• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.44.1984.tde-26082015-160104
Documento
Autor
Nome completo
Remy David Antezana Paniagua
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1984
Orientador
Banca examinadora
Sadowski, Georg Robert (Presidente)
Brito Neves, Benjamim Bley de
Ellert, Nelson
Gomez, Jesus Antonio Berrocal
Pacca, Igor Ivory Gil
Título em português
Dispersão de ondas superficiais na plataforma sul-americana
Palavras-chave em português
América do Sul
Geologia
Resumo em português
Com o propósito de determinar a estrutura e características da crosta e manto superior na Plataforma Sul-Americana foi estudada a dispersão das ondas superficiais com períodos entre 10 e 50s. Selecionaram-se 13 sismos, com epicentros distribuídos no continente de tal forma que permita uma boa cobertura da Plataforma Sul-Americana. Os sismogramas de período longo utilizados são das estações sismográficas de Brasília, Rio de Janeiro, Natal e La Paz (Bolívia). As ondas superficiais dos sismos selecionados foram analisadas mediante a técnica de Filtragem Múltipla; o resultado é uma matriz de amplitudes em função da velocidade de grupo e do período. As curvas de dispersão teóricas foram determinadas usando-se o método matricial de Thomson-Haskell. A comparação entre os valores de dispersão teóricas e observados permitiu obter um modelo crustal representativo da região dos escudos do Brasil Central e Atlântico. A espessura da crosta, segundo esse modelo, é de 40km. As variações das velocidades de grupo das ondas Rayleigh para períodos inferiores a 20s, observados na marioria dos sismos estudados, parecem estar associados à presença da cadeia andina ou de bacias sedimentares, na trajetória das ondas superficiais. Comparando-se a curva de dispersão das ondas Rauleigh representativa da região dos escudos do Brasil Central e Atlântico, com suas similares de outras regiões de escudo, encontrou-se uma boa semelhança com a estrutura crustal da região afroasiática.
Título em inglês
Not available.
Palavras-chave em inglês
Not available.
Resumo em inglês
Surface wave dispersion analysis for periods between 10 and 50sec have been accomplished to study the crust and upper mantle structure. Thirteen South-American events with paths crossing the South American plataform were selected. Long period seismograms from Brasilia, Rio de Janeiro, Natal and La Paz (Bolivia) seismographic stations have been used. Multiple Filter Tecnique were used to analyze surface wave dispersion; this method gives amplitudes as a function of group velocity and period. Theoretical dispersion curves were obtained by using the Thomson-Haskell Matrix Method. A crustal model for the Central Brazil and Atlantic shields were obtained by comparing theoretical and observational dispersion curves. This model indicates a crust thickness of 40km. Group velocity variations of Rayleigh waves, for periods under 20sec, were observed in almost all cases; these variations seems to be associated to the presence of Andean Chain or sedimentary basin, along the path of surface waves. The comparison of the mean dispersion curve for Central Brazil and Atlantic shields with dispersion curves for other cratonic regions, showed a similarity with Afro-Asiatic crustal structure.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-08-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.