• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.44.1988.tde-11092015-114702
Documento
Autor
Nome completo
Cesar Augusto Chicarino Varajao
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1988
Orientador
Banca examinadora
Carvalho, Adilson (Presidente)
Abreu, Adilson Avansi de
Toledo, Maria Cristina Motta de
Título em português
Estudo comparativo das jazidas de bauxita do Quadrilátero Ferrífero, MG: micromorfologia, geoquímica, geomorfologia e sensoriamento remoto
Palavras-chave em português
Bauxista
Geomorfologia
Geoquímica
Quadrilátero ferrírero
Sensoriamento remoto
Resumo em português
O estudo comparativo das jazidas de Bauxita do Quadrilátero Ferrífero revelou que estas apresentam características macroscópicas, estruturais, mineralógicas, químicas e micromorfológicas análogas. Morfologicamente, encontram-se em diferentes níveis altimétricos, que apresentam um nítido controle lito-estrutural, descartando-se, portanto, a hipótese da associação dos depósitos à superfícies de aplainamento. Com base nas características químicas e geomorfológicas, efetuou-se a classificação dos depósitos e a escolha dos depósitos-tipo para estudos de detalhes, com ênfase para as características micromorfológicas das fácies. Somente em dois depósitos (Faria e Macaquinho) pode-se comprovar uma gênese a partir de um protominério sedimentar. Na jazida Morro da Arataca, verificou-se uma filiação a partir de filitos. Entretanto, para a maioria dos depósitos, associados ao Grupo Itabira, atribuiu-se uma gênese a partir de filitos dolomíticos. Considerando-se o modelo de evolução do relevo adotado, as características semelhantes dos depósitos e a datação relativa dos mesmos, a partir da idade dos sedimentos Gandarela e Fonseca, atribuiu-se uma idade máxima eocênica para os depósitos desta região. A prospecção de jazidas de bauxita, através da interpretação de imagens digitais do sensor "thematic mapper" realçadas, revelou um método eficaz, onde foi possível a discriminação das formações superficiais (bauxita, canga, solo).
Título em inglês
Not available.
Palavras-chave em inglês
Not available.
Resumo em inglês
The comparative study of the bauxite deposits of the "Quadrilátero Ferrífero" has shown that those reveal similar structural facies, mineralogical, chemical and morphological caracterisitcs. In morphological terms, these deposits are related to different altimetric levels which show apparent litho-structural control in such a way that their association with erosion levels can be rejected. Based on chemical and morphological characteristics, a classification of the deposits was achieved as well as the choice of type deposits to detailed studies, with emphasis to facies micromorphology. An origin from a sedimentary protore has been established in just two deposits (Faria and Macaquinho). At Batatal and Morro da Arataca, a relation with phylites was verified. Therefore, for most of the deposits, associated to the Itabira Group, an origin from dolomitic phylites was established. Comparing the relative ages of the deposits with Gandarela and Fonseca sediments, and with the adopted model of evolution of the relief, and eocene age can be stated, as the evolution of the relief, an eocene age can be stated, as the maximum age for the deposits of the region. The bauxite deposits prospection by means of the Landsat-TM Sensor enhanced images, has proved to be as effectiv method where the superficial formations (bauxite, iron crust and soil) could be distinguished.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Varajao_Mestrado.pdf (15.20 Mbytes)
Data de Publicação
2015-09-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.