafe. To obtain this objective, was done a morphological, chemical and mineralogical characterization of Oxisol micro-aggregates profile, located in lracemápolis, at Piracicaba region. The same methodology was used to charactet',ze pellets produced by Cornitermes e Syntermes, colleoted in the field and produced in laboratory. Our results show us differences in micro-aggregates assemblages in Oxisol profìle, probably due to distinot genesis related with complex soil evolution process. Bio-aggregation by termites was evidencied on the Oxisol profile by pedologic features remains, like chamber and channel pedotubules along the profile (0-200cm) and by the high morphological and mineralalogical similarity of some micro-aggregates assemblages, whioh permit to conclude that termitic activity is an importante factor to the pedoplasmation and pedoturbation as dinamic agents of these soil transformation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-02-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.