• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.42.2009.tde-15062009-154657
Documento
Autor
Nome completo
Natasha D'Andrea Mateus
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Chavez, Victor Elias Arana (Presidente)
Abrao, Jorge
Faltin, Rolf Marcon
Título em português
Estudo ultra-estrutural e imunocitoquímico das reações do periodonto de molares de ratos submetidos a estímulos contínuos de vestibularização em tempos prolongados.
Palavras-chave em português
Movimento ortodôntico
Osso alveolar
Osteopontina
Periodonto
Reabsorção radicular
Remodelação óssea
Resumo em português
Acreditava-se que a reparação do osso alveolar durante a movimentação ortodôntica só ocorresse após a diminuição da carga aplicada. No entanto, recentemente foi observado reparação do osso alveolar utilizando força contínua. Osteopontina é uma proteína não colágena da matriz com importante papel na remodelação óssea. Para analisar as reações no periodonto de sustentação e a distribuição de OPN, uma força contínua de 15cN foi aplicada aos primeiros molares superiores de ratos por 12d, 15d e 18d. Como controle, outros animais não tiveram seus molares movimentados. As maxilas foram processadas para análise ultra-estrutural morfológica, imunocitoquímica para OPN e histoquímica para fosfatase ácida resistente ao tartarato. No tempo inicial do estudo não foram encontradas reabsorções radiculares. Nos tempos intermediário e final, no entanto, reabsorções radiculares estavam presentes e aumentavam sua severidade com o tempo. Além disso, foi observado sinal de reparação do cemento. A expressão de OPN apresentou-se aumentada na superfície óssea e radicular.
Título em inglês
Ultrastructural and immunocytochemical study of periodontal reactions to orthodontic continuous force in rat molars buccally applied for long periods.
Palavras-chave em inglês
Alveolar bone
Bone remodulation
Orthodontic movement
Osteoponten
Periodontium
Roat resospuon
Resumo em inglês
It is believed that repair during orthodontic movement occurs after decreasing of force. However, signs of repair in alveolar bone submitted to continuous orthodontic force have been recently observed. Osteopontin is a major noncollagenous matrix protein that plays a role in physiological remodeling and mechanical stress. In order to test periodontal reactions and the distribution of OPN, a continuous 15cN force was applied to upper first rat molars for 12d, 15d, 18d, while other rats did not have their molars moved as a control. Maxillae were processed for ultrastructural analysis, immunocytochemistry for OPN and tartarate-resistant acid phosphatase histochemistry. Ultrastructural analysis revealed root resorption at 15d and 18d. Deep lacunae appeared in some regions of the pressure area after 18 days, most of them reaching the underlying root dentine. Signs of repair were detected concomitant with tissue damage and resorption of the root surfaces. At all times studied, overexpression of OPN was observed recovering alveolar bone and root surface.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-06-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.