• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.42.2000.tde-29032001-095553
Documento
Autor
Nome completo
Eveline Wilma Coutinho Farias
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2000
Orientador
Banca examinadora
Francisco, Waldemar (Presidente)
Matte, Glavur Rogerio
Sato, Maria Inês Zanoli
Título em português
Pesquisa de oocistos de Cryptosporidium SPP e Salmonella SPP em amostras de águas de esgoto e águas de córrego da cidade de São Paulo.
Palavras-chave em português
águas de esgoto
cryptosporidium
indicadores
padrão microbiológico
poluição fecal
qualidade da água
salmonella
Resumo em português
Diversos estudos têm demonstrado que a pesquisa de microrganismos em águas de esgoto representa um importante parâmetro de avaliação e caracterização de possíveis agentes patogênicos circulantes numa determinada população e suas possíveis implicações à saúde pública. O presente trabalho teve por objetivos pesquisar nas águas de esgoto da cidade de São Paulo a ocorrência do protozóario emergente, Cryptosporidium spp, comparando-se duas técnicas de concentração, uma vez que não existem estudos relacionados a presença deste patógeno neste município, e determinar à presença de Salmonella spp e seus sorotipos nestas amostras. Para isto foram realizadas coletas semanais nos períodos de Julho à Dezembro de 1998, sendo doze realizadas em uma estação elevatória e doze em um córrego receptor de esgoto no município de São Paulo, aonde foi também determinada a poluição de origem fecal através da densidade de E.coli. Para determinação dos oocistos de Cryptosporidium as amostras foram concentradas por “floculação e precipitação do carbonato de cálcio” (Vesey et alii, 1993) e através da técnica da “membrana filtrante” (Aldom et alii, 1995) com posterior identificação e confirmação por imunofluorescência direta e contraste de fase, respectivamente. A determinação de Salmonella foi realizada segundo “Stantard Methods of Water and Wastewater 19th ed.”. Para a determinação de coliformes totais e E. coli utilizou-se a técnica de tubos múltiplos, empregando substrato cromogênico e fluorogênico (Colilert 18, Iddex). Os resultados obtidos da análise de 24 amostras indicaram que 100% destas foram positivas tanto para a presença dos oocistos de Cryptosporidium sp quanto para o isolamento de Salmonella sp. O número de oocistos detectados variou de 0 a 1.200 e de 0 a 1.400 oocistos/L nas amostras de águas de esgoto e córrego respectivamente. Foram isoladas um total de 221cepas de Salmonella. Entre os sorotipos prevalentes encontrados estão S. panama, S. agona, S.infantis, S.hadar, S.onakan e S.braenderup. Os resultados verificaram a circulação de Salmonella spp e Cryptosporidium spp no meio ambiente estudado em São Paulo, podendo se constituir em importante fonte de disseminação destes patógenos no meio aquático e na comunidade.
Título em inglês
Detection of Cryptosporidium spp oocysts and Salmonella spp in sewage and creek water from São Paulo city.
Palavras-chave em inglês
creek water
poluted sewage
salmolella
sewage
water quality
Resumo em inglês
A lot of studies have shown the value on researching in sewage several pathogenic microorganisms to determine possible enteropathogens that are present in communities and the risks for public health. The aims of this study were to determine the occurrence and the levels of Cryptosporidium spp and Salmonella spp in sewage and wastewater in São Paulo since there is no recent studies of this pathogens in sewage of this city. A total of twenty four samples were collected weekly from July to December of 1998 in an effluent sewage station (12) and a river (12) that receives a domestic discharge of São Paulo city. The detection of Cryptosporidium oocysts was made using two procedures for concentration by flocculation (Vesey et alii, 1993) and by membrane filtration (Aldom & Chagla, 1995), and oocysts were identified by direct immunofluorescence assay and the presence was confirmed by phase contrast microscopy. Salmonella isolation was made using membrane filtration method (Martins, 1979). The results showed the occurrence of Cryptosporidium sp and Salmonella spp in 100% of samples. A total of 221 strains of Salmonella were isolated and among the prevalent serotypes were detected S. panama, S. agona, S.infantis, S.hadar, S.onakan e S.braenderup. The presence of Salmonella and Cryptosporidium in environmental samples studied in São Paulo can represent a possible source for dissemination of these pathogens in aquatic evironment and community.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
eveline.pdf (1.80 Mbytes)
Data de Publicação
2003-10-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.