• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.44.1983.tde-15092015-141141
Documento
Autor
Nome completo
Oscar Braz Mendonza Negrao
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1983
Orientador
Banca examinadora
Levi, Franco (Presidente)
Qualifik, Paul
Título em português
A pesquisa e a metodologia de ensino nas escolas superiores de graduação em geologia no pais
Palavras-chave em português
Geologia (Estudo e ensino)
Métodos de ensino
Resumo em português
A Sociedade Brasileira de Geologia (SBG) e o Ministério da Educação e Cultura (MEC) realizaram, no ano de 1980, pesquisa diagnóstico acerca das diferentes populações que fazem parte do sistema de ensino de graduação na área de Geologia no país: as Unidades Universitárias, o professor, o aluno e o geólogo que atua fora da Universidade. Foi escolhida para este estudo apenas uma das populações investigadas: os professores de disciplinas geológicas ou afins nos Cursos de Graduação em Geologia. Os professores foram divididos em dois grupos independentes, professores que desenvolvem e que não desenvolvem pesquisa. Entre os dados disponíveis, havia vários que indicavam procedimentos de ensino do professor em sala de aula ou no campo. Tais procedimentos foram agrupados em diferentes conjuntos, indicando diferentes características metodológicas de ensino. O objetivo principal do trabalho é comparar os dois grupos de professores quanto à metodologia de ensino que utilizam, tomando-se por referência as mencionadas características metodológicas. Outro objetivo é determinar a associação entre possibilidades de desenvolvimento de pesquisa por parte dos professores e aspectos ligados a sua situação funcional e instituições a que pertencem. A amostra utilizada abrangeu 297 professores, que correspondem a 56,6% da população de professores de disciplinas geológicas ou afins e a 94,6% do n amostral da pesquisa realizada por SBG e MEC. O instrumento de coleta de dados foi o questionário da mesma pesquisa, aproveitando-se também as respostas já existentes. Os dados pertinentes foram organizados e analisados em tabelas de contingência de dupla e tripla entrada. Aplicou-se a prova estatística do 'X POT.2' para determinar a significância de diferenças entre os dois grupos de professores quanto aos referidos procedimentos de ensino. Os resultados demonstram não haver diferença significativa entre os dois grupos de professores ao ) tomar-se por referência as diversas características metodológicas de ensino. Esta situação pode estar condicionada por aspectos administrativos da Universidade e curriculares do Curso de Graduação em Geologia, e ainda pela própria política que definiu a criação dos primeiros Cursos de Geologia. A análise dos resultados confirma a associação entre possibilidades de desenvolvimento de pesquisa e um conjunto de variáveis ligadas à situação funcional dos professores e Instituição a que encontram-se vinculados.
Título em inglês
Not available.
Palavras-chave em inglês
Not available.
Resumo em inglês
During 1980 the Sociedade Brasileira de Geologia (SBG) and the Ministério da Educação e Cultura (MEC) undertook a survey on undergraduate education in Geology in the universities of Brazil. The survey involved four populations: undergraduate students in Geology, their professors, the institutions (departments or schools) involved in undergraduate education in Geology, and geologists working outside the university. Only one population was investigated in the present study: the professors of geology courses involved in undergraduate education. The professors were divided into two independent groups, those who are involved in research and those who are not. Part of the available data concerned teaching procedures in the classroom and in the field, which were grouped into different combinations indicating different methodological characteristics of teaching. The main purpose of the research was to compare the teaching methodologies of the two groups of professors. Another purpose was to analyse the relationships between the possibility to do research and the career status of the professor and the characteristics of his institution. The sampled population includes 297 professors, corresponding to 56,6% of the population of university geology professors and to 94,6% of those who answered the survey undertaken by the SBG and MEC. The pertinent data drawn from the SBG/MEC questionnaires were analysed and organized into contingency tables with double and triple inputs. The X2 statistical test was used to determine the significance of differences in teaching procedures between the two groups of professors. The results show that there are no significant differences in methodological characteristics of teaching between the two groups. This situation may be the result of hiring practices and administrative aspects of Brazilian universities as well as partly due to the nature of the undergraduate curriculum in Geology. Another cause may be related to the reasons behind the creation of the various schools of Geology in the country. Analysis of the results confirms the hypothesis that research possibilities are associated with certain variables of career status of the professor and of his institution.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Negrao_Mestrado.pdf (8.56 Mbytes)
Data de Publicação
2015-09-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.