• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.42.2017.tde-14032017-140028
Documento
Autor
Nome completo
Rodrigo Medeiros de Souza
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Marinho, Claudio Romero Farias (Presidente)
Bevilacqua, Estela Maris Andrade Forell
Ferreira, Marcelo Urbano
Santi, Sílvia Maria Fátima di
Silva, Márcia Guimarães da
Título em português
Alterações histopatológicas placentárias associadas à infecção por Plasmodium vivax em gestantes do Vale do Alto Juruá.
Palavras-chave em português
Plasmodium vivax
Gestação
Malária
Patologia
Placenta
Resumo em português
Poucos estudos descrevem os aspectos histopatológicos da malária placentária em áreas de transmissão instável para Plasmodium vivax. Pretendemos identificar as alterações histopatológicas e suas intensidades, avaliar o impacto de fatores clínicos e epidemiológicos e a associação dos níveis de citocinas e anafilatoxinas relacionadas à malária placentária causada por Plasmodium vivax. Um estudo longitudinal foi realizado em Cruzeiro do Sul (Acre), com seleção de gestantes não infectadas e infectadas. A prevalência de malária placentária detectada por histologia foi de 13,5%. Não foram encontradas evidências microscópicas da adesão por P. vivax no sinciciotrofoblasto, porém esta espécie ocasionou danos placentários semelhantes aos observados na malária gestacional por P. falciparum, porém com intensidade menor do que a observada em áreas de alta transmissão. As alterações ocasionadas podem ser decorrentes de distúrbios locais e sistêmicos que contribuem para um desfecho desfavorável durante a malária gestacional e placentária ocasionadas por P. vivax.
Título em inglês
Histopathological placental changes associated with Plasmodium vivax infection in pregnant women from Alto Jurua Valley.
Palavras-chave em inglês
Plasmodium vivax
Malaria
Pathology
Placenta
Pregnancy
Resumo em inglês
Few studies describe histopathological aspects of placental malaria in unstable transmission areas for Plasmodium vivax. The objectives of the present work were to identify histopathological alterations and their intensities by assessing the impact of clinical and epidemiologic factors and the association of cytokines and anaphylatoxin levels related to gestational and placental malaria caused by the Plasmodium vivax. A longitudinal study was performed in Cruzeiro do Sul (Acre) by selecting non-infected and infected pregnant. No microscopic evidence of adhesion were found for that species in the syncytiotrophoblast, but this species cause similar placental damage to those seen in P. falciparum malaria, but with lower intensity than that observed in high transmission areas. Finally, the alterations caused in the placental environment can concomitantly result from local and systemic disturbances that jointly contribute to an unfavorable outcome upon the gestational and placental malaria caused by the P. vivax.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Liberação
2019-05-22
Data de Publicação
2017-05-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.