• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.44.1986.tde-28082015-144254
Documento
Autor
Nome completo
Saul Barisnik Suslick
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1986
Orientador
Banca examinadora
Amaral, Gilberto (Presidente)
Bussab, Wilton de Oliveira
Chaves, Hernani Aquini Fernandes
Damasceno, Eduardo Camilher
Forman, John Milne Albuquerque
Título em português
Quantificação da potencialidade mineral com base em dados geoquímicos: em estudo aplicado as folhas Itaquaquecetuba, Piracaia, Igarata, Camanducaia e Monteiro Lobato
Palavras-chave em português
Geologia
Geoquímica
Resumo em português
O desenvolvimento de métodos quantitativos para a interpretação e integração de dados geoquímicos regionais constitui a filosofia básica deste trabalho. Estes métodos representam um instrumento para auxiliar na separação entre as anomalias significativas e as flutuações dos teores, nem sempre de fácil execução, em decorrência da existência de inúmeros fatores que intervêm no conteúdo dos elementos químicos. A região selecionada para aplicação desses métodos abrange os domínios geológicos e tectônicos da faixa Brasiliana das folhas topográficas de Itaquaquecetuba, Igaratá, Piracaia, Camanducaia e Monteiro Lobato no Estado de São Paulo, perfazendo uma área com aproximadamente 2400 'km POT.2'. Nessa região foram recolhidas 1900 amostras geoquímicas de sedimento de corrente, obedecendo uma densidade média de uma amostra por quilômetro quadrado. Uma decorrência natural do desenvolvimento dos métodos dee exploração mineral e quantitativos que será abordada neste trabalho é o dimensionamento da relação custo/benefício. O planejamento econômico possui sérias implecações nos levatamentos geoquímicos, pois uma campanha mal planejada sem o conhecimento dos riscos inerentes da exploração mineral, podem prejudicar a performance da campanha, comprometendo a informação geoquímica. Uma outra parte deste trabalho é consagrada a avaliação da qualidade das medidas, através das amostras em duplicata e replicata. Esse tipo de avaliação possibilita detectar a dispersão artificial introduzida durante a aquisição dos dados, quer seja na amostragem e/ou na preparação e análise das amostras no laboratório. Nesse trabalho, através dee diversos métodos estatísticos, foi possível classificar os elementos em relação a esses controles; cujos resultados foram os seguintes: os elementos Fe, Ca, Mg, Mn, B, Ba, Ga e Sr apresentaram um alto grau de reprodutibilidade, enquanto as flutuações para o Ti, Co, Cr, Cu, Nb e Zr são mais acentuadas. Os ) elementos La, Mo, Ni, Pb, Sc, V e Y constituem as maiores variações nas medidas quer nass replicatas como nas duplicatas, devido provavelmente a baixa sensibilidade no limite inferior de detecção. Essa variação não constitui um obstáculo para a identificação das anomalias relevantes, na medida que essas flutuações se restringem ao "background" geoquímico. Os parâmetros de amostragem, tais como: litologia, pluviosidade, área de bacia, dentre outros foram utilizados neste trabalho para avaliar as relações entre esses parâmetros e as varições significativas dos teores nos elementos traços. Nesse estudo determinou-se que somente a litologia, granulometria e o tipo de ocupação do solo possuem uma variação real e podem vir a influenciar os teores. Em decorrência dessa avaliação, os dados geoquímicos foram agrupados em função dass litologias ondeforam definidos onze alvos geoquímicos através de métodos geoestatísticos convencionais e reamostragens de algumass áreas de interesse. A regionalização dos teores e a sua análise estrutural baseada nos métodos geoestatísticos - variograma e krigagem - possibilitou a definição de uma dimensão ideal de célula (2000m) e a individualização de algumas anomalias geoquímicas para os elementos Fe, B, Co, Cr e Cu, adaptados às características espaciais de cada variável. A integração das informações geológicass e geoquímicas, através da análise característica possibilitou a quantificação da potencialidade mineral da área em foco, utilizando-se de quatro modelos de mineralizaão. Através desses modelos foi possível definir áreas de interesse direto para diversos ambientes, destacando-se um "trend" na direção NE vinculado a mineralizações vulcano-sedimentares e alvos vinculados as rochas granitóides e pegmatíticas.
Título em inglês
Not available.
Palavras-chave em inglês
Not available.
Resumo em inglês
The basic philosophy of this dissertation was to develope quantitative methods for the interpretation and integration of regional geochemical data. These methods constitute basic tools for the difficult task of separating significant anomalies from fluctuations in background concentrations, caused by the inumerable factors that influence the concentration of chemical elements. The area selected for the development of these methods is located in the eastern part of the State of São Paulo and covers some 2.400 km² in the quadrangles of Itaquaquecetuba, Igarata, Piracaia, Camanducaia and Monteiro Lobato. The area is underlain by Precambrian rocks situated in a Brasilian Tectonic belt. In this region, 1900 geochemical stream sediment samples were collected, yielding an average density of one sample per kilometer squarted. A natural outcome of the quantitative mineral exploration methods developed in this dissertation is the scaling of the cost/benefit relation. As economics plays an importante rule in any geochemical survey, it should be emphasized that badly planeed campaign, which disregards the inerent risks of mineral exploration can limit the performance of a geochemical campaign and consequently seriously compromise the final results and conclusions. Another aspect of this dissertation deals with the evaluation of the quality of analytical measurements a through the use of duplicate and replicate samples. This type of evaluation permits the detection of artificial dispersion introduced during the aquisition of data, whether it be in sampling or the preparation and analysis of the samples. It was possible herein to classify the analytical performance of various elements in selection controls (samples using various statistical methods). The following results were obtained: the elements, Fe, Ca, Mg, Mn, B, Ba,Ga e Sr presented a high degree of reproductubility whereas Ti, Co, Cr, Cu, Nb and Sr showed accentuated fluctuations. The highest variations in both replicates or duplicates samples were shown by La, Mo, Ni, Pb, Sc, V e Y, which in part may be caused by low analytical sensitivity near the lower detection limit. Nevertheless high variation do not present problems in identifying the relevant anomalies as long as the fluctuations are restricted to values considered part the geochemical background. Sampling parameters, such as: lithology, averase rainfall and basin area were used to evaluate the relation between these ambiental factors and significant variations in trace-element concentrations. It was concluded that only the lithology, sediment, granulometry and soil use showed enough variation to cause possible influence on the trace-element concentrations. As a consequence of this evaluation the geochemical data was grouped according to lithologies in which eleven geochemical targets were defined using conventional geostatistical methods, followed by resampling in some areas of interest. The regionalization of the concentrations and structural analysis based on geostatistical methods - variogram and kriging - made it possible to define an ideal cell size (2000 m) and individualize some geochemical anomalies for the elements Fe, B, Co, Cr and Cu, adapted to the spatial characteristics of each variable. The integration of geological and geochemical information by means of characteristic analysis made it possible to quantify the mineral potencial of in area under investigation, using four mineralization models. It was possible to define areas of direct interest for different ambients with the use of these models. Some areas that stand out lie along a northeastern trend related to volcano-sedimentary mineralization and as well as potencial targets related to granitoid and pegmatitic rocks.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Suslick_Doutorado.pdf (10.24 Mbytes)
Data de Publicação
2015-08-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.