• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.42.2009.tde-16072009-151925
Documento
Autor
Nome completo
Adriana Vieira de Castro Martins
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Teixeira, Marta Maria Geraldes (Presidente)
Gruber, Arthur
Oliveira, Mariana Cabral de
Título em português
Caracterização molecular e morfológica de isolados brasileiros do gênero Euglena.
Palavras-chave em português
Euglena
Evolução
Filogenia
Microscopia eletrônica de varredura
Morfologia (Anatomia)
Parasitologia
Protozoa
SSUrRNA
Taxonomia
Zoologia
Resumo em português
Neste estudo foram isolados e caracterizados flagelados de 20 amostras de solo e água do Brasil classificados no gênero Euglena por parâmetros taxonômicos tradicionais, e distribuídos em 5 grupos de acordo com características morfológicas. Análises filogenéticas do gene SSUrDNA das 20 amostras resultou em 25 seqüências posicionadas nos grupos A2 e A3 do gênero Euglena definidos em estudos anteriores, separando as seqüências obtidas em 7 clados distintos, revelando uma maior diversidade que a obtida por parâmetros taxonômicos tradicionais. A fim de resolver os relacionamentos intra-específicos do grupo A3, realizamos uma análise filogenética restrita deste grupo, que apresentou árvores congruentes e subclados bem suportados. Representantes de cada espécie foram analisados por microscopia eletrônica de varredura, revelando dois padrões principais de estrias e poros da película. Os isolados caracterizados neste estudo são os primeiros do Brasil estabelecidos em cultura, validados por análises filogenéticas e morfologicamente caracterizados.
Título em inglês
Molecular and morphological characterization of Brazilian isolates of the genus Euglena.
Palavras-chave em inglês
Euglena
Evolution
Morphology (Anatomy)
Parasitology
Phylogeny
Protozoa
Scanning electron microscopy
SSUrRNA
Taxonomy
Zoology
Resumo em inglês
In this study we isolated and characterized flagellates from 20 soil and water samples of Brazil, classified in the genus Euglena based on traditional taxonomic parameters and distributed in 5 groups according to morphological characteristics. Phylogenetic analyses of the SSUrDNA of the 20 samples resulted in 25 sequences that where positioned in previously defined groups A2 and A3 of the genus Euglena, separating the obtained sequences in 7 distinct clades, revealing a larger diversity than defined by traditional taxonomic parameters. To better resolve the intra-specific relationships of group A3, we conducted a phylogenetic analyses restricted to this group, generating congruent trees and well supported sub-clades. A representative of each species was selected and analyzed by scanning electron microscopy, revealing two major patterns of strip and pellicle pores. The isolates characterized in this study are the first in Brazil to be established in culture, validated by phylogenetic analyses and morphologically characterized.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-08-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.