• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Aline Carolina da Costa Lemos
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Silva, Luiziana Ferreira da (Presidente)
Acosta, Maria Beatriz Riveron
Araujo, Welington Luiz de
Silva, Sonia Regina da
Título em português
Identificação em bases moleculares de genes de Burkholderia sacchari envolvidos no catabolismo de propianato via α-oxidação.
Palavras-chave em português
Burkholderia sacchari
Alfa-oxidação de propionato
Copolímero P3HB-co-3HV
Metabolismo do propionato
Polihidroxialcanoato
Resumo em português
Burkholderia sacchari é uma espécie de bactéria capaz de acumular polihidroxialcanoatos em condições de limitação de um nutriente essencial e excesso de fonte de carbono. A partir do substrato sacarose, acumula o polímero poli-3-hidroxibutirato (P3HB), poliéster biodegradável de propriedades semelhantes às dos plásticos de origem petroquímica. A partir de sacarose e propionato como fontes de carbono, ela é capaz de acumular o copolímero poli-3-hidroxibutirato-co-3-hidroxivalerato (P3HB-co-3HV), que é mais maleável que o polímero P3HB. No entanto, apenas uma pequena porcentagem do propionato fornecido é convertida em 3HV. Isto se deve à presença de outras vias de catabolismo muito eficientes que transformam o propionato em biomassa, reduzindo a eficiência na produção do copolímero. Estudos em mutantes UV prp-, indicaram que duas vias de catabolismo de propionato podem atuar em B. sacchari: α-oxidação e o ciclo de 2-metilcitrato (2MCC). Esta última teve sua comprovação molecular comprovada, já a outra ainda está sendo estudada, mutantes afetados no consumo de intermediários da α-oxidação foram complementados fragmentos de DNA, obtidos de uma biblioteca genômica de B. sacchari os quais, após sequenciamento e comparação do banco de dados, verificou-se codificarem um regulador transcricional LysR. A análise dos genes adjacentes ao regulador sugeriu que poderiam compor um operon de uma via de α-oxidação. Diante disso, este trabalho busca a comprovação molecular da via da α-oxidação para o catabolismo de propionato em B. sacchari.
Título em inglês
Identification on a molecular basis of the α-oxidation pathway in the consumption of propionate in Burkholderia sacchari.
Palavras-chave em inglês
Burkholderia sacchari
Alfa-oxidation of propionate
Copolymer P3HB-co-3HV
Pathway propionate
Polyhydroxyalkanoate
Resumo em inglês
Burkholderia sacchari is a species of bacteria capable of accumulating polyhydroxyalkanoates under limiting conditions of an essential nutrient and excess carbon source. From the sucrose substrate, it accumulates polymer poly-3-hydroxybutyrate (P3HB), biodegradable polyester with properties similar to those of petrochemical plastics. From sucrose and propionate as carbon sources, it is able to accumulate the poly-3-hydroxybutyrate-co-3-hydroxyvalerate (P3HB-co-3HV) copolymer, which is more malleable than the polymer P3HB. However, only a small percentage of the supplied propionate is converted into 3HV. This is due to the presence of other very efficient catabolic pathways that transform the propionate into biomass, reducing the production efficiency of the copolymer. Studies on prp- UV mutants have indicated that two pathways of propionate catabolism may act on B. sacchari: the α-oxidation and the 2-methylcitrate cycle (2MCC). The latter had its molecular proof proven, while the other is still being studied, mutants affected in the consumption of α-oxidation intermediates were complemented DNA fragments obtained from a genomic library of B. sacchari which, after sequencing and comparison of the bank Coding for a LysR transcriptional regulator. Analysis of the genes adjacent to the regulator suggested that they could compose an operon of an α-oxidation pathway. In view of this, this work seeks the molecular proof of the α-oxidation pathway for the propionate catabolism in B. sacchari.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Há arquivos retidos devido a solicitação (publicação de dados, patentes ou diretos autorais).
Data de Liberação
2020-02-20
Data de Publicação
2018-02-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.