• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.42.2011.tde-19032012-133606
Documento
Autor
Nome completo
Erika Lia Brunetto Ract
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Nunes, Maria Tereza (Presidente)
Chaves, Maria Luiza Morais Barreto de
Garcia, Rodrigo Antonio Peliciari
Machado, Ubiratan Fabres
Nogueira, Célia Regina
Título em português
Participação da triiodotironina (T3) na regulação da expressão de genes em cardiomiócitos de ratos : estudos in vivo e in vitro.
Palavras-chave em português
Coração
Cultura de células animais
Expressão gênica
Ratos
Regulação gênica
Triiodotironina
Resumo em português
Os hormônios tireoidianos (HTs) promovem suas ações através de mecanismos genômicos, porém, há inúmeras evidências de que o HT também promove efeitos que ocorrem em curto espaço de tempo (poucos minutos), e que independem de, as quais são conhecidas como ações não genômicas ou extranucleares. É sabido que, na insuficiência cardíaca ocorre uma menor expressão dos receptores nucleares de T3, o que reduz em muito os efeitos cardioestimulantes deste hormônio, sendo muito vantajoso numa situação de contenção energética. Assim, o presente estudo visa avaliar o efeito agudo (não genômico) da administração de T3 sobre a translocação e expressão do GLUT4, e de proteínas-chave da atividade cardíaca, como GLUT1, Mb, SERCa2a, α e b miosina, em: (1) ratos submetidos ou não à insuficiência cardíaca através de cirurgia de estenose aórtica, bem como em (2) cultura primária de cardiomiócitos neonatos e adultos. Nos modelos in vivo, observamos que, após 30 min da administração do T3 no grupo portador de ICC, há um aumento da expressão do mRNA do GLUT1, GLUT4 e Mb e da proteina GLUT1 e GLUT4. Quanto aos genes relacionados à função cardíaca, Atp2a2, Myh6 e Myh7, o tratamento com T3 por 30 min nos ratos portadores de ICC promoveu redução do conteúdo de mRNA dos três genes, bem como da proteína da beta MHC. O conteúdo de SERCa2a e da alfa MHC não se alterou em 30 min, mas aumentou após o tratamento com T3 por 60 min. No modelo in vitro de cardiomiócitos de neonatos, tivemos evidências de modulação do conteúdo de mRNA e proteínas, após 30 e 45 min, após a adição de T3 em diferentes doses (10-9 a 10-6 M). Quando avaliamos o efeito do T3 sobre o conteúdo de mRNA nos cardiomiócitos de adultos em cultura, também observamos uma resposta aleatória, não dependente de dose. O conjunto desses resultados aponta para a existência de um controle pós-transcricional do T3 sobre a expressão dos genes alvo desse estudo, podendo induzir uma melhora na função cardíaca na vigência de uma ICC, uma vez que essas ações são rapidamente desencadeadas e são fugazes, impedindo que os efeitos cardioestimulantes persistam, o que poderia ser deletério.
Título em inglês
The role of triiodothyronine (T3) on the regulation of rat cardiomyocyte genes expression: in vivo and in vitro studies.
Palavras-chave em inglês
Culture of animal cells
Gene expression
Gene regulation
Heart
Rats
Triiodothyronine
Resumo em inglês
Through nuclear actions, thyroid hormones (TH) control the expression of several cardiac genes, but there are several evidences that TH also promotes effects that occur in a short time (few minutes), and which are independent of its interaction with specific nuclear receptors attached to the TH-responsive elements, known as non-genomic or extranuclear actions. In heart failure, there are a lower expression of nuclear T3 receptors, which reduce the cardiostimulating effects of the hormone, which is extremely advantageous in an energy contention. Thus, this study aims to evaluate the acute (nongenomic) administration of T3 on the expression and translocation of GLUT4, and key proteins of the cardiac activity, such as GLUT1, Mb, SERCa2a, α and b myosin in: ( 1) rats with or without heart failure after aortic stenosis surgery, as well as (2) primary cultured cardiomyocytes neonates and adults. In the vivo model, after 30 min of the administration of T3 in the group with CHF, there is an increased in the mRNA expression in GLUT1, GLUT4 and Mb. Their proteins had an increase after 30 min (GLUT1 and GLUT4) and after 60 min (Mb). As for genes related to cardiac function, Atp2a2, Myh6 and MYH7, we observed that, the treatment with T3 for 30 min in rats with CHF promoted a decrease of the mRNA of three genes as well as the beta MHC protein. The content of alpha-MHC and SERCa2a did not change in 30 min, but increased after T3 treatment for 60 min. In the in vitro model of neonatal cardiomyocytes, we had evidence of modulation of mRNA and protein content after 30 and 45 min after the addition of T3 in different doses (from 10-9 to 10-6 M). When evaluating the effect of T3 on the mRNA content in adult cardiomyocytes in culture, we also observed a random response, not dependent on dose. All the data obtained so far points to the existence of a post-transcriptional control of T3 on the expression of target genes of this study, which could induce an improvement in cardiac function in the presence of an CHF, since these actions are elicited and fleeting, preventing cardiostimulating effects persist, which could be deleterious.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-05-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.