• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Rafaela Florindo Pestana Ferrão Batalhote
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Antonio Carlos (Presidente)
Lima, Wothan Tavares de
Muscara, Marcelo Nicolas
Pagano, Rosana de Lima
Valle, Angela Cristina do
Título em português
Estudos da transmissão neuromuscular e do músculo esquelético em um modelo experimental de Esclerose Múltipla em camundongos.
Palavras-chave em português
Encefalomielite autoimune experimental
Esclerose múltipla
Músculo esquelético
Transmissão neuromuscular
Resumo em português
A esclerose múltipla (EM) é doença desmielinizante do sistema nervoso central com vários sinais e sintomas, dentre eles a paralisia muscular. Essa paralisia foi estudada neste trabalho utilizando um modelo animal (camundongo) de EM, a Encefalomielite Autoimune Eperimental (EAE). Comparando a controles, os animais EAE, além da paralisia muscular, apresentaram diminuição da massa corporal e do músculo extensor longo dos dedos (ELD). Isolado com ou sem o nervo isquiático, o ELD mostrou decréscimo das contrações indiretas e diretas, tanto isoladas como tetânicas, e maior resistência à fadiga muscular. No ELD, o bloqueador neuromuscular pancurônio mostrou potência semelhante sobre contrações indiretas isoladas, em animais EAE e controles, enquanto as contrações indiretas tetânicas foram mais resistentes ao pancurônio, em animais EAE. A área de secção transversa das fibras musculares foi menor e houve troca (shift) de tipos de fibras de IIB para IIA, em animais EAE. Concluiu-se que as alterações nos animais EAE são tanto da transmissão neuromuscular como do músculo.
Título em inglês
Studies of neuromuscular transmission and skeletal muscle in a Multiple Sclerosis model in the mouse.
Palavras-chave em inglês
Experimental autoimmunne encephalomyelitis
Multiple sclerosis
Neuromuscular transmission
Skeletal muscle
Resumo em inglês
Multiple sclerosis (MS) is a demielinating disease of the Central Nervous System with a number of signs and symptoms, among them muscle paralysis. In this work this paralysis was studied using an animal (mouse) model of MS: the experimental autoimmune encephalomyelitis (EAE). Compared to controls, the EAE animals, besides muscle paralysis, had a lower body and extensor digitorum longus (EDL) muscle mass. Isolated with or without the sciatic nerve, the indirect and the direct isolated contractions of the EDL were smaller and the muscle fatigue was lower, in EAE animals. The neuromuscular blocker pancuronium was equally potent on indirect isolated contractions, in control and EAE animals, while the tetanic contractions were more resistant to pancuronium, in EAE animals. Compared to controls, the area of the transverse section of the muscle fibers was smaller and there was a shift from the IIB to the IIA type of fiber in EAE animals. It is concluded that the alterations in EAE animals result from changes in the process of neuromuscular transmission and in the muscle.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2019-07-14
Data de Publicação
2017-07-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.