• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.44.1998.tde-25092015-162321
Documento
Autor
Nome completo
Geraldo Hideo Oda
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1998
Orientador
Banca examinadora
Mendes, José Milton Benetti (Presidente)
Rebouças, Aldo da Cunha
Sinelli, Osmar
Título em português
Contribuição à hidrogeologia da região entre Salto de Pirapora e Itu (SP): análise da produtividade, ocorrência e circulação das águas subterrâneas dos Sistemas Aqüíferos Tubarão e Cristalino
Palavras-chave em português
Hidrogeologia
Resumo em português
O presente trabalho visou a análise da produtividade de poços tubulares, e o conhecimento das condições de ocorrência da água subterrânea e da geometria dos sistemas aqüíferos, com o intuito de subsidiar o gerenciamento dos recursos hídricos subterrâneos. A área estudada engloba os limites jurisdicionais dos municípios de Sorocaba e de Itu, e toda a extensão da Folha de Salto de Pirapora (1:50.000). Foram utilizados 576 poços que explotam água dos sistemas aqüíferos Tubarão e Cristalino na borda leste da Bacia Sedimentar do Paraná, na faixa de transição entre a Depressão Periférica Paulista e o Planalto Atlântico. O Sistema Aqüífero Tubarão ocorre na parte ocidental da área, ocupando cerca de dois terços da mesma, e sobrepõe-se aos Sistema Aqüífero Cristalino que aflora somente no terço restante oriental da área estudada. O Sistema Aqüífero Tubarão corresponde aos sedimentos do Subgrupo Itararé enquanto que Sistema Aqüífero Cristalino é representado predominantemente por metassedimentos do Grupo São Roque, rochas granitóides diversas e gnaisses do Complexo Itapira. Na análise global dos valores médios de capacidade específica dos poços, o Sistema Aqüífero Cristalino (0,44 'm POT.3'/h/m) apresentou-se como o mais produtivo, sendo sua capacidade de produção cerca de três vezes superior a do Sistema Aqüífero Tubarão (0,14 'm POT.3'/h/m). Os poços que explotam ambos sistemas aqüíferos (poços mistos) com 0,30 'm POT.3'/h/m (dobro do tubarão), classificaram-se numa posição intermediária. A profundidade média dos poços é menor no Cristalino (117m), seguido dos poços do Sistema Aqüífero Tubarão (136 m) e mais profundos nos poços mistos (145 m). Como resultado da análise efetuada, foram definidas 12 zonas de produtividade similar, que reúnem características hidrogeológicas e/ou condições de ocorrência de água subterrâneas distintas. A maioria destas zonas, foi subdividida em 2 ou 3 subzonas, totalizando 22 compartimentos. A zona 1, com a maior capacidade específica média (0,77 'm POT.3'/h/m), apresenta um grande número de "poços mistos", e localiza-se na região sudoeste do município de Sorocaba. A zona mais produtiva encontrada no Sistema Aqüífero Tubarão, com poços que explotam exclusivamente este sistema, situa-se na porção noroeste da área estudada, no Município de Itu, apresentando capacidade específica média de 0,28 'm POT.3'/h/m (zona 5). A análise do Mapa Potenciométrico, que representa o fluxo regional, indicou fluxos preferenciais com direções variadas, porém, rumando para as drenagens principais da área estudada, definindo um modelo de aqüífero de circulação rápida. Em relação aos condicionantes hidrogeológicos, verificou-se que as melhores produtividades foram obtidas em poços localizados junto aos lineamentos de drenagem de direções entre N-S e NW. Nos poços do Sistema Cristalino e naqueles que explotam ambos os sistemas aqüíferos (poços mistos), os melhores resultados foram obtidos nas feições geomorfológicas do tipo vale. Para os poços que explotam o Sistema Aqüífero Tubarão os melhores resultados foram obtidos em poços localizados nas feições geomorfológicas do tipo vertente. Para o Sistema Aqüífero Tubarão foram encontradas as seguintes espessuras: aproximadamente 300m (máxima) a oeste de Itu e noroeste de Sorocaba; entre 100 e 150 m na Folha de Salto de Pirapora e também na porção sul do Município de Sorocaba: e cerca de 50m em Araçoiaba da Serra. Após a análise da disponibilidade, e de consumo de água subterrânea, foram obtidos os seguintes resultados (válidos para o início da década de 90): 1 - no município de Salto de Pirapora, ainda existia uma disponibilidade positiva de 133,6 'm POT. 3'/h; 2 - em Itu havia um equilíbrio entre a disponibilidade e o consumo; 3 - o Município de Sorocaba já registrava desequilíbrio acentuado. Dos 386 poços com informações sobre o estado de conservação, registraram-se 291 ativos e 95 inativos. Dos inativos, foram encontrados: 31 abandonados (sem perspectiva de uso futuro); 35 desativados; 18 parados; 5 soterrados; e 6 ainda não instalados.
Título em inglês
Not available.
Palavras-chave em inglês
Not available.
Resumo em inglês
The purpose of this work was to analyse the productivity of wells, to know the groundwater conditions and the geometry of aquifer systems, in order to subsidize the management of groundwater resources. The studied area comprehends the municipalities of Sorocaba and Itu, and the total extension of the Salta de Pirapora cartographic map (IBGE, 1:50,000 scale). A database of 576 wells was used for this work. Those wells exploit groundwater from the Tubarão and Cristalino aquifer systems and they are located on the estern side of Paraná Sedimentary Basin, in the transition area between the Depressão Periférica Paulista and the Atlantic Plateau. The Tubarão Aquifer System occur on the Western side of the area, occupying about two-thirds of it and overlaps the Cristallino Aquifer System which outcrops only in one-third of the Eastern side of the studied area. The Tubarão Aquifer System corresponds to the sediments of Itararé Subgroup while the Cristalino Aquifer System is represented mainly by metassediments of São Roque Group, varios granitic rocks and gneisses of the Itapira Complex. The best results on average well specific capacity refer to the Cristalino Aquifer System (0.44 m³/h/m). Wells that exploit both Tubarão and Cristalino aquifers correspond to intermediate values of average specific capacity (0.30 m³/h/m) and the lowest results refer to the Tubarão Aquifer System (0.14 m³/h/m). The average well depth corresponds to 117 m in the Cristalino Aquifer, to 136 m in the Tubarão Aquifer and to 145 m in wells exploiting both aquifers. The analysis allowed the delimitation of 12 zones of similar groundwater productivity based on the hydrogeologic characteristics as well as on the type of groundwater occurrence. Most of these zones were subdivided in 2 or 3 subzones which resulted in a total of 22 compartments. The highest value of average specific capacity (0.77 m³/h/m) refers to Zone 1 which is situated on the southwestern area of the municipality of Sorocaba, and it involves a large number of wells that exploited both aquifers. The highest values of groundwater productivity, referring to wells that exclusively exploit the Tubarão Aquifer System, occur in the northwestern area of the municipality of Itu (Zone 5 - average specific capacity of about 0.28 m³/h/m). The potential Aquifers Map represents the regional groundwater flow in which varied directions of preferential flow were indicated. However, these flow directions rout out to the main drainage network of the study area which defines a fast circulation aquifer model. The best results for groundwater productivity were obtained from the wells located in the proximity of N-S and NW oriented structural drainage lineaments. For the wells in the Cristalino Aquifer Systems and those exploiting both aquifers the best results were observed in the valleys. For the Tubarão Aquifer System the best groundwater productivity was observed in wells located on slopes. The maximum thickness of the Tubarão Aquifer System is as follows: approximately 300 m in the area of the Salto de Pirapora Cartographic Map and in the southern area of Sorocaba; and around 50 m in Araçoiaba da Serra. The analysis of the regional groundwater consumption and availability concerning the early 90's presented the following results: 1) there was still a positive average availability of about 133.6 m³/h for the Municipality of Salto de Pirapora; 2) consumption and availability in the Municipality of Sorocaba. From the 386 wells in the dataset, 291 were registered as active and 95 as inactive. From those inactive ones, 31 were registered as abandoned, 35 as terminated, 18 as temporarily inactive, 5 as buried and 6 as not yet installed.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Oda__Mestrado.pdf (14.18 Mbytes)
Data de Publicação
2015-09-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.