• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Rafael Benjamin Araújo Dias
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Nunes, Maria Tereza (Presidente)
Chaves, Maria Luiza Morais Barreto de
Cury, Adriano Namo
Rubio, Ileana Gabriela Sanchez de
Título em português
Análise do transcriptoma (RNAseq) das células foliculares tireoidianas revela uma diversidade de ações autócrinas do T3.
Palavras-chave em português
Sequenciamento de Nova Geração; Expressão Gênica; Células tireoidianas; Ratos Wistar; PTU; T3;
Resumo em português
Os hormônios tireoidianos (HTs) desempenham um papel importante em diversos processos, tais como o crescimento, desenvolvimento e metabolismo dos tecidos em geral. Embora estudos tenham demonstrado que os HTs agem diretamente nas células foliculares da tireoide reduzindo sua resposta ao TSH, pouco se sabe, a nível molecular, sobre essa e outras ações dos HTs na própria glândula tireoide. Nesse sentido, o objetivo do presente trabalho foi avaliar alterações no perfil de expressão gênica nas células foliculares tireoidianas (células PCCl3) em reposta ao tratamento com triiodotironina (T3). Após atingir confluência desejada, as células PCCl3 foram mantidas em meio depletado de HTs (grupo Hipo) por 24h. Após esse período, parte das células foi tratada com 10-7M de T3 (grupo T3) por 24 h. As células foram, então, lisadas para extração de RNA total para análise do transcriptoma, por RNAseq. Foi obtido como resultado, uma lista de genes diferencialmente expressos da qual foram selecionados cinco genes para validação in vitro (novo lote de células PCCl3 submetidas às mesmas condições descritas acima) e in vivo [ratos Wistar (250g), tratados por 4 semanas com T3 (1,5 μg/100g de peso corporeo; grupo hipertireoideo) ou PTU (10 μg/100g de peso corporeo; grupo hipotireoideo): o Slc16a1, que codifica o MCT8, responsável pelo transporte de T3 através da membrana, o Snrpd1, 9-March, Pfdn1 e Fam103a1, que codificam proteínas envolvidas no controle pós-transcricional e pós-traducional da expressão gênica. O tratamento com T3 estimulou a expressão dos genes Snrpd1, Pfdn1 e Fam103a1, enquanto reduziu a expressão de 9-March e Slc16a1. Juntos esses resultados demonstram a existência de um efeito autócrino exercido pelo T3 sobre o controle do seu próprio turnover proteico.
Título em inglês
ranscriptoma analysis of thyroid follicular cells reveals a diversity of autocrine actions of T3.
Palavras-chave em inglês
Thyroid hormone; New Generation Sequencing; Gene Expression; Thyroid cells; Wistar Rats; PTU; T3;
Resumo em inglês
Thyroid hormones (HTs) play an important role in many processes, such as growth, development and metabolism of tissues in general. Although studies have shown that HTs act directly on follicular thyroid cells reducing their response to TSH, little is known, at the molecular level, about this and other actions of HTs in the thyroid gland itself. In this sense, the aim of the present study was to evaluate changes in the gene expression profile in the thyroid follicular cells (PCCl3 cells) in response to triiodothyronine (T3) treatment. After reaching 60% confluence, PCCl3 cells were maintained in HT depleted medium (Hypo group) for 24h. After this time, part of the cells was treated with 10-7M T3 (T3 group) for 24 h. Cells were then lysed for total RNA extraction for transcriptome analysis by RNAseq. As a result, a list of differentially expressed genes from which five genes for in vitro validation (PCCl3 cells under the same conditions described above) and in vivo [Wistar rats (250g), treated for 4 weeks with T3 (1.5 &um;g / 100 g body weight, hyperthyroid group) or PTU (10 &um;g / 100 g body weight; hypothyroid group): Slc16a1, which encodes MCT8, responsible for the transport of T3 through the membrane, Snrpd1, 9-March, Pfdn1 and Fam103a1, which encode proteins involved in post-transcriptional and post-translational control of gene expression. T3 treatment stimulated the expression of the Snrpd1, Pfdn1 and Fam103a1 genes, while reducing the expression of 9-March and Slc16a1. Together these results demonstrate the existence of an autocrine effect exerted by T3 on the control of its own protein turnover.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2021-03-24
Data de Publicação
2019-05-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.