• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.44.1974.tde-04082015-075515
Documento
Autor
Nome completo
Joaquim Raul Ferreira Torquato
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1974
Orientador
Banca examinadora
Amaral, Gilberto (Presidente)
Almeida, Fernando Flavio Marques de
Cordani, Umberto Giuseppe
Coutinho, Jose Moacyr Vianna
Qualifik, Paul
Título em português
Geologia do sudoeste de Mocamedes e suas relações com a evolução tectônica de Angola
Palavras-chave em português
Angola
Evolução tectônica
Geologia
Resumo em português
O autor inicia o presente trabalho localizando e caracterizando a área estudada e fazendo uma retrospectiva histórica da evolução dos conhecimentos sobre a região. No segundo capítulo procura dar uma idéia dos métodos de trabalho e técnicas usadas quer nos trabalhos de campo, quer nos estudos laboratoriais, especialmente no que se refere às determinações radiométricas. A geologia está descrita no terceiro capítulo. Começa-se com uma breve resenha geomorfológica sobre os principais aspectos da região, descrevendo-se seguidamente as características geológicas de cada uma das unidades mapeadas. Continua-se, fazendo braves referências à geologia econômica, hidrologia e vestígios arqueológicos encontrados durante o decorrer dos trabalhos. Especial referência é dada à evolução geocronológica com a caracterização de cinco eventos tectônicos: Pan-Africano (550 '+ OU -' 100 m.a.), Kibariano (950 '+ OU -' 100 m.a.), Muende (1300 '+ OU -' 100), Namib (1675 '+ OU -' 72) e Eburneano (200 '+ OU -' 200). Os dois primeiros (Pan-Africano e Kibariano) e o último (Eburneano) já eram descritos em várias regiões da África, os eventos Muende e Namib são descritos pela primeira vez. São igualmente descritas algumas manifestações anorogênicas que afetaram a porção angolana da Plataforma Africana. O quarto capítulo é dedicado à interpretação da evolução geológica de Angola. Definiram-se algumas unidades estruturais que condicionaram a sedimentação fanerozóica (Aulacógeno de Cassanje, Arco do Zaire, Arco de Mocâmedes e Horst do Cuanza) e procura-se interpretar resumidamente a sua história Pré-Cambriana. Como apêndice, procuramos, através dos dados disponíveis, elaborar, ao que sabemos, a primeira aproximação de uma tectônica de Angola. Termina-se este trabalho apresentando no quinto capítulo uma tentativa de correlação geológica Pré-Cambriana entre a região costeira da América do Sul e África. Propõe-se a existência de um geotumor que ligaria os arcos de Mocâmedes em África e Ponta Grossa no Brasil e conclui-se pela existência de uma geossutura de proporções gigantescas que atravessaria toda a África, ligando as cidades de Moçâmedes e Djibouti.
Título em inglês
not available
Palavras-chave em inglês
not available
Resumo em inglês
not available
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Torquato_Doutorado.pdf (21.47 Mbytes)
Data de Publicação
2015-08-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.