• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.44.1995.tde-11062015-093350
Documento
Autor
Nome completo
Antonio Joao Paes de Barros
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1995
Orientador
Banca examinadora
Ribeiro Filho, Evaristo (Presidente)
Moreschi, Joao Batista
Schorscher, Johann Hans Daniel
Título em português
Contribuição a geologia e controle das mineralizações auríferas da região de Peixoto de Azevedo-MT
Palavras-chave em português
Brasil
Geologia
Mineralogia
Resumo em português
A sub-província de Peixoto de Azevedo está localizada na região centro norte do Estado de Mato Grosso (Brasil), sendo parte da província aurífera do Tapajós. Os trabalhos de mapeamento geológico permitiram a individualização dentro do Complexo Xingu de duas unidades Lito-estruturais típicas de terrenos arqueanos, caso dos Granitóides Arqueanos e das Zonas de Cisalhamentos Dúcteis. Os Granitóides rqueanos constituem uma assembléia com tonalitos, granodiorítos e quartzo dioritos, gnaissificados, com características similares aos terrenos tipo TTG. As Zonas de Cisalhamentos Dúcteis de direção geral N-NW, foram posicionais e interpretadas dentro do contexto evolutivo dos terrenos arqueanos, sendo consideradas como estruturas subordinadas e vinculadas a binários de deformação regionais de direção W-NW. Tais estruturas constituem zonas preferenciais de deformação, limitando a Província Amazônica Central e condicionando a instalação de bacias tipo Graben durante o Preterozóico Médio. O granito tipo Jurena, posicionado no Proterozóico Inferior está representado principalmente por biotita monzo e biotita granodioritos, per aliminosos a meta-aluminosos, de natureza cálcio-alcalina, com enclaves decomposição diorítica e anfibolítica. O Granito Matupá aflora em área restrita. Os corpos são decomposição granodiorítica a manzogranítica e apresentam-se localmente alterados, com a paragênese transformada por fluidos hidrotermais de notável afinidade aurífera. Dois domínios estruturais foram caracterizados, o Xingu e Iriri. No Domínio Xingu estão impressos os padrões estruturais típicos dos terrenos arqueanos, com zonas de cisalhamentos e lineamentos estruturais orientados preferencialmente segundo a direção NW. O Domínio Iriri tem distribuição mais restrita e ocorre em uma região onde predominam litotipos gerados no contexto do magmatismo Uatumã, com marcante sistema de lineamentos e falhas e falhas de direção geral NE. ) Com relação as mineralizações auríferas foram caracterizados três tipos de depósitos. Os depósitos tipo I constituem corpos filoneanos alojados em fraturas geradas a partir da evolução da deformação progressiva nos vários sistemas de cisalhamentos dúcteis, que afetam principalmente os Granitóides Arqueanos e o Complexo Xingu. Os depósitos tipo II constituem principalmente filões de pequeno porte gerados nas regiões de ocorrência dos Granitos tipo Jurena e Matupá. Os depósitos tipo III constituem mineralizações do tipo disseminado ou stockworks, alojadas em determinadas porções dos granitos tipo Matupá, constituindo massas hidrotermizadas.
Título em inglês
Not available.
Palavras-chave em inglês
Not available.
Resumo em inglês
The Sub-province of Peixoto de Azevedo is located in the north center region of the state of Mato Grosso (Brasil), being part of the gold Province of Tapajós. The geological maping works allowed the individualization in the complex Xingu of two litho-structures units that are typical from archeans terrains case of Archeans Granitoids, and of the Shear Zones Ductiles. The Archeans Granitoids are an assembly with tonalites, granodiorites and quartz-diorites, gnaissic, whose features are similar to the terrains TTG type. The Shear Zones Ductiles, of general trend N-NW, were placed and interpreted in the evolutive context of archeans terrains being considered as subordinate structures and associated to binaries of regional deformations of trend W-NW. These structures are prefered zones of deformation boundering the Central Amazonian Province and conditioning the installation of basins Graben type during the middle proterozoic. The Juruena Granite type placed in the Proterozóico Inferior is represented mainly by biotite rnonzogranites and biotite granodiorites, of calcalkaline nature, with enclaves of dioritic and anfibolitic composition. The Matupá Granite occur in a restrict. The bodies are of granodioritic to monzogranitic composition and show themselves changed, with the paragenesis converted by hidrothermal fluids with notable golden afinity. Two structural dominions were characterizated, the Xingu and lriri. In the Xingu Dominion the structural patterns of archeans terrains are printed with shear zones and lineations structures guided mainly according to NW trend. The Iriri Domínion has a more restrict distribution and occur in a region where lithotypes predominate in the context of magmatits Uatumã, striking with intense system of lineations and falts of NE general trend. Concerning to the golden mineralizations, three kinds of deposits were characterizated. The deposits type I constitute lode corps placed in fractures originated from the evolution of progressive deformation in the several systems of shear ductiles which affect mainly the Archeans Granitoids and the Complex Xingu. The deposits type II are mainly lodes of small size produced in the regions of granites type Juruena and Matupá occurences. The deposits type III are mineralizations kinds of disseminate or stockworks, placed in certain parts of Matupá Granites type, constituing hidrothermal masses.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Barros_mestrado.pdf (19.12 Mbytes)
Data de Publicação
2015-06-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.