• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.42.2015.tde-27082015-152859
Documento
Autor
Nome completo
Carolina Bioni Garcia Teles
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Camargo, Luís Marcelo Aranha (Presidente)
Bruno, Rafaela Vieira
Ribolla, Paulo Eduardo Martins
Rocha, Lincoln Suesdek
Winter, Carlos Eduardo
Título em português
Leishmaniose em Assis Brasil com ênfase na fauna de flebotomíneos e agentes etiológicos circulantes na área de fronteira.
Palavras-chave em português
Epidemiologia
Estado do Acre
Fauna de flebotomíneos
Leishmaniose
Resumo em português
O objetivo desse trabalho foi: identificar as espécies de flebotomíneos, estimar a taxa de infecção dos flebotomíneos, identificar os agentes etiológicos envolvidos na transmissão da LTA no município de Assis Brasil, Acre. Foi realizada a PCR para a identificação de espécies de Leishmania em amostras de flebotomíneos e biópsias humanas. Um total de 6.850 exemplares foram capturados pertencentes a 66 espécies de flebotomíneos. As espécies mais abundantes foram Lu. auraensis, Lu. davisi, Lu. choti e Lu. shawi. Trinta e dois pools foram positivos para a presença de DNA de Leishmania com uma prevalência mínima de infecção de 1,85% para Lu. davisi e de 2,05% para Lu. auraensis. As espécies de Leishmania detectadas foram: Le. (Viannia) guyanensis e Le. (V.) braziliensis. Além dessas, outras duas espécies de Leishmania foram encontradas a partir das biópsias de lesões: Le. (V.) shawi e Le. (Le.) amazonenses. A doença foi mais prevalente no sexo masculino e residente na zona rural. Esse é o primeiro registro de Le. (V.) shawi e Le. (L.) amazonenses no Acre.
Título em inglês
Leishmaniasis in Assis Brasil, AC, with emphasis on sandfly fauna and etiological agentes current in the border region.
Palavras-chave em inglês
Acre state
Epidemiology
Leishmaniasis
Phlebotomine fauna
Resumo em inglês
The objectives of this study were: to identify phlebotominae species, to estimate infection rates of phlebotomines, to identify the etiological agents involved in ATL transmission in the municipality of Assis Brasil, Acre. The PCR was used to identify Leishmania species in phlebotomine and human biopsy samples. A total of 6,850 sandflies. comprising 66 species were captured. The most abundant species were Lu. auraensis, Lu. davisi, Lu. choti e Lu. shawi. Thirty-two pools tested positive for the presence of Leishmania DNA, with a minimum infection rate of 1.85% in Lu. davisi and 2.05% in Lu. auraensis. The Leishmania species were identified as Le. (Viannia) guyanensis and Le. (V.) braziliensis. In addition to these, two other Leishmania species were identified from lesion biopsies: Le. (V.) shawi and Le. (Le.) amazonenses. The disease was most common among males (81.6%) e and persons living in rural areas (75.7%). This is the first record of Le. (V.) shawi and Le. (Le.) amazonenses in Acre.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Liberação
2017-08-26
Data de Publicação
2015-08-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.