• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.44.1979.tde-06082015-153402
Documento
Autor
Nome completo
Alberto Pio Fiori
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1979
Orientador
Banca examinadora
Landim, Paulo Milton Barbosa (Presidente)
Bettencourt, Jorge Silva
Cordani, Umberto Giuseppe
Qualifik, Paul
Sadowski, Georg Robert
Título em português
Geologia da região de Pouso Alegre - Machado: análise estrutural de dobramentos superpostos
Palavras-chave em português
Dobramentos superpostos
Geologia estrutural
Pouso Alegre-Machado
Resumo em português
Este trabalho resultou do mapeamento de uma área de cerca de 3.000 Km², compreendendo as folhas topográficas de Pouso Alegre, Poço Fundo, Machado e Campestre, situadas no sul do Estado de Minas Gerais. Geomorfologicamente a área foi subdividida em 5 domínios morfológicos, cada um deles caracterizado pelas mesmas propriedades de relevo e de drenagem, identificadas através de fotografias aéreas. O domínio morfológicoI caracteriza a área de ocorrência dos migmatitos do Grupo Pinhal, representado por parte do Planalto de Poços de Caldas, o domínio II representa a área de ocorrência dos metassedimentos do Grupo Amparo, caracterizado por colinas convexas e baixas, com espessa cobertura de solo; o domínio III representa a principal área de ocorrência dos migmatitos gnaisses do Complexo de Silvianópolis, caracterizado por colinas baixas, convexas e, às vezes, côncavas; o domínio IV é representado pelas serras de gnaisse granítico e de charnockitos, enquanto que o domínio V representa extensas faixas aluvionares, bastante planas. Geologicamente a área é representada pelo Grupo Pinhal, de idade Brasiliana; o Grupo Amparo, de idade Transamazônica e pelo Complexo de Silvianópolis, de idade Arqueana. Além desses, ocorre uma pequena mancha de metassedimentos, de idade Cambriana, representando a Formação Pouso Alegre e extensas faixas aluvionares recentes. O Grupo Pinhal é constituído por migmatitos róseos de injeção; o Grupo Amparo por sete associações diferentes de metassedimentos e o Complexo de Silvianópolis, por três associações de migmatitos, gnaisses e granulitos. A Formação Pouso Alegre é representada por metasiltitos, meta-arenitos e meta-conglomerados. A análise estrutural revelou a existência de dobramentos superpostos na área. Ao todo, quatro fases de deformação foram caracterizadas; a mais antiga denominada de Fn, seguida das fases Fn+1, Fn+2 e Fn+3. a fase Fn representa o resultado final de um evento de ) migmatização pré-Transamazônica, e reconhecida no Complexo de Silvianópolis; a fase Fn+1 é caracterizada por dobras isoclinais no Grupo Amparo, de idade provavelmente Transamazônica. Ainda nesta fase, originou-se intensa foliação de transposição plano-axial, disposta paralelamente à estratificação reliquiar. Na fase seguinte, Fn+2, as dobras isoclinais Fn+1 foram redobradas isoclinalmente por dobras com eixos e planos axiais de direção noroeste, e com vergência para norte-nordeste. Esta fase pode ser facilmente reconhecida ao se verificar dobras isoclinais desenhadas pela estratificação reliquiar e a foliação ST paralela. Aparentemente, nova foliação plano-axial foi desenvolvida durante o dobramento Fn+2, porém, não ocorre de forma bem evidente por toda a área. O redobramento da fase Fn+1 pela fase Fn+2 deu origem a figuras de inferência em forma de crescente. Esta fase foi tentativamente relacionada ao Ciclo Uruaçuano. A fase Fn+3 afeta as dobras Fn+2, sendo caracterizada por dobras flexurais ou abertas, com eixos e superfície axiais de direção nordeste, sem vergência definida. A superposição de dobras Fn+3 sobre dobras Fn+1, dá origem a figuras de interferência do tipo 3, caracterizando-se por um redobramento aproximadamente coaxial. Foi tentativamente relacionada ao Ciclo Brasiliano. Não originou foliação plano-axial, na área estudada.
Título em inglês
not available
Palavras-chave em inglês
not available
Resumo em inglês
not available
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Fiori_Doutorado.pdf (77.94 Mbytes)
Data de Publicação
2015-08-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.